Guillaume Dufay (1397-1474): Music for St. James, The Greater

Não sou exatamente um tarado por este QUADRANTE da história da música. É muita Idade Média, santidade, religião e pouca música para um ateu. É muita tentativa de céu e espiritualidade junto com muito desprezo pela terra e pelo humano. Mas isso não é motivo para que eu vos SONEGUE Dufay. Vá lá, vá lá. O que acho legal é o belo trabalho dos cantores, mas confesso que me agrada apenas quando estou lendo ou fazendo alguma coisa que me exija concentração. Bem, mas está aí. Rezem à vontade. Eu fora!

Guillaume Dufay (1397-1474): Music for St. James, The Greater

1. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Introit
2. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Kyrie
3. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Gloria
4. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Alleluia
5. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Credo
6. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Offertory
7. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Sanctus
8. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Agnus Dei
9. Missa S Jacobi, for 3 and 4 voices: Communio
10. Work(s): Rite majorem Jacobum canamus / Arcibus summis miseri reclusi
11. Balsamus et munda cera, isorhythmic motet for 4 voices
12. Gloria ad modum tubae, for 4 voices
13. Credo, for 3 voices
14. Apostolo glorioso, isorhythmic motet for 5 voices

The Binchois Consort
Andrew Kirkman

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Dufay: santidade excessiva para PQP.

PQP

8 comments / Add your comment below

  1. PQP é ateu? Não entro mais no blog! ='(
    Brincadeirinha, eu respeito aos ateus tanto quanto aos religiosos (sou agnóstico). E depois de ler O Nome do Vento, eu fiquei interessando nesse trem de música medieval.
    É bom, prefiro o meu Rachmaninoff, mas é bom.

  2. Acreditar ou não em Deus já entra no terreno da Fé.
    Mas o Universo Infinito está aí.
    Em situações de risco ou mesmo na hora da morte nos apegamos à Ele consciente ou inconscientemente.
    Como disse Voltaire ¨ Se Deus não existisse, seria preciso inventá-lo.
    E quase toda a música de conteúdo sacro nos traz conforto.
    Sem preconceito. Um abraço do Dirceu.

  3. Relativo, PQP.
    A Missa S Jacobi, pode ser interpretada pelos cristãos e crentes como um louvor a Deus, mas os ateus, céticos e apóstatas também podem sentí-lo como um amor à natureza, ao sol, ao vento, à beleza de uma borboleta, até mesmo ao amor à amada amante.
    Depende do grau de enlevação e sensibilidade de cada um, tanto é que você gostou da estética da música … quando concentrado … eu também!

    Avicenna

Deixe uma resposta