The British Music Colection: Holst (Decca) [link atualizado 2017]

Estreando no PQP, escolhi dar início com a elegância (mas não a pontualidade) britânica, com um compositor que eu gosto muito e que é genericamente injustiçado.

O inglês Gustav Holst é um dos curiosos casos da música que, a exemplo de Pachelbel, Dukas e Ponchielli (entre outros), vivem de uma obra só. Se já tentaram achar gravação de outra ópera de ponchielli que não a gioconda ou outra obra de Dukas que não o l´apprenti sorcier, sabem do que estou falando. Apesar de Pachelbel ser mais fácil, seu Canon é tão famoso acaba deixando todas as suas outras obras pra trás (thanx PQP por postar um Pachelbel diferente).

Holst sofre da mesma síndrome, e seus Planetas acabam por ofuscar suas outras obras. Venhamos e convenhamos, não é sem razão: a suite intergaláctica é a melhor coisa que ele escreveu, mas seu legado não se encerra nisso e ele tem outras obras muito interessantes: a deliciosa suite para cordas St.Paul, o rítmico e bombástico ballet The Perfect Fool, experiências neo-barrocas como o Fugal Concerto, e, claro, suas obras místicas, como Hymn to Jesus, Seven Part Songs, Choral Hymns From The Rig Veda e a curta one-act-opera Saavitri (essas duas, bastante intimistas, inspiradas pela milenar cultura hindu).

Descontando as extravagâncias, Holst é um compositor muito honesto em seus propósitos, dono de um estilo extremamente pessoal, que, apesar de não muito carismático, é direto e objetivo, sendo meu candidato a imediato sucessor do trono de Elgar como melhor compositor inglês. Ademais, orquestrador refinado e talentoso, sabia tratar com o mesmo padrão de qualidade formações de câmara intimistas e grandes orquestrações.

Este é um dos poucos compêndios de sua obra que não apresenta os Planetas como carro chefe, e merece ser ouvido com o mesmo entusiasmo.

THE BRITISH MUSIC COLECTION: GUSTAV HOLST

CD1
1.Choral Hymns From The Rig Veda, Group #3, Op. 26, H 99 – Hymn To The Dawn
2.Choral Hymns From The Rig Veda, Group #3, Op. 26, H 99 – Hymn To The Waters
3.Choral Hymns From The Rig Veda, Group #3, Op. 26, H 99 – Hymn To Vena
4.Choral Hymns From The Rig Veda, Group #3, Op. 26, H 99 – Hymn Of The Travellers
5.Savitri (Opera in One Act) – Savitri! Savitri! I Am Death
6.Savitri (Opera in One Act) – Like A Spectre Of The Forest
7.Savitri (Opera in One Act) – I Am With Thee (Savitri’s Aria)
8.Savitri (Opera in One Act) – Then Enter, Lord; Dwell With Me
9.Savitri (Opera in One Act) – Loneliness & Pain Are Ended
10.Seven Part Songs – Say Who Is This
11.Seven Part Songs – O Love, I Complain
12.Seven Part Songs – Angel Spirits Of Sleep
13.Seven Part Songs – When First We Met
14.Seven Part Songs – Sorrow & Joy
15.Seven Part Songs – Love On My Heart From Heaven Fell
16.Seven Part Songs – Assemble All Ye Maidens
17.The Evening Watch, Op. 43/1
18.A Fugal Concerto For Flute & Oboe, Op. 40/2 – 1. Moderato
19.A Fugal Concerto For Flute & Oboe, Op. 40/2 – 2. Adagio
20.A Fugal Concerto For Flute & Oboe, Op. 40/2 – 3. Allegro

