History of the Sacred Music vol. 02: A Millennium of Gregorian Chant

2wnwgzsHarmonia Mundi: História da Música Sacra
vol 02: Um milênio de canto gregoriano

O canto gregoriano, é um cantochão que fez parte da liturgia da Igreja Católica por cerca de 1000 anos, até hoje é usado, mas em pequena escala. O canto gregoriano foi uma das primeiras espécies de música a ter seu registro escrito. É um gênero de música vocal monofônica, monódica (apenas a melodia), não acompanhada, ou acompanhada apenas pela repetição da voz principal com o organum (Paralelo, Melismático, Livre), com o ritmo livre e não medido, utilizada pelo ritual da liturgia católica romana.

A intenção é romper com a música grega, fazer algo diferene, com caráter meditativo, já que o canto gregoriano foi desenvolvido para ser executado nas celebrações da Igreja Católica até aproximadamente 1400, onde já é feita música polifônica dentro das igrejas. Normalmente, o canto gregoriano, é utilizado para colocar melodia em orações do rito cristão.

O rito mais importante é a Missa, que na maioria dos casos é organizada em: Kyrie Eleison, Gloria, Credo, Agnus Dei. O Kyrie Eleison é feito com Canto Gregoriano, melismático e com o texto curto. O Gloria é realizado na parte de júbilo, não entoado em missas de requiem, onde é envolvido o tema morte.  O Credo (Profissão/Confissão de Fé) é o momento mais educativo e de mensagem clara da liturgia. Nessa parte da missa também se usa os modos eclesiásticos autênticos e plagais. No Agnus Dei, o canto gregoriano tem tipos de textos diferentes diante de duas perspectivas, prosa e verso. Pode haver mais movimentos, mas sempre seguindo esse padrão.

A notação, originalmente é a neumática. É uma notação anterior a essa que usamos atualmente, com códigos próprios mas que ao ser analisada cuidadosamente, assemelha-se com a nossa.

As formas de execução do Canto Gregoriano se dividem em Responsorial, o qual é a alternância entre o solista (celebrante) e o coro, Anticoral, que é a alternância entre os coros ou meio-coros e Direto, onde não ocorre nenhuma alternância.

As horas canônicas, segundo a regra de S. Bento, ordem monástica sem trabalho pastoral, são organizadas em Matinas (amanhecer), Primeiras (6h), Terceiras (9h), Sextas (12h), Nonas (12h), Vésperas (pôr-do-sol), Completas (após o pôr-do-sol).

Palhinha: ouça 19. Cistercian Chant (12th century): Répons de matines pour la fête de Saint Bernard: 1. In timore Dei

History of the Sacred Music vol. 02: A Millennium of Gregorian Chant
Anonymous
Dominique Vellard, tenor
01. The vast corpus of Gregorian chant: Universi qui te expectant
Anonymous
Deller Consort – Director: Alfred Deller
02. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 1. Introït: Requiem aeternam
03. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 2. Kyrie eleison
04. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 3. Graduel: Requiem aeternam
05. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 4. Trait: Absolve, Domine
06. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 5. Séquence: Dies irae
07. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 6. Offertoire: Domine Jesu Christe
08. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 7. Sanctus
09. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 8. Agnus Dei
10. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 9. Communion: Lux aeterna
11. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 10. Répons: Libera me
12. The vast corpus of Gregorian chant: Messe de Requiem grégorienne: 11. Antienne: In paradisum
Anonymous
Ensemble Organum – Director: Marcel Prérès
13. Mass from the year 1000 (excerpts): 1. Agnus Dei: Omnipotens eterne
14. Mass from the year 1000 (excerpts): 2. Communion tropée: Corpus quod nunc/Psallite domino
15. Mass from the year 1000 (excerpts): 3. Hymne: Cives celestis patrie
16. Codex Calixtinus (c.1150): Plainchant for Santiago de Compostela: 1. Invitatoire: Regem regum dominum
17. Codex Calixtinus (c.1150): Plainchant for Santiago de Compostela: 2. Répons: Iacobe servorum
18. Codex Calixtinus (c.1150): Plainchant for Santiago de Compostela: 3. Offertoire: Ascendens Ihesus in montem
19. Cistercian Chant (12th century): Répons de matines pour la fête de Saint Bernard: 1. In timore Dei
20. Cistercian Chant (12th century): Répons de matines pour la fête de Saint Bernard: 2. Testamentum eternum
21. Cistercian Chant (12th century): Répons de matines pour la fête de Saint Bernard: 3. Dedit Dominus confessionem sancto suo
Anonymous
Theatre of Voices – Director: Paulo Hillier
22. Magnus Liber Organi (12th century): 1. Anonyme: Natus est rex
Adam de St. Victor (died 1146)
Theatre of Voices – Director: Paulo Hillier
23. Magnus Liber Organi (12th century): 2. Adam de St. Victor: In natale

History of the Sacred Music vol. 02: A Millennium of Gregorian Chant – 2009
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC | 335,5 MB

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 | 134,1 MB | 320 kbps

Encarte e letras dos 30 CDs – AQUI – HERE

Powered by iTunes 12.2.3 | 1 h 16 min

. Boa audição.

gregoriano

gabrieldelaclarinet: texto
Avicenna: lay-out & mouse operator

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

12 ideias sobre “History of the Sacred Music vol. 02: A Millennium of Gregorian Chant

    • gabrieldelaclarinet + Avicenna = conosco ninguém podosco!!

      São somente 30 CDs!!

      E está sendo recorde mundial de downloads: o vol 01 já deu quase 1.000 downloads e o vol 02 nas primeiras 24 horas já deu 448 downloads!

      Os textos do gabrieldelaclarinet são muito bons!

      Avicenna

  1. Fazia tempo que eu não aparecia mais textos do gabrieldelaclarinet. Essa compensou, apesar da postagem, é claro, não ter sido feita por ele. Com dois “experts” (se é que posso chamar assim) desses, aí sim que todo mundo aprende…

  2. Independetemente de religião, ouvir estas músicas é estar em sintonia com Deus. Poucas são tão ou mais profundas do que o canto gregoriano. Quando ouço, é como se me envolvesse numa aura de mistério… E de infinita beleza. É algo verdadeiramente belo. Aprecio muitíssimo este tipo de música, tão linda e tão comovente. Espero de coração que apareçam mais postagens como esta. Abraços!

    “Ora et labora.” (São Bento)

  3. Prezado, o encarte que está para download é “Complete Sacred Music” do Mozart, com 13 CDs. Creio que houve um engano. Confira, por favor !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *