Domenico Scarlatti (1685 – 1757) – Sonatas para Cravo

Vocês sabem como é, o amante de Maria Bárbara de Bragança era insaciável: não parava de compor sonatas para cravo. Compôs mais de quinhentas e, se a morte não o tivesse interrompido, estaria compondo até agora. Este antigo registro de Gustav Leonhardt, feito ainda para a RCA Victor, é uma jóia que você deveria baixar. Scarlatti foi um grande compositor e, como era muito esperto, vendeu de forma superfaturada a José Saramago os direitos da história de sua aventurosa vida. O resultado foi o romance Memorial do Convento. Saramago só recuperou-se financeiramente ao ganhar o Nobel. Sorte de comunista.

Domenico Scarlatti – Sonatas para Cravo

1. Sonata in A minor, K 3 (Instrumental) 3:03
2. Sonata in F minor, K 185/184 (Instrumental) 7:36
3. Sonata in B minor, K 227 (Instrumental) 3:42
4. Sonata in F minor, K 238/239 (Instrumental) 7:02
5. Sonata in D minor, K 52 (Instrumental) 4:24
6. Sonata in E-flat Major, K 192/193 (Instrumental) 7:27
7. Sonata in A Major, K 208/209 (Instrumental) 6:23
8. Sonata in E-flat Major, K 252/253 (Instrumental) 6:31
9. Sonata in D minor, K 191 (Instrumental) 2:23

Gustav Leonhardt, cravo

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PQP

16 comments / Add your comment below

  1. Leonhardt realmente é magnífico mas isto já chega a ser ”chover no molhado” , mas o grande nome aqui é aquele que para mim foi o único que suplantou Leonhardt, inclusive nas Goldberg, o ”mago” Scott Ross que inclusive gravou as 555 sonatas de Domenico , claro não precisamos de tanto, Scott Ross tem um disco frnaces denominado ”As mais bonitas sonatas” de Scarlatti, uma compilação das 555.

  2. Scott Ross e Rosalyn Tureck tem sido injustamente esquecidos pelo PQP , imperdoável para um site deste nível e de filhos bachianos,deixo aqui meu protesto…rs.

  3. Outro gigante do Cravo, aliás ele Leonhardt e Ross para mim formam a santíssima trindade da coisa, mas o maior é Ross, infelizmente morto precocemente de Retrovirose. Não existe no planeta outra gravação das Goldberg do mesmo quilate do que a de Ross, nem outro Scarlatti,não é mesmo PQP?

  4. Recentemente ouvi as Goldberg com Pinnock! MARAVILHOSA. Estou curiosa por esta versão do Ross. Ainda não a conheço, mas custa-me acreditar que a sua versão suplanta a versão Pinnockiana no cravo.

  5. Pinnock,Moroney,Rousset,Van Asperen,Hill, Koopman e principalmente Pierre Hantai todos são da segunda ou terceira geração de cravistas ( instrumentos de época)que se formou a partir dos anos 50 ou 60 e que aparceram a partir da década de 80.
    Deus ainda não criou uma interpretação das Goldberg à altura da gravação de Ross e se criou está escondida só para ele,aliás acho que deve ser outra de Ross…rs.

  6. Eu um amante do progressivo, não poderia deixar de vir buscar alguns progressivos de outros tempos, Bach, Scarlatti entre outros.
    muito obrigado a você pela divulgação, e a esses gênios pela composição.

  7. Olá a todos. Eu tenho um material de primeira para dispor aqui no blog. Sao as 555 sonatas de D Scarlatti, na famosa gravação do Scott Ross. na minha opiniao, a melhor versao da íntegra das sonatas que já fizeram.
    Estou com os links prontos, mas nao sei para quem posso passar aqui. Obrigado

  8. Fernando, talvez o blog esteja mais uma vez “no automático”, aí a explicação para a sua não-resposta. Então você poderia colocar os links aquí mesmo nos comentários, não?

Deixe uma resposta para pqpbach Cancelar resposta