Brasileiro Profissão Esperança – 1974: Clara Nunes & Paulo Gracindo

2e2j80gUm trabalho inteligentíssimo de Paulo Pontes. Não é preciso dizer nada sobre o espetáculo: é maravilhoso. Prefiro falar mais às quatro forças deste show, diretamente: Gracindo, Clara, Bibi e Paulinho. Uma beleza.
Chico Buarque

REPOSTAGEM

Antonio Maria (1921 – 1964) e Dolores Duran (1930 – 1959) se tivessem sido irmãos não seriam tão parecidos. Os dois gostavam de viver mais de noite que de dia, os dois faziam canções, os dois precisavam de amor para respirar, eram puxados pra gordo e, mesmo na hora da morte, os dois foram atingidos por um só inimigo: o coração. A obra que os dois deixaram , hoje espalhada pelos jornais e gravadoras do País, reflete essa indisfarçável identidade. Mas prestando atenção nas coisas que disseram e escreveram e nas músicas que eles fizeram é que a gente descobre a expressão maior dessa semelhança: os dois se refugiavam do absurdo do mundo, que eles revelaram com humor e amargura, na desesperada aventura afetiva. O amor era o último reduto dos dois. A montagem do texto de “Brasileiro Profissão Esperança” se apoia no permanente cruzamento dessas duas vidas, de tal forma que ninguém sabe o que é de Antonio Maria e o que é de Dolores. Uma crônica de Maria vira um dado para explicar a existência de Dolores, assim como uma canção de Dolores exprime e sensibilidade de Maria.
Bibi Ferreira/Paulo Pontes, extraído da contra-capa.

Ouça a abertura do show, no Canecão em 1974:
[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/196423465″ params=”color=ff5500&auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false” width=”100%” height=”166″ iframe=”true” /]

Brasileiro Profissão Esperança
Clara Nunes & Paulo Gracindo

Lado 1
Ternura Antiga (J. Ribamar – Dolores Duran)
Ninguém me ama (Fernando Lobo – Antonio Maria)
Valsa de uma cidade (Ismael Neto – Antonio Maria)
Menino grande (Antonio Maria)
Estrada do sol (Antonio C. Jobim – Dolores Duran)
A noite do meu bem (Dolores Duran)
Manhã de carnaval (Luiz Bonfá – Antonio Maria)
Frevo número dois do Recife (Antonio Maria)
Castigo (Dolores Duran)
Fim de caso (Dolores Duran)
Por causa de você (Antonio C. Jobim – Dolores Duran)

Lado 2
Pela rua (J. Ribamar – Dolores Duran)
Canção da volta (Ismael Neto – Antonio Maria)
Suas mãos (Antonio Maria – Pernambuco)
Solidão (Dolores Duran)
Se eu morresse amanhã (Antonio Maria)
Noite de paz (Durando)

Brasileiro Profissão Esperança – 1974
Clara Nunes (1943 – 1983) & Paulo Gracindo (1911 – 1995)
Texto de Paulo Pontes (1940 – 1976)
Direção de Bibi Ferreira

LP de 1974, do acervo do poeta e músico Oscar Iskin Jr. (não tem preço!) e digitalizado por Avicenna

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps – 87,7 MB – 39 min
powered by iTunes 12.1.0

Boa audição.

 

2ibl3b7

 

 

 

 

 

 

.

Avicenna

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

17 ideias sobre “Brasileiro Profissão Esperança – 1974: Clara Nunes & Paulo Gracindo

  1. Graaaande Avicenna!
    Olha o quilate do pessoal que tá nesse álbum!
    Meus pais viram esse show no Canecão quando estavam no Rio em lua-de-mel! Estou baixando aqui pra passar pra eles ouvirem. Com certeza, grandes recordações!
    Um abraço

  2. Como agradecer tão significativa postagem? Como agradecer meu filho pelo envio? Tive o prazer de assistir ao show, como Mateus disse. E foi um espetáculo inolvidável! Agora, quase trinta e oito anos depois, (o show foi em novembro), tenho a grata satisfação de revê-lo. Isso Caro Ave Sena, não tem preço! Abraços, Zezé

  3. em um mundo tao vazio de sentimento e bom ver uma explosao atomica,
    um vulcao explodindo, sentimentos jorrando obrigando as pessoas a refletirem. parabens. abraço
    oscar

  4. Não tenho palavras para expressar a grandiosidade dessa gravação! O engraçado foi que passei a semana inteira lembrando dessa figura e artista como Paulo Gracindo, sua fala emociona profundamente. E sem comentários a voz, o canto de Clara Nunes, de um quilate extraordinário. Quando é que as pessoas e a mídia vão dar o real valor a essa artista??
    Obrigado mais uma vez por tão grande contribuição.

  5. Oi Avicenna.
    Não estou conseguindo baixar nenhum desde arquivos, clico no link o qual nunca abre: diz que é impossível acessá-lo. O que pode estar havendo? O quê poderei fazer?
    Realmente seu acervo é soberbo, excede qualquer elogio ou comentário.
    Abs.
    Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *