As Oito Estações – As Quatro Italianas de Vivaldi e as Quatro Portenhas de Piazzola

– Oito estações? Vivaldi e Piazzolla? O quê? O PQP nos vem com As Quatro Estações de Vivaldi?

Parece que ouço alguns apupos na platéia. Respondo-lhes que estou tão preocupado com as vaias que dormirei na pia hoje. Se algum de vocês torceu o nariz para o lugar-comum representado pelas Quattro Stagioni vivaldianas, deveriam ouvir antes a espetacular versão desta orquestra de Salzburgo regida por um portoalegrense – sim, Lavard Skou-Larsen nasceu em Porto Alegre. Não, ele não é de família árabe, seus pais são dinamarqueses que tocavam na OSPA (Orq. Sinf. de P. Alegre). Como se não bastasse, o programa inclui o super-hiper-ultra filé de “Las Quatro Estaciones Porteñas” de Piazzolla. A versão orquestral, preparada por José Bragato, é simplesmente o máximo.

Já vi os Salzburger Chamber Soloists em ação no palco. É uma orquestra entusiasmada, de altíssimo nível e algo espalhafatosa. Poucas vezes vi tanta entrega à música. E não conheço versão mais feliz e extravagante destes Concertos de Vivaldi, nem mais adequadas ao espírito latino de Piazzolla. Ouçam e revisem seus preconceitos. Nunca é tarde…

:¬))

The Eight Seasons

1 Antonio Vivaldi: La Primavera op. 8 No.1 “Allegro” (03:28)
2 Antonio Vivaldi: La Primavera op. 8 No.1 “Largo e pianissimo” (02:24)
3 Antonio Vivaldi: La Primavera op. 8 No.1 “Danza pastorale. Allegro” (04:27)
4 Antonio Vivaldi: L’estate op. 8 No.2 “Allegro má non molto” (06:29)
5 Antonio Vivaldi: L’estate op.8 No.2 “Adagio – Presto” (02:23)
6 Antonio Vivaldi: L’estate op.8 No.2 “Presto” (02:33)
7 Antonio Vivaldi: L’Autunno op.8 no.3 “Allegro” (05:30)
8 Antonio Vivaldi: L’Autunno op.8 no.3 “Adagio molto” (03:11)
9 Antonio Vivaldi: L’Autunno op.8 no.3 “Allegro” (03:31)
10 Antonio Vivaldi: L’inverno op.8 No.3 “Allegro non molto” (03:31)
11 Antonio Vivaldi: L’inverno op.8 No.3 “Largo” (01:35)
12 Antonio Vivaldi: L’inverno op.8 No.3 “Allegro” (03:44)
13 Astor Piazzolla: Primavera Portena – Allegro (05:55)
14 Astor Piazzolla: Verano Porteno – Allegro Moderato (12:06)
15 Astor Piazzolla: Otono Porteno – Allegro Moderato (06:33)
16 Astor Piazzolla: Invierno Porteño – Lento (08:37)

Violinista e Regente: Lavard Skou-Larsen
Salzburg Chamber Soloists

Tempo Total: 75min09

BAIXE AQUI

26 comments / Add your comment below

  1. Apesar da enorme popularização do Concerto da Primavera de Vivaldi, não sou dos que “torcem o nariz” quando ouve falar da opus 8.Agora juntar com Piazzola foi de uma percepção sensacional !Obrigado pelo post.

  2. Magnífica versão essa, a das Quatro Estações de Vivaldi! Orquestra e solista de altíssimo nível, técnico e musical – respiram música, esbanjam musicalidade!Sem falar das excelentes Estações Portenhas de Piazzolla, que integram esse belo conjunto de arte musical e programática.

  3. Obrigado por compartilhar! Muito boa a interpretação das duas peças!

    Só achei que o verão porteño não teve muito cara de verão.

    Dá impressão que todos os argentinos foram passear em Floripa e os lojistas ficaram sozinhos jogando cartas na calçada enquanto aquelas bolinhas de feno passavam pela rua e de vez em quando um gritava “TRUCO!”

  4. Caríssimo,

    Pessoas como vc que compartilham tem me salvado, pois nao posso comprar dezenas de CDs importados por mes!! Talvez até pudesse, nao pagasse o imposto absurdo de 60% do valor do CD… (ou pela Internet ou repassados pelas lojas especializadas).

