Kronos Quartet plays Sigur Rós

Este é um daqueles CDs que você é obrigado a ouvir mais de uma vez. Poucos grupos têm tanto sucesso, fazendo a ponte entre popular e erudito, quanto o Kronos Quartet. Quem quiser se aprofundar, vai verificar que o Kronos possui em seu repertório rock, jazz, world music e etc. Originalmente formado por David Harrington no primeiro violino, John Sherba no segundo violino, Hank Dutt na viola, e Joan Jeanrenaud no violoncelo, o Kronos Quartet foi formado em San Francisco em 1973. Embora todos os quatro membros sejam profundos conhecedores da música dita erudita, eles rapidamente dispensaram as formalidades rígidas de seu ofício, fazendo uma música de câmara com toda a energia apaixonada comumente associado com o rock. É que pode se verificar nesse lacônico registro. A primeira faixa é de uma beleza comovente que faz bem aos sentidos. A segunda faixa presentifica o Woodstock. Jimmy Hendrix, o anjo negro da guitarra, ganha vida. As distorções são como gritos, pedidos de liberdade, orgia dionísiaca ao meio dia. Boa apreciação!

Kronos Quartet plays Sigur Rós

01. Flugufrelsarinn (Kronos version) [8:24]
02. Star-Spangled Banner (Kronos version, inspired by Jimi Hendrix) [3:42]

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Kronos_ros

Carlinus

13 comments / Add your comment below

  1. A Rosa da Vitória é um grupo islandes de rock progressivo.

    A versão do KK ficou melhor do que com o Sigur Ross.

    A versão de Hendrix,mostra que o rock é filho da música

    concreta.Carlinus,você está mandando muito bem.

  2. Muito bonito isso aqui. Nossa!!!! Eu já tinha enjoado de escutar Flugufrelsarinn, mas aqui ela ganha uma nova alma. É realmente muito mais bonito com o Kronos.

  3. Carlinus,

    Brilhante,estupendo,incrivelmente contemporâneo e arrasador…,em minha modestíssima opinião,um dos melhores CD já postados aqui.Parabéns!!!
    Só tenho uma dúvida,porque ele é tão curto? 12 minutos!?
    Tem mais??????????
    Abraços.

  4. Gabriel, o tema executado na segunda faixa é inspirada na execução que Jimmy Hendrix fez Festival de Woodstock, em 1969. É o intróito do hino americano pelo que eu sei. Mas é dado um caráter destruidor à execução. É como se Hendrix descontruísse, provocasse a América. Sugeria um novo tempo. Uma nova percepção da realidade. Um des-vestir-se do moralismo puritano tão presente na sociedade americana. É isso que vejo.

    Benedito, o CD apresenta somente 2 faixas mesmo. Você pode constatar clicando aí acima no Link da Amazon. Com relação ao “ter mais”, podemos pensar no caso. Rrsss… Tenho uma caixa com 10 CDs do Kronos Quartet que é uma maravilha.

  5. Sigur Rós significa “Vitória Rosa” e é um nome próprio feminino de uso corrente na Islândia (a informação da Wikipédia está errada, que também informa pronúncia equivocada). Sugiro trocar a etiqueta “Rós, Sigur” para “Sigur Rós” já que não se trata de nome-sobrenome.

    Para quem se interessou, vale a pena ouvir “Ny Battery” e “Olsen Olsen”, ambas do mesmo ábum, “Ágætis Byrjun”, de 2000. E o “Pulsar” inteiro, de 2002.

Deixe uma resposta