Aurora Luminosa: Música Brasileira no Alvorecer do Século XX – Antonio Carlos Gomes (1836-1986), Leopoldo Miguez (1850-1902), Alexandre Levy (1864-1892) e Alberto Nepomuceno (1864-1920) [link atualizado 2017]

IM-PER-DÍ-VEL !!!
postado originalmente por Strava, em 2011

Reapresentamos aqui este belíssimo projeto: a Aurora Luminosa, que desfila quatro dos maiores nomes do romantismo/nacionalismo brasileiro: Carlos Gomes, o maior compositor de óperas do continente americano; Leopoldo Miguez, autor Hino à Proclamação da República; Alexandre Levy, de obra muito pequena (faleceu precocemente, aos 28 anos…) mas de grande caráter nacionalista; e Alberto Nepomuceno, o cara que todo compositor do início do modernismo brasileiro queria ser…

Para ajudar, temos uma das melhores orquestras do país, a Sinfônica Nacional, comandada pela batuta sensível de Ligia Amadio. Já tive a oportunidade de vê-la regendo em São Paulo: há muito amor, sentimento e candura em sua condução, o que é perfeito para músicas do romantismo.

As peças são fenomenais! Ouça, ouça!
Abaixo, o texto original do colega Strava, com o excerto do texto do encarte do CD.

Este projeto foi realizado pela Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense em conjunto com o Ministério da Educação para comemorar os 45 anos da OSN-UFF e com o intuito de divulgar a música sinfônica brasileira gratuitamente na Internet através do Portal Domínio Público.

Obras

Werther – Alexandre Levy
Repleta de Lirísmo, Werther é inspirada na obra de Goethe – Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774, um dos pontos de partida para o estabelecimento da imagem trágica do herói romântico, que, ironicamente, seria encarnada pelo próprio Levy em 1892, quando morreu prematura e misteriosamente, aos 28 anos de idade.

Alvorada – Carlos Gomes
Lo schiavo possui intenções claras de exaltar o movimento abolicionista brasileiro. Dedicada à Princesa Isabel, estreou no Imperial Teatro D. Pedro II, no Rio de Janeiro em 2 de Setembro de 1889. Hoje, pode causar certa estranheza serem  índios os escravos retratados nessa ópera e não negros africanos; o fato é que Carlos Gomes optou pela etnia indígena para não desgostar ainda mais D. Pedro II que, sabia ele, aceitara a abolição da escravatura muito a contragosto. Da partitura de Lo schiavo fazem parte oito das mais belas páginas orquestrais de Carlos Gomes: é a Alvorada, que retrata o nascer de um novo dia na floresta tropical, quando se ouvem a brisa nas folhagens, toques de corneta de uma frota portuguesa ao longe, voos de pássaros, gorjeios de uma sabiá  e ecos de um imponente hino marcial, tudo estruturado em harmonia ímpar. A riqueza de suas nuances melódicas tem impressionado ouvintes de todas as épocas, em qualquer parte do Brasil ou do mundo.

Avè libertas – Leopoldo Miguez
O poema sinfônico Avè libertas, composto em 1890 para comemorar o primeiro ano da Proclamação da República e dedicado ao Marechal Deodoro, segue a fórmula romântica de exaltação nacionalista, inspirada na Europa e mantendo o espírito libertário da época, o mesmo que marca o refrão do Hino à Proclamação da República, cuja música é de sua autoria.

Série Brasileira – Alberto Nepomuceno
Estreada, na versão integral para orquestra, em 1897, a Série Brasileira é um marco na música nacionalista brasileira, utilizando temas que evocam canções e melodias bastante populares, hoje incorporados à memória coletiva nacional. Sua qualidade composicional é indiscutível, e o “Batuque” (a Quarta da série) ganhou destaque internacional: foi muitas vezes executado isoladamente por orquestras do mundo todo.

Fonte: Os textos sobre as obras foram retirados do encarte do cd – Pesquisa textual – Robson Leitão.

Uma ótima audição!

.oOo.

