Sergei Prokofiev (1891-1953): Alexander Nevsky • Lieutenant Kijé (LINK REVALIDADO)

Uma gravação clássica, verdadeira referência para quem quiser enfrentar estas duas obras de Prokofiev.

Alexander Nevsky foi criada para ser trilha sonora do filme de Eisenstein e, talvez, hoje seja maior do que o filme que a provocou. É quase inacreditável que Prokofiev a tenha criado aos poucos, durante a noite, após o trabalho que Eisenstein e seus atores e técnicos haviam realizado durante o dia. Se Nevsky é sensacional por motivos épicos, Tenente Kijé é sensacional por ser engraçada, bonita e leve. Com Abbado em sua melhor forma, este é — para utilizar um baita lugar comum — obrigatório em qualquer boa discoteca erudita.

Grande disco.

Alexander Nevsky op. 78

1. Serge Prokofiev – Alexander Nevsky, op. 78 (I. Russia under the mongol yoke) (3:05)
2. Serge Prokofiev – Alexander Nevsky, op. 78 (II. Song about Alexander Nevsky) (3:31)
3. Serge Prokofiev – Alexander Nevsky, op. 78 (III. The crusaders in Pskov) (6:39)
4. Serge Prokofiev – Alexander Nevsky, op. 78 (IV. Arise, ye russian people) (2:20)
5. Serge Prokofiev – Alexander Nevsky, op. 78 (V. The battle on the Ice) (12:02)
6. Serge Prokofiev – Alexander Nevsky, op. 78 (VI. The field of the dead) (6:01)
7. Serge Prokofiev – Alexander Nevsky, op. 78 (VII. Alexander’s entry into Pskov) (4:53)

Elena Obraztsova
London Symphony Chorus
London Symphony Orchestra
Claudio Abbado

Lieutenent Kijé op. 60

8. Serge Prokofiev – Lieutenant Kijé, op. 60 (I. Kijé’s birth) (4:12)
9. Serge Prokofiev – Lieutenant Kijé, op. 60 (II. romance) (4:10)
10. Serge Prokofiev – Lieutenant Kijé, op. 60 (III. Kijé’s wedding) (2:37)
11. Serge Prokofiev – Lieutenant Kijé, op. 60 (IV. Troika) (2:44)
12. Serge Prokofiev – Lieutenant Kijé, op. 60 (V. Kijé’s burial) (5:52)

Chicago Symphony Orchestra
Claudio Abbado

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PQP

10 comments / Add your comment below

  1. Sensacional postagem!
    Ainda adolescente, procurava obras clássicas em vinil, quando me deparei com a Cantata Alexandre Nevsky. O disco fazia parte daquela coleção da Abril, Mestres da Música. Escutei uma vez, achei estranha, mas interessante, não cheguei a dar muito crédito e deixei de lado. Até que escutei novamente em uma rádio local, em um programa sobre música erudita. Relembrei as melodias que tinham ficado em minha mente e esta passou a ser uma das obras que mais aprecio de PRKFV, era assim que assinava seu nome, apenas com as consoantes.

  2. Raramente gosto das interpretações do Abbado, mas essa eu confesso que ‘tiro o chapéu’.

    Engraçado, gosto mais da música do que do filme(Alexandre Nevsky), mas gosto mais do filme Ivan, o Terrível do que da música.

    Sempre bom ouvir Prokofiev.

  3. A gravação com Rostropovitch regendo, que foi publicada algum tempo atrás aí no blog, ganha de todas. Inclusive é com Alexander Nevsky e Ivan, o Terrível.

  4. Adoro Prokofiev, mas esta obra definitivamente não me apetitece, colocarei o cd no fundo do armário, algum dia quem sabe eu venha a entende-lo como os senhores!

Deixe uma resposta