    Estou procurando aqui as Quattro Stagioni c/ Fabio Biondi… se nao tiver aqui, aposto q é algo interessante para todos, pq a interpretacao dele é ousada!
    []s

  5. Mewwwwwww!!!

    Olá,

    Meu nome é Abel Camargo, sou pianista, cursando bacharelado em piano na Universidade de Brasília(UnB) e achei realmente incrível as 4 estações Portenhas, fiquei maravilhado, ouço toda hora!!!

    Gostaria imensamente que vc, PQP Bach, me passase mais informações sobre essas obras maravilhosas do Piazzola(As 4 estações Portenhas), e inclusive que me ajude a conseguir as partituras, pois são de grande interesse de minha parte.

    Muito obrigado,

    Ps : adorei mesmo esse CD. valeuzão

  6. Não sei se alguém aí foi ontem no concerto da Orquestra de Camara da Ulbra, lá no Leopoldina Juvenil, mas tava muita muito interessante, uma interpretação dos vivaldis clichês das quatro estações com muita familiaridade com essa do Kremer. Bateram os pés no allegro final do outono, tocaram pizzicato que nem cavaquinho no largo do inverno (que virou quase um presto). Foi feliz a maioria dessa interpretações pouco convencionais e, é claro, com muito mais vida que certos absurdos que se ouve por aí (que tem gente que diz que é vivaldi). Com solo de violino Krishmer (deve se assim que se escreve). Mas o filé da noite foram as quatro estações do Pizzolla, com arranjos eletrizantes do Arthur Barbosa Neto. Quase tão entusiasmada quanto essa aqui. Alguns pontos da interpretação ponderáveis, mas, sem dúvida, tanto o vivaldi quanto o piazzolla tiveram uma abordagem contagiante. No frigir dos ovos, a orquestra ta de parabéns….

  7. ESTE ESTÁ CORRIGIDO….. ¬¬

    Não sei se alguém aí foi ontem no concerto da Orquestra de Camara da Ulbra, lá no Leopoldina Juvenil, mas tava muita muito interessante, uma interpretação dos vivaldis clichês das quatro estações com muita familiaridade com essa do Kremer. Bateram os pés no allegro final do outono, tocaram pizzicato que nem cavaquinho no largo do inverno (que virou quase um presto). Foi feliz a maioria dessa interpretações pouco convencionais e, é claro, com muito mais vida que certos absurdos que se ouve por aí (que tem gente que diz que é vivaldi). Com solo de violino do Emerson Krishmer (deve se assim que se escreve). Mas o filé da noite foram as quatro estações do Pizzolla, com arranjos eletrizantes do Arthur Barbosa Neto. Toda aquela vibração e o estilo ardente e melancólico do Piazzolla se fizeram presentes. Quase tão entusiasmadas quanto essas aqui. Alguns pontos da interpretação ponderáveis, mas, sem dúvida, tanto o vivaldi quanto o piazzolla tiveram uma abordagem contagiante. No frigir dos ovos, a orquestra ta de parabéns….

    OBS.: quem sabe o PQP aceite aqui o disco da orquestra da ulbra com as quatro estações do piazzolla, melancolico buenos aires, pixinguinha, zequinha de abreu, arthur barbosa, e outros…. vou comprar essa semana, eu acho, e mando pro e-mail. vamo ve se ele posta ..

  8. Caro, Astor,

    Eu tinha esse CD e gosto muito dele. Um grande amigo mo furtou a contragosto e nunca mais o recuperei.

    Posso postá-lo, mas nada para breve. Basta enviar o link num próximo comentário aqui no blog.

  9. Descobri o blog a pouco tempo. Muito obrigado. Sou um durango que tem um péssimo defeito: gostar de boa música, boa literatura, bons filmes, em fim, de cultura. Mas meu padrão econômico não me permite acesso a ela. Fui engulido pelo neo-liberalismo de FHC e… Então através do seu blog e outros estou formando meu acervo musical em CD”s já que possuo bastante em vinil e não tenho com ouvi-los.
    Esta dobradinha “As Quatro Estações” de Vivaldi com as “As Estações Portenhas” de Piazzolla é no mínimo sublime.
    Mais uma vez, obrigado.

  10. Agradeço a este magnifico site pelo post. Ouvi a uma audição das 4 Estações Portenhas do genial (apesar de argentino, ninguém é perfeito) Piazzolla no Concerto de Encerramento do último festical de Campos do Jordão e simplesmente me apaixonei de cara! Grato mesmo pelo post. Estou baixando para me deliciar daqui a pouco, e o Verano Porteño e o melhor de todos! Abraços!

Deixe uma resposta para Priscila Cancelar resposta