Johann Sebastian Bach (1685-1750) – Cantatas BWV 65, 123, 154 e 124

Atendendo a pedidos, disponibilizamos o Vol. 21 das Cantatas Completas de meu pai, por Helmuth Rilling. Dois músicos nos solicitaram Cantatas – a 65 e a 123 – que, por pura coincidência estão presentes no mesmo volume.

01 BWV 65 – 1 [Coro] Sie werden aus Saba alle kommen
02 BWV 65 – 2 [Choral] Die Kön’ge aus Saba kamen dar
03 BWV 65 – 3 [Recitativo Basso] Was dort Jesaias vorhergesehn
04 BWV 65 – 4 [Aria Basso] Gold aus Ophir ist zu schlecht
05 BWV 65 – 5 [Recitativo Tenore] Verschmähe nicht
06 BWV 65 – 6 [Aria Tenore] Nimm mich dir zu eigen hin
07 BWV 65 – 7 [Choral] Ei nun, mein Gott, so fall ich dir
08 BWV 123 – 1 [Coro] Liebster Immanuel, Herzog der Frommen
09 BWV 123 – 2 [Recitativo Alto] Die Himmelssüßigkeit
10 BWV 123 – 3 [Aria Tenore] Auch die harte Kreuzesreise
11 BWV 123 – 4 [Recitativo Basso] Kein Höllenfeind kann mich versc
12 BWV 123 – 5 [Aria Basso] Laß, o Welt, mich aus Verachtung
13 BWV 123 – 6 [Choral] Drum fahrt nur immer hin
14 BWV 154 – 1 [Aria Tenore] Mein liebster Jesus ist verloren
15 BWV 154 – 2 [Recitativo Tenore] Wo treff ich meinen Jesum an
16 BWV 154 – 3 [Choral] Jesu, mein Hort und Erretter
17 BWV 154 – 4 [Aria Alto] Jesus, laß dich finden
18 BWV 154 – 5 [Arioso Basso] Wisset ihr nicht, daß ich sein muß
19 BWV 154 – 6 [Recitativo Tenore] Dies ist die Stimme meines Freun
20 BWV 154 – 7 [Duetto Alto e Tenore] Wohl mir, Jesus ist gefunden
21 BWV 154 – 8 [Choral] Meinen Jesum laß ich nicht
22 BWV 124 – 1 [Coro] Meinen Jesum laß ich nicht
23 BWV 124 – 2 [Recitativo Tenore] Solange sich ein Tropfen Blut
24 BWV 124 – 3 [Aria Tenore] Und wenn der harte Todesschlag
25 BWV 124 – 4 [Recitativo Basso] Doch ach, welch schweres Ungemach
26 BWV 124 – 5 [Duetto Soprano e Alto] Entziehe dich eilends
27 BWV 124 – 6 [Choral] Jesum laß ich nicht von mir

Helen Donath (Sopran), Arleen Augér (Sopran), Helen Watts (Alt), Marga Hoeffgen (Alt), Adalbert Kraus (Tenor), Aldo Baldin (Tenor), Kurt Equiluz (Tenor), Niklaus Tüller (Bass), Wolfgang Schöne (Bass), Philippe Huttenlocher (Bass);
Gächinger Kantorei Stuttgart;
Bach Collegium Stuttgart;
Helmuth Rilling (Leitung).

BAIXE AQUI

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) – Oratório de Natal (Completo)

Prezados, mando-lhes um presente de natal especial, que deve ser apreciado com toda concentração e absorção espiritual necessárias, ainda mais nesta época do ano. A indicação da obra é para ser interpretada no primeiro dia de Natal, mas isso não significa que teremos de ficar esperando o resto do ano para ouvi-la, visto tratar-se de obra fundamental do repertório bachiano. Além dos links desta excelente versão de Helmuth Rilling, segue também link para o libreto que acompanha esta gravação, em arquivo PDF, com todas as informações necessárias sobre ela, além do texto, traduzido para várias línguas.

Aproveito e mando a todos um Feliz Natal e um excelente 2007.
Fritz Dietrich Putz Bach

Maravilhosa gravação postada pelo mano FDP. O Oratório de Natal é, coincidentemente à postagem anterior, uma obra dividida em seções. São seis Cantatas que atualmente costumam aparecer separadamente em salas de concertos ou igrejas. Elas foram compostas para o Natal de 1734. Ninguém tenta apresentá-las juntas, pois então teríamos uma função de mais de 3 horas e poucos crentes (em Deus, em Bach ou nos dois) estão dispostos a deixar seus traseiros tão severamente quadrados. No ano passado, assisti a um concerto em que eram interpretadas as Cantatas de Nro. 1, 2 e 6. Mesmo considerando que minha religião é a da música e minha igreja a sala de concertos, garanto-lhes que a beleza e a originalidade destas obras, desdobrando-se à frente de todos, levam qualquer cético à dúvida. A postagem de mestre Buxtehude seguido do “aluno” Bach, é curiosa, pois permite que avaliemos quão longe este foi. Parece ser música de outra era, mas não é, é de outra esfera.

Boas festas.
P.Q.P. Bach

Libreto: BAIXE AQUI

Disco 1: BAIXE AQUI

Disco 2: BAIXE AQUI

Disco 3: BAIXE AQUI

Gächinger Kantorei (Ensemble)
Rubens, Sibylla (Solist)
Danz, Ingeborg (Solist)
Taylor, James (Solist)
Ullmann, Marcus (Solist)
Müller-Brachmann, Hanno (Solist)
Bach-Collegium Stuttgart (Orchester)
Rilling, Helmuth (Regência)

Disc: 1
1. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Coro: Jauchzet, frohlocket, auf preiset die Tage
2. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Evangelista: Es begab sich aber zu der Zeit
3. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Recitativo (A): Nun wird mein liebster Brautigam
4. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Aria (A): Bereite dich, Zion, mit herrlichen Trieben
5. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Choral: Wie soll ich dich empfangen
6. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Evangelista: Und sie gebar ihren essten Sohn
7. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Choral (S) e Recitativo (B): Er ist auf Erden kimmen arm
8. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Aria (B): Grosser Herr, o starker Konig
9. Christmas Oratorio, BWV248: Part I – Choral: Ach, mein hrezliebes Jesulein

10. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Sinfonia
11. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Evangelista: Und es waren Hirten in derselben Gegend
12. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Choral: Brich an, o schones Morgenlicht
13. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Evangelista (+ Recitativo S): Und der Engel sprach zu ihnen
14. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Recitativo (B): Was Gott dem Abraham verheissen
15. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Aria (T): Frohe Hirten, eilt, ach eilet
16. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Evangelista: Und das habt zum Zeichen
17. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Choral: Schaut hin, dort liegt im finstern Stall
18. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Recitativo: Sogeht denn hin, ihr Hirten, geht
19. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Aria (A): Schlafe, mein Liebster, geniesse der Ruh
20. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Evangelista: Und alsobald war da
21. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Coro: Ehre sei Gott in der Hohe
22. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Recitativo (B): So recht, ihr Engel, jauchzt und singet
23. Christmas Oratorio, BWV248: Part II – Choral: Wir singen dir in deinem Heer

Disc: 2
1. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Coro: Herrscher des Himmels, erhore das Lallen
2. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Evangelista: Und da die Engel von iihnen gen Himmel fuhren
3. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Coro: Lasset uns nun gehen gen Bethlehem
4. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Recitativo (B): Er hat sein Volk getrost
5. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Choral: Dies hat er alles uns gatan
6. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Aria Duetto (S, B): Herr, dein Mitleid, dein Erbarmen
7. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Evangelista: Und sie Kamen eilend
8. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Aria (A): Schliesse, mein Herze, dies selige Wunder
9. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Recitativo (A): Ja, ja, mein Herz soll es bewahren
10. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Choral: Ich will dich mit Fleiss bewarhen
11. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Evangelista: Und die Hirten kehrten wieder um
12. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Choral: Seid froh dieweil
13. Christmas Oratorio, BWV248: Part III – Coro: Herrscher des Himmels, erhore das Lallen

14. Christmas Oratorio, BWV248: Part IV – Coro: Fallt mit Danken, fallt mit Loben
15. Christmas Oratorio, BWV248: Part IV – Evangelista: Und da acht Tage um waren
16. Christmas Oratorio, BWV248: Part IV – Recitativo (B) con Choral (S): Immanuel, o susses Wort
17. Christmas Oratorio, BWV248: Part IV – Aria (S, Echo): Flosst, mein Heiland, flosst dein Namen
18. Christmas Oratorio, BWV248: Part IV – Recitativo (B) con Choral (S): Wohlan, dein Name soll allein
19. Christmas Oratorio, BWV248: Part IV – Aria (T): Ich will nur zu Ehren leben
20. Christmas Oratorio, BWV248: Part IV – Choral: Jesus, richte mein Beginnen

Disc: 3
1. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Coro: Ehre sei dir, Gott, gesungen
2. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Evangelista: Da Jesus geboren war zu Bethlehem
3. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Coro e Recitativo (A): Wo ist der neugeborne Konig der Juden
4. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Choral: Dein Glanz all Finsternis verzehrt
5. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Aria (B): Erleucht auch meine finstre Sinnen
6. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Evangelista: Da das der Konig Herodes horte
7. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Recitativo (A): Warum wollt ihr erschrecken
8. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Evangelista: Und liess versammlen alle Hohepriester
9. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Aria Terzetto (S, T, A): Ach, wenn wird die Zeit erscheinen
10. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Recitativo (A): Mein Liebster herrschet schon
11. Christmas Oratorio, BWV248: Part V – Choral: Zwar ist solche Herzensstube

12. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Coro: Herr, wenn die stolzen Feinde schnauben
13. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Evangelista: (Recitativo B): Da berief Herodes die Weisen heimlich
14. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Recitativo (S): Du Falscher, suche nur den Herrn zu fallen
15. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Aria (S): Nue ein Wink von seinen Handen
16. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Evangelista: Als sie nun den Konig gehoret hatten
17. Christmas Orato
rio, BWV248: Part VI – Choral: Ich steh an deiner Krippen hier
18. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Evangelista: Und Gott befahl ihnen im Traum
19. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Recitativo (T): So geht! Genung, mein Schatz
20. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Aria (T): Nun mogt ihr stolzen Feinde schrecken
21. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Recitativo (S, A, T, B): Was will der Hollen Schrecken nun
22. Christmas Oratorio, BWV248: Part VI – Coro: Nun seid ihr wohl gerochen

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Dietrich Buxtehude (1637-1707) – Membra Jesu Nostri

Membra Jesu Nostri é a homenagem deste ateu ao Natal. Trata-se de um ciclo de sete pequenas cantatas compostas em 1680. A letra, Salve mundi salutare – também conhecida como Rhythmica oratio – é um poema atribuído às vezes a São Bernardo de Claraval (1153), outras vezes a Arnulf de Louvain (1250), ambos da ordem cisterciense. Cada uma das sete partes em que se divide a obra é dedicada a uma parte do corpo crucificado de Jesus: pés, joelhos, mãos, costas, peito, coração e cabeça. É música sacra da melhor qualidade. F.D.P. Bach deve estar preparando também sua alusão à data: será o Oratório de Natal, composto por papai. Aguardem.

Sobre Buxtehude, tenho a dizer que era imenso compositor, organista admiradíssimo por meu pai – que viajou algumas vezes para encontrá-lo e vê-lo tocar – e que seria mais conhecido, não fora a presença sufocante de papai em nossa cultura. Entre nós, os mais jovens da família, era conhecido como tio Bux.

Membra Jesu Nostri – Ciclo de 7 Cantatas

1. Membra Jesu Nostri – Ad Pedes
2. Membra Jesu Nostri – Ad Genua
3. Membra Jesu Nostri – Ad Manus
4. Membra Jesu Nostri – Ad Latus
5. Membra Jesu Nostri – Ad Pectus
6. Membra Jesu Nostri – Ad Cor
7. Membra Jesu Nostri – Ad Faciem

Sir John Eliot Gardiner, regência;
Monteverdi Choir;
English Baroque Soloists.

BAIXE AQUI

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Gustav Mahler (1860 – 1911) – Das klagende Lied

Em 1881, com 21 anos, inscreveu-se para o Prêmio Beethoven, que fora instituído pela Sociedade dos Amigos da Música (Gesellshaft der Musikfreund). Podiam participar do concurso alunos e ex-alunos do Conservatório de Viena. O júri contava com Hans Richter, Carl Goldmark e Johannes Brahms. Mahler disputou com a cantata Das klagende Lied, uma obra dramática que tinha escrito com entusiasmo, mas perdeu, é claro. Brahms odiava as enormidades musicais de Wagner e Bruckner, era hostilíssimo a eles; então, como deixaria aquele Mahler vencer? Perdeu, é claro, e os 500 florins do prêmio foram para outro. Porém nós, que amamos todos os citados e pouco temos a ver com as questões do final do século XIX, podemos dizer que Mahler estreou com uma extraordinária obra: Das klagende Lied, ou A Canção do Lamento. Aproveite, este trabalho não é muito fácil de se achar por aí.

1. Das Klagende Lied: Waldmärchen 28:31
2. Das Klagende Lied: Der Spielmann 17:35
3. Das Klagende Lied: Hochzeitstück 18:57

Conductor: Simon Rattle
Performers: Helena Dose (Soprano), Alfreda Hodgson (Mezzo Soprano), Robert Tear (Tenor), Sean Rea (Baritone)
City of Birmingham Symphony Orchestra
Ensemble City of Birmingham Symphony Orchestra Chorus
Recording Date 1985

BAIXE AQUI

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) – Sinfonias Nros. 5 e 7

No mar de gravações disponíveis das sinfonias de Beethoven, quase todo mundo tem suas preferências. Por isto, é surpreendente que as gravações do berlinense Carlos Kleiber (1930-2004) tenham se tornado um consenso nos últimos anos. Excêntrico e considerado um gênio por outros regentes, Kleiber tinha um repertório menor do que o comum dos maestros, os quais costumam aceitar qualquer empreitada. Gravou poucas óperas e poucos autores sinfônicos, mas suas intervenções, principalmente em Beethoven e Brahms, mereceram sempre os elogios mais rasgados. A gravação da 5ª Sinfonia de Beethoven, vinda diretamente do acervo de F.D.P. Bach, rebebeu considerações nestes termos: “É como se Homero tivesse retornado para nos recitar a Ilíada”.

E, bem, trata-se de um Homero de extraordinária energia e entusiasmo. Não poderíamos iniciar melhor a participação de Beethoven no P.Q.P. Bach.

1. Symphony No. 5 In C Minor, Op. 67: 1 – Allegro con brio
2. Symphony No. 5 In C Minor, Op. 67: 2 – Andante con moto
3. Symphony No. 5 In C Minor, Op. 67: 3 – Allegro
4. Symphony No. 5 In C Minor, Op. 67: 4 – Allegro

5. Symphony No. 7 In A Major, Op. 92: 1 – Poco sostenuto – vivace
6. Symphony No. 7 In A Major, Op. 92: 2 – Allegretto
7. Symphony No. 7 In A Major, Op. 92: 3 – Presto
8. Symphony No. 7 In A Major, Op. 92: 4 – Allegro con brio

Vienna Philharmonic Orchestra
Reg.: Carlos Kleiber

BAIXE AQUI

Em tempo, chega-me uma carta – pois trata-se de pessoa antiquada e de hábitos profundamente arraigados – de F.D.P. Bach, que transcrevo ipsis litteris.

Mando aqui os links do You Tube para esta versão fantástica do Kleiber para a sétima sinfonia do gênio de Bonn. Diga aos seus leitores que FDP Bach, passeando por Amsterdam certa vez, teve a oportunidade de assistir a esta apresentação e foi apreciá-la. Conhecedor profundo da obra, e grande amigo de Ludwig, com o qual tomou tomaram muitos chops, reconheceu em Kleiber um legítimo intérprete destas obras, e após a apresentação, fez questão de comparecer aos camarins e felicitá-lo pelo espetáculo. Comentou ainda que, se vivo ainda fosse, Ludwig faria questão de também parabenizá-lo.

Repare no final do 4º e último movimento a alegria e o sorriso estampados no rosto do regente, como se tivesse a certeza de dever cumprido, e de que aqueles momentos realmente tinham sido muito especiais. Como comentei em carta anterior, me arrepio cada vez que o assisto.

Outra coisa, para uma melhor apreciação, sugiro aos leitores salvar estes arquivos através deste site. Assim poderão assisti-los quando quiserem sem o inconveniente das travadas tradicionais que estes vídeos do youtube dão quando estamos ouvindo e baixando ao mesmo tempo. É bem simples:basta colar o link naquele espaço e mandar fazer o donwload. Logo ele irá perguntar em qual local será salvo o arquivo. Aí, basta salvar o arquivo com a extensão .flv e apreciá-lo. Eis os links:

1º movimento – 1ª parte

1º movimento – 2ª parte

2º movimento

3º movimento

4º movimento

Abraços, e uma boa semana.
Franz Dietrich Putz Bach.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Witold Lutoslawski (1913-1994) – Concerto para Orquestra

Lutoslawski foi muito influenciado por Bartók. Considerava que ele e todos os compositores modernos tinham um enorme débito para com o húngaro. Chegou a dedicar obras a Bartók, como a “Música Fúnebre para Cordas”, de 1958. Gosto muito deste concerto feito sobre temas folclóricos polacos. O terceiro movimento – Passacaglia, Toccata e Corale – é notável.

1. Concerto Pour Orchestre : Intrada
2. Concerto Pour Orchestre : Capriccio, Notturno e Arioso
3. Concerto Pour Orchestre : Passacaglia, Toccata e Corale

Royal Stockholm Philharmonic Orchestra
Reg.: Andrew Davis

BAIXE AQUI

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

As Oito Estações – As Quatro Italianas de Vivaldi e as Quatro Portenhas de Piazzola

– Oito estações? Vivaldi e Piazzolla? O quê? O PQP nos vem com As Quatro Estações de Vivaldi?

Parece que ouço alguns apupos na platéia. Respondo-lhes que estou tão preocupado com as vaias que dormirei na pia hoje. Se algum de vocês torceu o nariz para o lugar-comum representado pelas Quattro Stagioni vivaldianas, deveriam ouvir antes a espetacular versão desta orquestra de Salzburgo regida por um portoalegrense – sim, Lavard Skou-Larsen nasceu em Porto Alegre. Não, ele não é de família árabe, seus pais são dinamarqueses que tocavam na OSPA (Orq. Sinf. de P. Alegre). Como se não bastasse, o programa inclui o super-hiper-ultra filé de “Las Quatro Estaciones Porteñas” de Piazzolla. A versão orquestral, preparada por José Bragato, é simplesmente o máximo.

Já vi os Salzburger Chamber Soloists em ação no palco. É uma orquestra entusiasmada, de altíssimo nível e algo espalhafatosa. Poucas vezes vi tanta entrega à música. E não conheço versão mais feliz e extravagante destes Concertos de Vivaldi, nem mais adequadas ao espírito latino de Piazzolla. Ouçam e revisem seus preconceitos. Nunca é tarde…

:¬))

The Eight Seasons

1 Antonio Vivaldi: La Primavera op. 8 No.1 “Allegro” (03:28)
2 Antonio Vivaldi: La Primavera op. 8 No.1 “Largo e pianissimo” (02:24)
3 Antonio Vivaldi: La Primavera op. 8 No.1 “Danza pastorale. Allegro” (04:27)
4 Antonio Vivaldi: L’estate op. 8 No.2 “Allegro má non molto” (06:29)
5 Antonio Vivaldi: L’estate op.8 No.2 “Adagio – Presto” (02:23)
6 Antonio Vivaldi: L’estate op.8 No.2 “Presto” (02:33)
7 Antonio Vivaldi: L’Autunno op.8 no.3 “Allegro” (05:30)
8 Antonio Vivaldi: L’Autunno op.8 no.3 “Adagio molto” (03:11)
9 Antonio Vivaldi: L’Autunno op.8 no.3 “Allegro” (03:31)
10 Antonio Vivaldi: L’inverno op.8 No.3 “Allegro non molto” (03:31)
11 Antonio Vivaldi: L’inverno op.8 No.3 “Largo” (01:35)
12 Antonio Vivaldi: L’inverno op.8 No.3 “Allegro” (03:44)
13 Astor Piazzolla: Primavera Portena – Allegro (05:55)
14 Astor Piazzolla: Verano Porteno – Allegro Moderato (12:06)
15 Astor Piazzolla: Otono Porteno – Allegro Moderato (06:33)
16 Astor Piazzolla: Invierno Porteño – Lento (08:37)

Violinista e Regente: Lavard Skou-Larsen
Salzburg Chamber Soloists

Tempo Total: 75min09

BAIXE AQUI

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!