J. S. Bach (1685-1750): A Arte da Fuga

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Bach não especificou a instrumentação de sua última obra; desta forma, não chega a ser um abuso tocá-la com o quarteto de cordas que seria inventado anos depois por Haydn, nem interpretá-la ao cravo, ao órgão, com metais ou orquestra. É uma obra de estudo, complexa, pouco sedutora e para muitos inacessível.

Aqui temos o Loeki Stardust Quartet interpretando A Arte da Fuga com uma variedade de flautas doces que vão desde a sopranino até as mais graves. É curioso e bonito. A gravação é excelente. Os microfones estão tão próximos que podemos ouvir o som da saliva e do ar no bocal de alguns instrumentos, principalmente os graves.

Bach: A Arte da Fuga

01. Contrapunctus 1 3:14
02. Contrapunctus 3 3:04
03. Contrapunctus 2 3:01
04. Contrapunctus 4 5:07
05. Canon Alla Duodecima in Contrapunto Alla Quinta 4:16
06. Contrapunctus 5 3:36
07. Contrapunctus 6 A 4 in Stylo Francese 3:22
08. Contrapunctus 7 a 4 Per Augment Et Diminut 4:50
09. Contrapunctus 8 A 3 6:33
10. Contrapunctus 9 A 4 Alla Duodecima 2:26
11. Contrapunctus A 3 c 2:18
12. Contrapunctus Inversus A 3 c 2:20
13. Contrapunctus 10 a 4 Alla Decima 4:22
14. Contrapunctus Inversus 12 A 4 2:30
15. Contrapunctus Inversus 12 a 4 2:10
16. Contrapunctus 11 a 4 6:53
17. Canon Alla Ottava 4:11
18. Fuga A 3 Soggetti 8:46

Amsterdam Loeki Stardust Quartet

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Não precisa de legenda.

Não precisa de legenda.

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

15 ideias sobre “J. S. Bach (1685-1750): A Arte da Fuga

  1. A “Fuga A 3 Soggetti” é muito bonita. Gostaria de saber o que aonteceria no final se Bach não tivesse morrido. Seria uma fuga quádrupla de grande dificuldade e de rara beleza.

  2. Estou reunindo três amigos pra tocar a Arte da Fuga numa combinação insólita: ukulele, viola da gamba, marimba e contrafagote. Tem de haver alguma disposição de instrumentos que soe mal – não é possível.

  3. Acho que bach fez uma música tão perfeita que nem ligou pra colocar o(s) instrumento(s) para ser(em) tocado(s). Sendo a música tão perfeita com qualquer combinação vai sair bem!

  4. linda interpretação, lindo disco, lindos instrumentos! Obrigado pela dedicação PQP, pois sempre está postando bons discos e enriquecendo o site.

    Vida longa para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *