Mestres do Barroco Mineiro – Séc. XVIII – vol. 2/2: Lobo de Mesquita: Antífona de Nossa Senhora & Ignacio Parreira Neves: Credo & Marcos Coelho: Maria Mater Gratiae & Francisco Gomes da Rocha: Novena de Nossa Senhora do Pilar

8w9imvMestres do Barroco Mineiro (Século XVIII)- vol. II

Associação de Canto Coral & Orquestra Sinfônica Brasileira – 1958

Gravação ao vivo no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, em 1958, pela Orquestra Sinfônica Brasileira sob a regência do Maestro Edoardo de Guarnieri e pela Associação de Canto Coral sob a direção da saudosa Maestrina Cleofe Person de Mattos.

Foram utilizados 2 LPs para a digitalização desta postagem, sendo que o mais importante deles, por ser o em melhor estado de conservação, foi-nos presenteado pelo ouvinte Alisson Roberto Ferreira de Freitas, das Alterosas. Não tem preço !!!

Por mais que se tente, não se consegue um resultado esplendoroso com relação à qualidade desta digitalização, portanto sejam pacientes.

Esta postagem serve também para registrar o trabalho inesquecível da maestrina, musicóloga e professora Cleofe Person de Mattos.

José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita (Vila do Príncipe, 1746- Rio de Janeiro, 1805)
01. Antiphona de Nossa Senhora 1. Salve Regina
02. Antiphona de Nossa Senhora 2. Aia Erge Advocata
03. Antiphona de Nossa Senhora 3. Et Jesum

Ignacio Parreiras Neves (Vila Rica, atual Ouro Preto, 1736-1790)
04. Credo 1. Patrem Omnipotentem
05. Credo 2. Sacramentum
06. Credo 3. Et Resurrexit
07. Credo 4. Sanctus
08. Credo 5. Benedictus
09. Credo 6. Agnus Dei

Marcos Coelho Neto, (Vila Rica [Ouro Preto], 1740-1806)
10. Maria mater gratiae – Himno a Quatro
Francisco Gomes da Rocha (1746-1808, Vila Rica, MG)
11. Novena De Nossa Senhora do Pilar 1. Veni Sanctu Spiritu
12. Novena De Nossa Senhora do Pilar 2. Domine ad Adjuvandum
13. Novena De Nossa Senhora do Pilar 3. Gloria Patri
14. Novena De Nossa Senhora do Pilar 4. Sicut Era in Principie
15. Novena De Nossa Senhora do Pilar 5. Invitatório: Quem Terra Pontus
16. Novena de Nossa Senhora do Pilar 6. Quem Terra, Pontus, Sidera (Hino)
17. Novena de Nossa Senhora do Pilar 7. Virgo Prudentissima (Antífona)

Palhinha: ouçam 10. Maria mater gratiae – Himno a Quatro, enquanto conhecem a obra artística de Eunice Pessôa, mãe do Avicenna.

.

Mestres do Barroco Mineiro (Século XVIII)- vol. II – 1958
Associação de Canto Coral, direção de Cleofe Person de Mattos
Orquestra Sinfônica Brasileira, regente Edoardo de Guarnieri

LP de 1958 digitalizado por Avicenna

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps – 121,4 MB – 39,4 min
powered by iTunes 10.5

Partituras e outros que tais? Clique aqui

Boa audição.

 

2ibl3b7

 

 

 

 

 

 

 

Avicenna

3 comments / Add your comment below

  1. Bom Dia!!

    Que maravilha acordar e correr pra verificar o post de hoje e encontrar três ouropretanos de cara…. Hoje o dia está perfeito para meditação… muito frio e chuva!! Parabéns ao Alisson Roberto por nos presentear com os Lp’s e ao Avicenna pela postagem. Qualquer dia eu mando aqueles que tenho aqui. Tá demorando, né Avicenna? Mas vão chegar aí, pode esperar!
    Boa semana a todos! Um grande abraço!

    Jorge Tadeu

  2. Essas obras me fizeram refletir sobre a expressão do sofrimento em música, muito presente em passagens de apuro técnico na música barroca, ou passagens de intensidade dramática na música romântica, ou simplesmente abstraído no clacissismo. Esse sofrimento reflete a formação, pelo menos, dos homens que compuseram nesse período – uma formação humana que não repudiava o sofrimento. Nos dias correntes, o sofrimento ético tornou-se uma vergonha, algo que você deva viver por sua conta de risco… A música popular atual reflete isso mesmo, a banalização da ética e do sofrimento. A música moderna, que em alguns casos se questionou ser música, reflete justamente essa estranheza e esse pasmo, gerados pela cultura de massas.

Deixe uma resposta