26 comments / Add your comment below

  1. Parabéns ao lahueramuerta, ao MB e ao Gustav Mozart.

    A do Celibidache, sim. O cara mais lento do mundo. O pior é que aconteceu mesmo e o arquivo dele não era o menor… Eu dava risadas!

  2. Tá respondida, mas eu não titubearia em cravar o Celibidache… Invariavelmente as gravações dele são mais, digamos, “arrastadas”. Em determinadas obras o resultado é ótimo, em outros eu não gosto. Por exemplo, a Quinta de Beethoven com ele fica, a meu ver, descaracterizada. Já o Réquiem do Mozart, que ouvi outro dia gravada pelo Celi, acho que o resultado foi muito bom.

  3. A Sinfonia #4 de Bruckner com Celibidache e Munique chega a ser pitoresca. Só na coda do ultimo movimento que geralmente leva menos de 2 minutos ele conseguiu arrastar em quase 6. Era como se ouvisse um instrumento de cada vez. Mas apesar disso gostei. Vale conferir. Um abraço!

  4. Agora impressionante mesmo é a Sheherazade de Korsakov com o Celibidache e Stutgart. Na minha opinião, nesta ele é insuperável. Curiosamente o tempo nesta obra com ele não é lento, muito ao contrário. Esta sim é uma audição para melomano nenhum botar defeito. Outro abraço!

  5. Olha, se eu sei alguma coisa de música, acho que é a versão do Celibidache. Mas tudo há exceções, e imagino que isso deve ser uma daquelas pegadinhas. Bobeia é a do Abbado!

    Parabéns pelo blog!

    1. Putz… dei uma de português (com todo o respeito aos irmãos lusitanos). Agora que vi que tava respondida a pergunta!
      Por favor, ou desconsiderem ou ponham nas pérolas, à vontade!

Deixe uma resposta