Ludwig van Beethoven (1770-1827) – Piano Sonatas – Ronald Brautigam

Outra coleção que estou enrolando para postar há algum tempo é esta integral das sonatas de Beethoven com o excelente Ronald Brautigam, um especialista em pianoforte, e que é obvio, se utliza deles para encarar a maratona se gravar as 32 sonatas. Um senhor pianista.
E a coleção começa “apenas” com a Sonata nº8, a maravilhosa “Patética”. Um primor, uma das maiores obras compostas para piano pelo gênio de Bonn.
Volto a repetir: os senhores vão estranhar em um primeiro momento a sonoridade do piano que Brautigam utiliza, mas depois é só correr para a galera, como dizia um saudoso personagem da televisão.
P.S. Uma curiosidade: quando gravou os concertos para piano de Beethoven pelo mesmo selo BIS Brautigam se utilizou de um Steinway Grand Piano, ou seja, um piano de cauda moderno. Com certeza ele deve ter seus motivos, que não não vem ao caso discutir por aqui. Apenas apreciem este excelente pianista, que com certeza, ao lado de Paul Lewis, é um dos maiores intérpretes da obra de Beethoven deste começo de século XXI.

01 – Sonata Op.13 No.8 in c minor, ‘Pathetique’ – Grave – Allegro di molto e con brio
02 – Sonata Op.13 No.8 in c minor, ‘Pathetique’ – Adagio cantabile
03 – Sonata Op.13 No.8 in c minor, ‘Pathetique’ – Rondo. Allegro
04 – Sonata No.9 in E major, Op.14, No.1 – Allegro
05 – Sonata No.9 in E major, Op.14, No.1 – Allegretto
06 – Sonata No.9 in E major, Op.14, No.1 – Rondo. Allegro commodo
07 – Sonata No.10 in G major, Op.14, No.2 – Allegro
08 – Sonata No.10 in G major, Op.14, No.2 – Andante
09 – Sonata No.10 in G major, Op.14, No.2 – Scherzo. Allegro assai
10 – Sonata No.11 in B flat major, Op.22 – Allegro con brio
11 – Sonata No.11 in B flat major, Op.22 – Adagio con molto espressione
12 – Sonata No.11 in B flat major, Op.22 – Minuetto
13 – Sonata No.11 in B flat major, Op.22 – Rondo. Allegretto

Ronald Brautigam – Pianoforte

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FDPBach

 

8 comments / Add your comment below

  1. EBA!!! BEETHOVEN! BEETHOVEN! (rsrsrs quanta maturidade…)

    Sim, FDP, um excelente álbum. Você elogiou a “Patética”, mas eu gostaria de dizer que, pra mim, a “Sonata ao Luar” é a melhor de todas. Quem concorda?

    1. Meu voto vai pra Waldstein, e a Apassionata fica colada na traseira, em segundo.
      Claro que a Sonata ao Luar, a Tempestade, a La Caccia e a “sinfonia para piano” Hammerklavier não podem ser esquecidas. Afinal, se é tudo Beethoven, é quase tudo genial, né.

  2. Excelente ideia postar essa integral, FDP!
    Tenho um dos últimos CDS dessa integral (o da Hammarklavier) e queria muito ouvir o resto.

    Tive o privilégio de ver o Brautigam tocando Beethoven (Variações Eroica e Apassionata) num piano antigo, numa igreja em Amsterdam… o eco da igreja completava as limitações do pianoforte, foi maravilhoso.

  3. No pianoforte, até hoje, só ouvi a Apassionata. Gosto muito da sonoridade diferente (me parece mais adequada pro último movimento da Apassionata, por exemplo, do que a do piano moderno).

    Bom, vamos ver como sai o resto das sonatas. Não demore pra postar as últimas sonatas, por favor!

  4. Pena que Ronald Brautigam não tenha utilizado uma réplica de um piano de época para a gravação das sonatas de Beethoven, como na notável gravação das sonatas de Haydn.
    Espero que ele grave as Varições Diabelli.

Deixe uma resposta