Pe. José Maurício Nunes Garcia (1767-1830) – Matinas do Natal & outras não menos maravilhosas (Acervo PQPBach)

2133eybPe. José Maurício Nunes Garcia
Matinas do Natal

Mais uma vez o cordenador do call center do nosso SAC, Sr. Voxpopuli Voxdei, nos dá conta dos insistentes pedidos para que seja postada Matinas do Natal, do Pe. José Maurício Nunes Garcia. Nada mais nos resta senão dar imediato cabimento ao fato!

Matinas do Natal, obra composta em 1799, consta de 8 responsórios, coleção ou série de responsos, palavras pronunciadas ou cantadas nos ofícios da Igreja Católica, alternadamente por uma ou mais vozes de uma parte, e pelo coro, como representante da assistência, de outra parte. Esta versão original é para Coro a 4 vozes e baixo contínuo e foi orquestrada em 1801 pelo próprio compositor.
1. Matinas Do Natal (1799) 1. Hodie Nobis Caelorum Rex
2. Matinas Do Natal (1799) 2. Hodie Nobis De Caelo Pax Vera
3. Matinas Do Natal (1799) 3. Quem Vidistis Pastores
4. Matinas Do Natal (1799) 4. O Magnum Mysterium
5. Matinas Do Natal (1799) 5. Beata Dei Genitrix
6. Matinas Do Natal (1799) 6. Sancta Et Immaculata
7. Matinas Do Natal (1799) 7. Beata Viscera Mariae Virginis
8. Matinas Do Natal (1799) 8. Verbum Caro

Miserere, composto em 1798 para a 4ª Feira de Trevas. A peça, para Coro a 4 vozes e baixo contínuo, é alternada com Canto Gregoriano.
9. Matina para 4ª Feira de Trevas (1798) – Miserere

Popule Meus, Improperium do Ofício de 6ª Feira Santa, composto em 1789? para Coro a 4 vozes.
10. Moteto: Improperium do Ofício de 6ª Feira Santa (1789) – Popule Meus

Judas Mercator Pessimus, moteto para 5ª Feira Santa, composto em 1809 para Coro a 6 vozes.
11. Moteto para 5ª Feira Santa (1809) – Judas Mercator Pessimus

Domine Tu Mihi Lavas Pedes, antífona para a cerimônia do Lava Pés de 5ª Feira Santa. Composta em 1799? para Coro a 4 vozes.
12. Antífona para a cerimônia do Lava Pés da 5ª Feira Santa (1799?) – Domine Tu Mihi Lavas Pedes

Coro de Câmera Pro-Arte
Carlos Alberto Figueiredo, regente
Gravação realizada no Consulado de Portugal (RJ), em agosto de  1994
Tal qual o CD, esta postagem é uma homenagem a Cleofe Person de Mattos (1913-2002)

.
acervo-1.BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 610,7 MB | HQ Scans 11,2 MB |
powered by iTunes 10.7

BAIXE AQUI- DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps – 145,2 MB – 58,3 min
powered by iTunes 8.2

 

 

Boa audição!

Avicenna

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

8 ideias sobre “Pe. José Maurício Nunes Garcia (1767-1830) – Matinas do Natal & outras não menos maravilhosas (Acervo PQPBach)

  1. Caro avicenna, você acredita que que em 2004 a Coro da Cia. Bachiana Brasileira e a Orquestra da Associação de Músicos da OSB gravou o “Ofício 1816″e que a gravação só não chegou ao mercado pois não teve patrocinador!Deviamos organizar uma vaquinha…

  2. O mesmo acontece com o concerto para violino e orquestra de Henrique Oswald, cujo CD master tive a oportunidade de ouvir – foi quando percebi que estava diante de uma das maiores obras para violino já escritas. Mas nada de verba pro disco.

    • Sabe, CVL e C.T.Mozart, que nos USA e na Europa esse negócio de patrocínio é tão importante que existem empresas e executivos especializados em obter patrocínio governamental e/ou empresarial para eventos tipo música, política e até para festas de formatura! São verdadeiros corretores de patrocínio com lobby e tudo! Mas lá rola muita grana, o poder aquisitivo é alto, a classe média, que é muito maior que no Brasil, tem mais cultura e os seus políticos e governantes tem mais senso de cidadania!
      É muito triste!

  3. E a tendência é piorar meu caro Sr. Avicenna, já que o Brasil não consegue formar uma classe média descente e com um mínimo de erudição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *