J. S. Bach (1685-1750) & F. F. Chopin (1810-1849): Os Prelúdios [link atualizado 2017]

Este disco duplo em versão vinil, abriu-me as portas para os Prelúdios de Bach e Chopin. Apesar de gostar muito desse álbum, demorei bastante a procurá-lo pela rede. Nesses últimos dias, lembrei dele por causa do aniversário de Chopin e comecei a “cascaviar” por aí. Encontrei o vinil em vários sites de vendas, mas nada de encontrar pra baixar, porém não desisti e continuei a busca, e pra minha surpresa, mas com uma capa bem diferente da versão em vinil, encontrei-o em cd, num desses famosos sites de vendas de novos e usados, e pra tudo ficar mais perfeito ainda, o vendedor morava na minha cidade. Dei o lance imeditamente, contactei o vendedor no mesmo instante e foi só ir buscar o disco, novíssimo e lacradinho. E para o deleite de todos, estou aqui compartilhando a minha mais nova aquisição.

A sequência lógica e meticulosamente pensada com que estes prelúdios são executados, dá um brilho diferente e mostra através desse gênero musical, a genialidade de dois compositores de estilos e épocas tão diferentes, mas que musicalmente se encaixam de forma espetacular obtendo uma incrível unidade harmônica. Não precisei nem escutar muitas vezes para me acostumar com a ideia, quase inevitável e natural, de uma peça “puxando” a outra, como se elas se completassem numa cadência perfeita.

O fato da gravação ser ao vivo e podermos ouvir tosses e outros ruídos desagradáveis, não tiram o brilhantismo do cd, pois a grande ideia do encontro e o virtuosismo dos dois renomados intérpretes brasileiros, compensam todos os pontos negativos que talvez possamos identificar na gravação desse histórico concerto ocorrido em 19 de setembro de 1981 na cidade de Nova York.

Usando o, já famoso, jargão do nosso maior colaborar e dono do blog, PQP Bach…
…este é um cd IM-PER-DÍ-VEL!

.oOo.

Bach & Chopin: Os Prelúdios

Disco 1
01 Bach: Nº 1 em Dó Maior / Chopin: Nº 1 em Dó Maior (4:14)
02 Chopin: Nº 20 em Dó Menor / Bach: Nº 2 em Dó Menor (3:08)
03 Bach: Nº 9 em Mi Maior / Chopin: Nº 9 em Mi Maior (3:17)
04 Chopin: Nº 8 em Fá Sustenido Menor / Bach: Nº 14 em Fá Sustenido Menor (2:45)
05 Bach: Nº 19 em Lá Maior / Chopin: Nº 7 em Lá Maior (2:13)
06 Chopin: Nº 2 em Lá Menor / Bach: Nº 20 em Lá Menor (2:59)
07 Bach: Nº 21 em Si Bemol Maior / Chopin: Nº 21 em Si Bemol Maior (3:28)
08 Chopin: Nº 4 em Mi Menor / Bach: Nº 10 em Mi Menor (4:50)
09 Bach: Nº 13 em Fá Sustenido Maior / Chopin: Nº 13 em Fá Sustenido Maior (6:04)
10 Chopin: Nº 22 em Sol Menor / Bach: Nº 16 em Sol Menor (3:11)
11 Bach: Nº 17 em Lá Bemol Maior / Chopin: Nº 17 em Lá Bemol Maior (4:36)
12 Bach: Nº 12 em Fá Menor / Chopin: Nº 18 em Fá Menor (3:17)

Disco 2

01 Bach: Nº 7 em Mi Bemol Maior / Chopin: Nº 19 em Mi Bemol Maior (6:44)
02 Chopin: Nº 14 em Mi Bemol Menor / Bach: Nº 8 em Mi Bemol Menor (5:24)
03 Bach: Nº 3 em Dó Sustenido Maior / Chopin: Nº 15 em Ré Bemol Maior (7:29)
04 Chopin: Nº 10 em Dó Sustenido Menor / Bach: Nº 4 em Dó Sustenido Menor (3:34)
05 Bach: Nº 5 em Ré Maior / Chopin: Nº 5 em Ré Maior (1:35)
06 Chopin: Nº 12 em Sol Sustenido Menor / Bach: Nº 18 em Sol Sustenido Menor (2:48)
07 Bach: Nº 15 em Sol Maior / Chopin: Nº 3 em Sol Maior (1:45)
08 Chopin: Nº 16 em Si Bemol Menor / Bach: Nº 22 em Si Bemol Menor (4:03)
09 Bach: Nº 23 em Si Maior / Chopin: Nº 10 em Si Maior (2:00)
10 Chopin: Nº 6 em Si Menor / Bach: Nº 24 em Si Menor (4:54)
11 Bach: Nº 11 em Fá Maior / Chopin: Nº 23 em Fá Maior (2:11)
12 Bach: Nº 6 em Ré Menor / Chopin: Nº 24 em Ré Menor (4:20)

Pianos:

Bach: João Carlos Martins
Chopin: Arthur Moreira Lima

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE – Dois discos

Já viu nossos mais de 100 endereços para baixar partituras? Clique aqui

Marcelo Stravinsky
Repostado por Gabriel della Clarinet
Trepostado por PQP
Tetrapostado por Bisnaga

26 comments / Add your comment below

  1. Não sei se vocês notaram uma coisa interessante nesse cd… que as peças são executadas em pares alternados de compositores é óbvio demais, mas podemos perceber ainda, que nenhuma peça de Chopin em tonalidade maior inicia um par de prelúdios e somente em duas ocasiões, uma peça de Bach em tonalidade menor inicia um par, ambas no final de cada disco. Alguém explica?

  2. Interessante sacada, Strava. Cheguei a gastar meu vinil, mas nunca notei isso. Todavia, está claro que o contraste estético é entre a energia e a vitalidade do Bach-Martins e a poesia mórbida (no bom sentido!) do Chopin-MoreiraLima. Daí, talvez, esta opção de tonalidades contrastantes.

    Este disco foi fundamental em minha educação musical. Até hoje, sonho em poder tocar sozinho o que ambos fizeram gloriosamente no Carnegie Hall. As combinações têm um sentido revelador, extasiante, perturbador…

    Enfim, acho que é um dos melhores albuns da gloriosa discografia pianística brasileira.

  3. Que beleza de postagem,Macelo. Lembro deste vinil ainda no anos 80 e começo dos 90, mas depois disso nunca mais tive acesso. Você não se importaria se eu o subisse para o Megaupload? O rapidshare está impraticável inclusive para os assinantes.

  4. Ainda possuo o meu álbum duplo em vinil, mas nunca mandei digitalizar. Os preços por aí estão variando entre R$ 10,00 e R$ 70,00, dependendo do estado. O meu ainda continua impecável! Na minha humilde opinião, essas são as melhores e mais empolgantes interpretações dessas peças de todas que já tive a oportunidade de ouvir.

  5. Não achei que fossem combinar, mas ficou um contraste muito bonito entre os dois gênios.
    Que sorte que hoje o Rapidshare está estranhamente eficiente, baixei os dois discos num piscar de olhos…

  6. Prezado Strava, depois daquela belíssima postagem onde Pollini executa as sonatas n. 13,14 e 17 de Beethoven, este cd é um dos melhores que já tive o prazer de ouvir aqui. Refez inclusive minha impressão de AML depois daquele cd onde interpreta Piazzola.
    abs,
    Soares

  7. Como ninguém comentou, talvez o segundo arquivo só deu erro comigo, na hora de abri-lo. Vou tentar novamente, apesar do Rapidshare dificultar o download… Muitíssimo obrigado.

  8. Tenho esse álbum em cd, e é mesmo maravilhoso.

    É muito interessante como os “duetos” meio que contextualizam os prelúdios dos dois autores, como que adicionando valor à ambos.

    E faço como o Marcelo. A gente fica quebrando a cabeça pensando nos critérios que estabeleceram a ordem dos prelúdios, além dos pares de tonalidade, claro. Enfim, excelente lembrança.

  9. Lembro que esse album foi uma edição suplementar da coleção “Mestres da Música”, que a Abril lançou entre 1979 e 1981. Foram esses discos em fascículos, comprados quinzenalmente nas bancas, que fizeram surgir a minha paixão pelos clássicos.

    Esse dueto histórico marcou a carreira de Martins e Moreira Lima, e ver esse registro postado aqui me fez voltar aos meus 16 anos de idade…

    Valeu, Strava!

  10. Só agora estou ouvindo este post. Muitíssimo bom. Das dezenas de interpretações do WTC que ouvi, João Carlos Martins é a melhor! Pode ser que ele não seja o MELHOR intérprete de papai Bach, mas sem dúvida seu toque é único.

  11. Só agora estou ouvindo este post. Muitíssimo bom. Das dezenas de interpretações do WTC que ouvi, João Carlos Martins é a melhor! Pode ser que ele não seja o MELHOR intérprete de papai Bach, mas sem dúvida seu toque é único. Ah, e Arthur Moreira Lima sem dúvida é um polaco honorário.

  12. Ola.Estou com uma coleção de vinil de chopin que era do meu pai e tambem de BAH Gostaria de saber aonde posso vender e quanto vale cada disco.Obrigada.

  13. Assim como você, há anos procurava este GLORIOSO disco que marcou a minha vida. Também achei em lojas do exterior, porém eu não utilizo cartão na Internet. Hoje pela milionésima vez entrei numa livraria Cultura e perguntei do disco. Esgotado. O vendedor então jogou no Google e apareceu o link daqui! Não dá mais para dizer que o brasileiro não consome este tipo de produto. Mas eu posso afirmar que a gravadora não quer vendê-lo. Fora isso, obrigado Marcelo!

  14. Pelo que andei procurando na internet, os CDs com as gravaçoes completas de Bach com o J C Martins, só na amazon. Os Cds até que estao baratos lá, 6 dólares cada ( mais despesa de correio, claro ). É mais barato que os CDs em geral.
    Só que ele tem uns 15 CDs com Bach.
    No Brasil nao encontrei estes Cds à venda.

Deixe uma resposta