CD2
1.St. Paul’s Suite, Op.29 No. 2, H118 – I. Jig_ Vivace
2.St. Paul’s Suite, Op.29 No. 2, H118 – II. Ostinato_ Presto
3.St. Paul’s Suite, Op.29 No. 2, H118 – III. Intermezzo_ Andante Con Moto
4.St. Paul’s Suite, Op.29 No. 2, H118 – IV. Finale (The Dargason)_ Allegro
5.The Perfect Fool – Ballet Music, Op. 39, H150 – I. Introduction – Dance Of Spirits Of Earth
6.The Perfect Fool – Ballet Music, Op. 39, H150 – II. Dance Of Spirits Of Water
7.The Perfect Fool – Ballet Music, Op. 39, H150 – III. Dance Of Spirits Of Fire
8.Egdon Heath, Op. 47
9.The Hymn Of Jesus, Op. 37
10.A Moorside Suite

Purcell Singers
Janet Baker, Robert Tear, Etc.;
Imogen Holst – English Chamber Orchestra
Christopher Hogwood – The St.Paul Chamber Orchestra
Sir Adrian Boult – London Philharmonic Orchestra / BBC Symphony Orchestra & Chorus
Elgar Howarth: Grimethorpe Colliery Band

CLIQUE PARA BAIXAR – DOWNLOAD HERE CD1
CLIQUE PARA BAIXAR – DOWNLOAD HERE CD2

Já viu nossos mais de 130 endereços para baixar partituras? Clique aqui

Das Chucruten
Repostado por PQP
Trepostado por Bisnaga

14 comments / Add your comment below

  1. Me desculpem, mas esse “baixador” (iLivid) já me deu muitos problemas. Sendo assim, prefiro ficar só com “Os Planetas” do Holst.
    Até mais!
    Raul.

  2. Benvindo ao blog! Começou muito bem, eu gosto do Holst muito além de seus planetas, e em especial suas peças para banda são muito boas. Também aprovo o servidor escolhido, gosto bastante do 4shared, e não entendi o mau humor do sujeito aí de cima.

  3. Bem-vindo!

    Agora, sucessor de trono de Elgar? Não creio que exista trono da música inglesa depois de Händel e antes de Ralph Vaughan Williams. Por mais que eu goste de Elgar, acho a geração depois dele muito, muito melhor (tio Ralph, Holst, Britten, Beatles…)

    Se não me engano, Holst tinha como propósito artístico procurar se repetir o mínimo possível. Se for o caso, creio que isso explica 1) por que suas obras pós-Planetas são tão diferentes e 2) por que o público ignora essa obra pós-Planetas. Savitr, por exemplo, é tão diferente que você fica assim: “Hã? É o mesmo cara??” E essas obras intimistas, em geral, têm muito mais dificuldade de apreciação do que as bombásticas – vide quartetos do Ludwig X 5ª Sinfonia; Arte da Fuga X Resto; etc.

  4. Großes Chucruten! Excelente estréia! Grande texto na forma e no conteúdo. Olha que acho Holst bem mais interessante que Elgar que os ingleses idolatram. Baixaremos. Obrigado e continue assim!

  5. “Das Chucruten”? Cada nome!… kkkkkkk

    Mas, falando sério, gostei da sua postagem, inclusive porque gosto muito dos compositores ingleses. Dá pra ver que os ingleses gostam de magia… até a música deles parece ser mágica!rsrsrs Então, bem-vindo, mas sinceramente gostaria que você dissesse algo sobre você, você nem sequer se apresentou. Você tem alguma formação musical?

  6. Obrigado pela postagem e pela bela estreia, Chuck! Mas gostaria de saber como baixar do 4shared, pois eles pedem um login que não tenho.
    Um abraço
    Eduardo

  7. Seja bem vindo, Herr Chucruten.
    De Holst eu por enquanto só conheço Os Planetas mesmo, mas graças a você isso está pra mudar.
    Heil Chucruten!
    o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/ o/

  8. Grande apologia ao grande Holst. Não suporto Elgar, só me traz Boa noite Cinderela de Silvio Santos e mesmo o concerto pra cello acho um porre. Viva o intergalático Holst. Obrigado por estas gratas novidades.

Deixe uma resposta