Sibelius (1865-1957): Finlândia, Suíte Karelia, Suíte Lemminkainen, Valsa Triste, etc.

Vocês devem saber que Sibelius tinha um grande problema com o álcool, não? Pois tinha. Mas nem isso explica a confusão das faixas deste CD, até porque ela foi criada pela excelente gravadora Naxos. Não sei onde termina a Karelia e começa a Lemmikainen. Só sei que o CD começa com a Finlândia, termina com a Valsa Triste e é — todo — bom demais. Querem comprovar? Ouçam a Valsa Triste desta orquestra checoslovaca (sim, antes da separação). Um pouco mais rápida que o habitual, mas com uma sensibilidade e compreensão abobantes. Confiram, por favor. Excelente!

Sibelius (1865-1957): Finlândia, Suíte Karelia, Suíte Lemminkainen, Valsa Triste, etc.

1. Finlandia, Op. 26 8:30
2. Karelia Suite, Op. 11: I. Intermezzo: Moderato 3:48
3. Karelia Suite, Op. 11: II. Ballade: Tempo di menuetto 6:21
4. Karelia Suite, Op. 11: III. Alla marcia: Moderato 4:34
5. Lemminkainen Suite, Op. 22: Lemminkainen Suite, Op. 22: IV. Lemminkainen’s Homeward Journey 7:08
6. Pohjola’s Daughter, Op. 49 14:04
7. Lemminkainen Suite, Op. 22: Lemminkainen Suite, Op. 22: II. The Swan of Tuonela 8:55
8. Kuolema (Death), Incidental music, Op. 44 (revised version): No. 1. Valse triste: Valse triste, Op. 44, No. 1 5:22

Czecho-Slovak Radio Symphony Orchestra (Bratislava)
Kenneth Schermerhorn

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

E vocês pensam que eu entendi alguma coisa?
E vocês pensam que eu entendi alguma coisa?

PQP

5 comments / Add your comment below

Deixe uma resposta