J.S. Bach (1685-1750) / W.F. Bach (1710-1784) / C.P.E. Bach (1714–1788): Música de Câmara para Oboé e Cravo (link revalidado)

Sim, nova manifestação da HIPOBACHEMIA! Fazer o quê?

Meu pai e alguns de meus irmãos “oficiais” estão neste disco. WF era o filho preferido, CPE era o mais talentoso. WF herdou as Cantatas. Conseguiu perder 100 delas. Grandessísimo filha-da-puta. Filha da puta metafórico, pois eu sou o filha da puta não metafórico. Além disso, dizem que tinha sérios problemas com a bebida. Como viveu então 74 anos?

Dia desses, levei uma mijada de um violista por ter dito que havia pouco repertório para seu instrumento. Ele me descreveu parte da vasta obra escrita para o instrumento, donde concluí que o repertório é ainda menor do que eu imaginava. Bem, e o que dizer do oboé? Heinz Holliger ficava transcrevendo concertos para poder tocar alguma coisinha mais interessante e agora Piguet faz o mesmo com sonatas para flauta de meu pai y otras cositas más. O CD é bem bom, viram? E as as obras já apareceram neste blog nas versões originais, mas vocês sabem: são músicas nascidas no seio de minha família e tal fato sempre me corta o coração.

J.S. Bach / W.F. Bach / C.P.E. Bach: Música de Câmara para Oboé e Cravo

Johann Sebastian Bach
Sonate for Oboe and Harpsichord in G minor, BWV 1030b
1. Andante
2. Siciliano
3. Presto

4. Fugue for Harpsichord in B minor, BWV 951
(on a Theme by Albinoni)

Sonate for Oboe and Harpsichord in G minor, BWV 1020
5. Allegro
6. Adagio
7. Allegro

Wilhelm Friedemann Bach
8. Polonaise for Harpsichord in E flat major, Falck 12/5

Carl Philipp Emanuel Bach
Sonate for Oboe and Continuo in G minor, Wq.135
9. Adagio
10. Allegro
11. Vivace

Michel Piguet, oboe
Colin Tilney, harpsichord

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PQP (link revalidado por PQP)

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

0 ideias sobre “J.S. Bach (1685-1750) / W.F. Bach (1710-1784) / C.P.E. Bach (1714–1788): Música de Câmara para Oboé e Cravo (link revalidado)

  1. Muito bela esta versão para oboé e cravo de algumas das já postadas obras para flauta de J.S.Bach (não fazia ideia de que existia esta “versão” para oboé). As obras de Wilhelm Friedmann e Carl Philipp Emanuel não ficam para traz em beleza, mas minha preferência é sempre Bach Pai.

    Parabéns pelas maginficas póstagens, P.Q.P e F.D.P Bach.

  2. Maravilha de blog! Já estou distribuindo teu endereço para todos que apreciam boa música. E pode levar em consideração que todos são assinantes do rapidshare, que funciona muito bem para quem contribui…

    • Gosto muito de WF, mas condordo, o que ele perdeu não pode ser substituído por nenhuma tortura chinesa ou esquartejamento. O que ele fez foi MAIS QUE HEDIONDO.

  3. Novos ouvidos (linkados do UQT) neste lugar. Isto é magnífico. Pressinto muitas manhãs cheias de boas vibrações. Ao sinhor Bach Filho e a os colaboradores, “des de Barcelona, gràcies”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *