Frédéric Chopin (1810-1849) – Polonaises (CDs 6 e 7 de 13)

Mais dois CDs do franco-polaco Frédéric Chopin. Dessa vez surgem as ondulantes polonaises escritas pelo compositor. As “Polonesas” ou “Polacas”, ou melhor, Polonaises são danças de sua terra natal, a Polônia. Acredito que uma das mais famosas dessas peças, seja a Polonaise No. 3 – “Militar”. Boa apreciação!

Frédéric Chopin (1810-1849) – Polonaises

Disco 06

01 – Polonaise No.1 in C sharp minor, Op.26 No.1
02 – Polonaise No.2 in E flat minor, Op.26 No.2
03 – Polonaise No.3 in A, Op.40 No.1 (Military)
04 – Polonaise No.4 in C minor, Op.40 No.2
05 – Polonaise No.5 in F sharp minor, Op.44
06 – Polonaise No.6 in A flat, Op.53 (Heroic)
07 – Polonaise No.7 in A flat, Op.61 (Polonaise-Fantaisie)

Disco 07

01 – Polonaise No.8 in D minor, Op.posth.71 No.1 (BI 11)
02 – Polonaise No.9 in B flat, Op.posth.71 No.2 (BI 24)
03 – Polonaise No.10 in F minor, Op.posth.71 No.3 (BI 30)
04 – Polonaise in B flat minor, Op.posth.P1 No.5 (BI 13) (La Gazza Ladra)
05 – Polonaise in G flat, Op.posth.P1 No.8 (BI 36)
06 – Polonaise in G minor, Op.posth.S1 No.1 (BI 1)
07 – Polonaise in B flat, Op.posth.P1 No.1 (BI 3)
08 – Polonaise in A flat, Op.posth.P1 No.2 (BI 5)
09 – Polonaise in G sharp minor, Op.posth.P1 No.3 (BI 6)

Vladimir Ashkenazy, piano

BAIXAR AQUI CD6
BAIXAR AQUI CD7

Carlinus

6 comments / Add your comment below

    1. Posso me meter na conversa?!?!? (risos)
      Acho que muitos já perceberam a minha fascinação por arranjos. Já faz um tempinho que planejava uma postagem dupla, com a Chopiniana, com orquestração de Glazunov e Les Sylphides, com arranjos de Roy Douglas (versão mais executada no momento atual), mas nem fiz o upload ainda, portanto, acho que deve demorar um pouco.

  1. Olá Carlinus!

    Uma boa postagem para começar este fim de semana chuvoso. A propósito, e sempre corrija-me se estiver enganado, li alhures que Chopin compôs alguns de seus noturnos (inoportuno comentário pois trata-se de um CD de polonaises não é?!) ouvindo os pingos de chuva no telhado.

    Até breve.

  2. Será mesmo essa história dos pingos no telhado? Todas essas histórias são suspeitas. O povo gosta demais de mistificar as obras dos músicos – já oui dizer que Beethoven compôs a quinta sinfonia quando “ouviu” batidas na porta com o ritmo da mesma, por exemplo. Deixemos as mistificações de lado e partamos para as audições. Agora, o uso dessas mistificações pode se tornar uma boa campanha de marketing, de fato.

    Com chuva ou sem chuva, eu adoro Chopin, adoro ouvir seus cromatismos sutis.

Deixe uma resposta