Gilberto Mendes (1922) – Santos Football Music, Beba Coca Cola e outras obras – reload

Já que o papo deste blog está desviando pro futebol, bora reservar esse cantinho aqui pro assunto e aproveitar pra dar espaço para a mais comentada obra de vanguarda do séc. XX no Brasil: a SFC.

CVL

***

Se Cage ainda dá o que falar com 4’33”, então pingo fogo com a pedra angular da música de vanguarda brasileira: a Santos Football Music, de Gilberto Mendes. Sempre que apresento essa obra a alguns conhecidos, eles riem, torcem o nariz, ficam contrariados, acham uma besteira e por aí vai.

No entanto, não se trata de um compositor sem cabedal, já que suas obras para coral e para piano são muito bem escritas. Não vou comentar muito porque estou guardando anotações para um futuro artigo sobre a obra de Mendes. Estejam à vontade aqui nos comentários.

Consegui o presente CD há muito tempo com um dos caras do blog Música Brasileira de Concerto (a quem devo os créditos pelas obras de Edino Krieger postadas meses atrás e pelos Estudos de Guarnieri, que irão ao ar em breve), que inclui a também “inusitada” Beba Coca Cola, mas quem quiser baixar só a SFM ela vai em outra versão, à parte.

***

Surf, Bola na rede, Um pente de Istambul e a música de Gilberto Mendes (1992)

01 – Motet em ré menor (Beba coca-cola) – 1966
Karmmerchor der Humbolt-Universität zu Berlin
Johannes Garbe, regente

02 – O pente de Istanbul – 1990
Duo Diálogos:
Carlos Tarcha, marimba
Joaquim Abreu, vibrafone

03 – Episódio, sobre poema de Carlos Drummond de Andrade – 1949
Nancy Bello, soprano
Rubens Ricciardi, piano

04 – Lamento, sobre texto do chinês Tchu Iuan – 1956
Nancy Bello, soprano
Rubens Ricciardi, piano

05 – Lagoa, sobre poema de Carlos Drummond de Andrade – 1957
Nancy Bello, soprano
Rubens Ricciardi, piano

06 – Dizei, senhora, sobre poema de Cid Marcus Braga Vasques- 1966
Nancy Bello, soprano
Rubens Ricciardi, piano

07 – A mulher e o dragão, sobre texto de São João (fragmento do Apocalipse) – 1967
Nancy Bello, soprano
Rubens Ricciardi, piano

08 – O meu amigo Koellreutter – 1984
Nancy Bello, soprano
Rubens Ricciardi, piano
Carlos Tarcha, marimba

09 – Ulysses em Copacabana surfando com James Joyce e Dorothy Lamour – 1988
Renato Alves Corrêa, flauta
Otinilo Pacheco, clarinete
Sérgio Cascapera, trompete
Eduardo Pecci, saxofone alto
Maria Vischnia, violino
Cláudio Cruz, violino
Marcelo Jaffé, viola
Ruy Deutsch, contra-baixo
Edelton Gloeden, violão
José Eduardo Martins, piano
Aylton Escobar, regente

10 – Il neige… de nouveau! – 1985
José Eduardo Martins, piano

11 – Viva Villa – 1987
José Eduardo Martins, piano

12 – Um estudo: Eisler e Webern caminham nos mares do sul – 1989
José Eduardo Martins, piano

13 – Santos Football Music – 1969
Orquestra Sinfônica de Westdeutscher Rundfunk Köln
Piero Bastianelli, regente
Geraldo José de Almeida, narração esportiva

BAIXE AQUI

Santos Football Music
Festival Música Nova, 39a. edição.
Orquestra Sinfônica de Santos, regida por Luís Gustavo Petri

BAIXE AQUI

CVL

12 comments / Add your comment below

  1. Gilberto Mendes é um gênio brasileiro. Muito melhor e mais importante que o Villa. Pena que as pessoas só vão se dar conta disso depois que ele morrer.

  2. A música de Gilberto Mendes é uma beleza. Grande figura dos meios musicais brasileiros.

    Obrigatório o download, especialmente pela presença da ótima Ulysses em Copacabana surfando com James Joyce e Dorothy Lamour, tão interessante quanto nominalmente esdrúxula.

  3. Muito obrigado pela postagem ! Gilberto Mendes, compositor de tão arraigada cultura musical, de grande liberdade dialógica. Compositor verdadeiro, de uma linguagem musical muito particular… Muito obrigado pela oportunidade de poder ouvir este grande compositor !!!
    Valeu !!!

  4. Caros amigos,
    O Gilberto Mendes é o homenageado deste ano (2009) no Festival de Inverno de Campos do Jordão, onde dará palestras e aulas.
    Vejam em:

    http://www.festivalcamposdojordao.org.br/apresentacao/

    Ouvi as peças acima, realmente, a Santos Football Music é de chocar ouvidos mais acostumados com o barroco por exemplo, mas gostei da participação do público que entra na onda e vai……, pois geralmente a platéia da musica erudita é muito passiva.

    Gostei, mas não amei…..!

  5. Só uma observação ao (a) Lulu:

    Cada compositor com seus méritos. Ninguém é mais que ninguém…
    Adoro e sou entusiasta de Gilberto Mendes. Inteligentíssimo. Nem por isso é menor ou maior que Villa…

  6. Incrivel …mas há mais de 20 anos estive na casa de Gilberto Mendes com o Rubinho…Foi muito prazeroso conhecê-lo e saber que ainda hoje está ativo..
    Ana Madalena

  7. The file of the above link no longer exists. This could be for several reasons:

    * The uploader deleted the file
    * The file contained illegal contents and was deleted from our Abuse team
    * The file is incorrect
    * The server is busy and can not process the request.

    Você pode subir de novo, por favor? Obrigado.

  8. Boa noite, PQPs, agradeceria muito, por favor, a repostagem deste link. Quero que saibam que são responsáveis por grande parte de minha formação artística e de muitos jovens da escola onde trabalho. Parabéns!

Deixe uma resposta