Aurora Luminosa
Música Brasileira no Alvorecer do Século XX

Alexandre Levy (São Paulo, SP, 1864 — São Paulo, SP, 1892)
01. Werther
Antônio Carlos Gomes (Campinas, SP, 1836 – Belém, PA, 1896)
02. Alvorada, da ópera Lo Schiavo
Leopoldo Miguez (Niterói, RJ, 1850 – Rio de Janeiro, RJ, 1902)
03. Avè Libertas
Alberto Nepomuceno (Fortaleza, CE, 1864 – Rio de Janeiro, RJ, 1920)
04. Série Brasileira – Alvorada na serra
05. Série Brasileira – Intermédio
06. Série Brasileira – A sesta na rede
07. Série Brasileira – Batuque

Orquestra Sinfônica Nacional – UFF
Lígia Amadio, regente
Rio de Janeiro, 2006

BAIXE AQUI / DOWNLOAD HERE (121Mb)

Em tempo: todas as obras estão disponíveis no http://www.dominiopublico.gov.br

Marcelo Stravinsky
(repostado por Bisnaga)

15 comments / Add your comment below

  1. É verdade André. Eu ainda não tinha percebido, pois só aproveitei o link. Vou resolver agora mesmo. Apesar da mensagem do Rapidshare, não é esse o cd com problemas de copyright e sim um que tinha obras de Villa-Lobos. Já estou upando o cd Aurora Luminosa pelo Mediafire.

  2. Esse CD é de domínio público!!! Foi gravado por uma orquestra pública, com obras de compositores em DP e com dinheiro do Ministério da Educação.
    Queria oferecer a alguém aqui no pqpbach a transcrição de um CD raríssimo com a Sinfonia em sol menor do Nepomuceno, o Prometeus, do Miguéz e a Elegia de Oswald. Foi gravado em 1991 pela Orquestra da Escola de Mus. da UFRJ, sob a regência de roberto Duarte.

  3. Exatamente Harry! A postagem anterior que continha esse cd foi apagada por causa de um outro álbum disponibilizado em conjunto e que possuia faixas de Villa-Lobos.
    Ficaria honrando se confiasse o raríssimo cd citado, a mim, mas na responsabilidade de qualquer um dos outros membros, tenho certeza que estará em ótimas mãos. CVL, Avicenna e acho que o Ranulfus e o Itadakimasu, também gostam de postar material musical brasileiro.
    Obrigado pelo comentário. Abraço!

  4. Prezado “Bisnaga”. Se quiser, me envie um endereço físico, que encaminho o segundo CD (intitulado “Alma brasileira”) do projeto com a OSN-UFF, sob a regência da maestrina Ligia Amadio. A pesquisa textual sobre os compositores desse segundo CD também é minha.

  5. Prezado Strawinsky: infelizmente não sonsegui beixar o arquivo da mediafiles.
    Ele foi uploaded em PDF.zip? Não consegui abri-lo. Gostaria que voce verificasse se estou correto. Gostaria de ter uma gravação de músicas tão preciosas regidas pela nossa grande maestrina Ligia Amadio.

    1. Caro Harug,
      O arquivo está normal. Acabei de baixar e testar. O nome do arquivo é “MS – Aurora Luminosa”. Achei estranha a sua colocação e só tenho uma explicação: o problema pode ser porque de alguma forma, você configurou os arquivos do tipo ZIP para serem abertos por algum programa leitor de PDF.
      Clique com o botão direito do mouse no nome do arquivo, e na opção ABRIR COM, verifique que programas podem abri-lo. Se ao lado da opção ABRIR COM tiver uma setinha, indicando que tem mais opções, é porque algum programa está configurado para abrir este tipo de arquivo, mesmo que não seja um programa capaz de abrir (pode ter havido um erro de configuração). Nesse caso você terá que clicar na opção ESCOLHER PROGRAMA e aportar para um programa que possa abrir arquivos ZIP. Se ao lado da opção ABRIR COM tiver reticências (…) é porque nenhum programa está configurado para abri-lo. Nesse caso é só clicar em cima que aparecerá uma janela para que você possa procurar e apontar para um aplicativo que possa abri-lo. Espero não ter complicado demais com tanto texto.

  6. Essa Alvorada de Carlos Gomes é muito linda; experimentei ela ao vivo numa “abertura” de um concerto na Sala São Paulo com a OSESP e regência de Marin Alsop. A musica começou com todas as luzes da sala apagadas, e conforme a música ganhava corpo, assim como em uma alvorada, as luzes iam acendendo, pouco a pouco a luminosidade foi aumentando. No final, o teto da sala subiu até mostrar um vitral com o desenho de um Sol, onde uma luz acendeu representando o nascer. Nesta mesma noite o concerto terminou com a quinta de Tchai Tchai; possivelmente o concerto mais perfeito que já vi.

    1. Senti uma pontada de inveja aqui… rs
      Deve ter sido de tirar o fôlego! Nhô Tonico e Tchai são alguns dos meus compositores prediletos!

      Um privilégio!

Deixe uma resposta