Richard Strauss – Also Sprach Zarathustra, Don Juan

Pois bem, sempre atrapalhado com a falta de tempo, trago aqui eis as minhas duas obras favoritas de Richard Strauss, dois poemas sinfônicos que são dois marcos da história da música do século XX,  o primeiro deles facilmente reconhecível devido aos seus acordes inciais, imortalizados na obra prima de Stanley Kubrick, além de ter sido usado em diversos outros momentos, inclusive fui surpreendido ao assistir a um show do Dream Theater em DVD e ouvir estes famosos acordes iniciais logo na abertura do show…
Não lembro quando foi que ouvi pela primeira vez o “Zarathustra”, mas foi paixão à primeira audição. Minha primeira gravação foi um LP da Columbia, com o Zubin Metha regendo a Filarmônica de Nova York, bela gravação por sinal, que acabou sendo esquecida em algum lugar, durante algumas de minhas mudanças. Já o Don Juan, se não me engano, foi com o próprio Karajan, e também fiquei encantado com a música.
A interpretação, para variar, está nas sempre competentes mãos de Neeme Järvi à frente da National Scottisch Orchestra, e a solista é Felicity Lott.
Uma pequena observação: esta capa ao lado não se refere ao cd que estou postando. Na verdade, a Chandos Records reuniu em dois álbuns duplos os poemas sinfônicos de Strauss que o Järvi gravou com eles, ainda nos anos 80, e em outros cds as gravações de outras obras vocais gravadas com a Felicity Lott. O cd que ora posto, esta fora de catálogo.

Richard Strauss – Also Sprach Zarathustra, Don Juan
1 Einleitung (Introduction)
2 Von den Hinterweltlern (Of the Backworldsmen)
3 Von der großen Sehnsucht (Of the Great Longing)
4 Von den Freuden- und Leidenschaften (Of Joys and Passions)
5 Das Grablied (The Song of the Grave)
6 Von der Wissenschaft (Of Science and Learning)
7 Der Genesende (The Convalescent)
8 Das Tanzlied (The Dance-Song)
9 Nachtwanderlied (The Might Wanderer’s Song)

10 Don Juan, Op. 20
11 Muttertändelei, Op. 43 No. 2
12 Cäcilie, Op. 27 No. 2

Felicity Lott – Soprano
Royal Scottish National Orchestra
Neeme Järvi – Conductor

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FDP Bach

13 comments / Add your comment below

  1. Olá FDP,
    vc parece gostar, assim como eu, do chamado rock e algumas de suas ramificações (como por exemplo o progressivo).
    O que acha de postar algo orquestral do maluco e genial do Frank Zappa.
    De repente o cd Boulez conducts Zappa ou o London Symphony Orchestra volumes I e II seria interessante.

    Abraço

  2. A música é sensacional mesmo. Sobre o “Zaratustra” do Metha, também foi o meu primeiro (comprei no Carrefour, é mole?). Tenho o CD até hoje, se tiver interesse…

  3. Sobre arranjos de músicas de rock para orquestra, aproveito a deixa para sugerir o “Us and Them” – Pink Floyd Sinfônico – com músicas como Time, Another Brick in the Wall, Brain Damage, The Great Gig in the Sky, Confortably Numb, Money etc. interpretadas pela London Symphony Orchestra.

  4. Escutei e gostei muito…Meus preferidos são os Richards Wagner e Strauss. Você pode postar Salomé e Dom quixote, pois até agora onde eu consegui procurar obras foram aqui …se tiver muito obrigado, senão ,valeu pela tentativa…

  5. FDP, você gosta de Dream Theater?haha, grata surpresa(sem ironias). O show é o Score, por acaso, não tenho certeza,.

    Baixei há um tempo essas gravações de Strauss do Jarvi. Que som e que orquestra! O brilho da sala é um tesão, sem falar que as interpretações são no mínimo acertadas, principalmente a Morte e Transfiguração, imperdível.

    Recomendo a todos que baixem os CD’s que FDP vem postando, apesar de ‘underground’, Jarvi se sai melhor nessas obras que muitas estrelas do repertório Straussiano, incluindo Karajan e até mesmo Solti.

    abraços

Deixe uma resposta