Sorin Lerescu (1953) – Sinfonias

Como comentei em um post anterior de música romena, às vezes a sonoridade, a ambiência da música de Lerescu me lembram muito o Stefan Niculescu dos anos 70 e 80. Verdade que tenho a sensação de que falta um quê inominável, aquele que separa a obra-prima de uma obra “apenas” muito interessante e que não se restringe simplesmente a uma falta de novidade, ou de originalidade extrema. O que posso dizer é que parece faltar o peso, a força extrema com Niculescu bizarramente nos conduz pela leveza. E mais ainda, como ele consegue abandoná-la sempre que quer, sem se tornar refém da criação. Ainda assim, as sinfonias de Lerescu são obras de enorme beleza, e tenho certeza de que devem agradar mesmo os exigentes. Há nelas um transbordar de cor e dramaticidade que me recordam também um pouco daquele grandeur do Rautavaara dos primeiros concertos para piano, da época em que este ainda não tinha diluído de vez sua música (mas as sinfonias do Lerescu, ainda assim, são melhores que o melhor Rautavaara). As três primeiras sinfonias, respectivamente de 1984, 1987 e 1994, é que realmente são o caso. A quarta, para orquestra com órgão, não me impressiona tanto. E dentre as três primeiras, tenho um carinho todo especial pela segunda, que desde os primeiros segundos já nos envolve com uma entrada brilhante e sua delicadeza um pouco infantil.

Boa diversão!

Sorin Lerescu (1953)

Sinfonias

CD 1
01 Sinfonia nº1, para orquestra (1984)
02 Sinfonia nº2, para orquestra (1987)

CD 2
01 Sinfonia nº3, para orquestra (1987)
02 Sinfonia nº4, para orquestra com órgão

BAIXE AQUI (mediafire)

itadakimasu

7 comments / Add your comment below

  1. Grato pelas contribuições, pessoal – e em particular a itadakimasu. Tenho feito muito bom proveito desses posta de música romena e acho que aquele país tem muito a oferecer ao mundo através de seus artistas (não só músicos) contemporâneos.

  2. Acreditem, ainda há um bom número de romenos para apresentar. Não postei nada do Stroe, só uma peça do Vieru e da Marbé. Nada da Stanculescu-Vosganian, do Danceanu, do Dinu Petrescu.

    E espero que continuem gostando.

    Abraços!

  3. O material de música Romena está formidável.

    Gostaria de sugerir um compositor espectralista também fantástico: Horatiu Radulescu (em especial as Sonatas para piano “Lao Tsu”)

  4. Caro Ivan,

    tive uns contratempos recentemente e não postei muita coisa. Mas logo volto ao serviço. Há muitos compositores romenos que quero postar. Confesso que o Radulescu não é dos meus favoritos, mas ainda assim é bastante interessante. Vou ver o que tenho à disposição dele para postar.

    Abraços

Deixe uma resposta