Johannes Brahms (1833-1897): Um Réquiem Alemão (Rilling)

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Helmuth Rilling é um tremendo maestro. Nasceu em 1933 e ainda está vivo. Ele é o fundador do Gänchinger Kantorei (1954) e do Bach-Collegium Stuttgart (1965). Para lhes dar uma ideia de sua importância, basta dizer que foi o primeiro a gravar como regente único a integral das Cantatas de Bach, 57 CDs que tenho aqui a meu lado e que moram no meu ventrículo esquerdo. Já viram que ele entende de música sacra, não? Então é óbvio que sua interpretação do Um Réquiem Alemão deve ser ouvida a priori com respeito. E sua gravação é linda, camarística, com um coral magnífico, bachiano, sublime, um verdadeiro êxtase. Ouçam logo, tá?

Johannes Brahms (1833-1897): Um Réquiem Alemão (Rilling)

01.- Selig sind, die da Leid tragen
02.- Denn alles Fleicsh es ist wie Gras
03.- Herr, lehre doch mich
04.- Wie lieblich sing deine Wohnungen
05.- Ihr habt nunu Traurigkeit
06.- Denn wir haben hie keine bleibende Statt
07.- Selig sing die Toten

Bach-Collegium Stuttgart
Gänchinger Kantorei Stuttgart
Helmuth Rilling

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Requiem-EHs

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

3 ideias sobre “Johannes Brahms (1833-1897): Um Réquiem Alemão (Rilling)

  1. Boas entradas no Ano Novo de 2018 que começou espetacularmente
    só poderia pela mão de PQPBach, com Ein Deutches Requiem de
    Brahms. Eu já tinha com Abado e Hanoncourt, mas sinceramente
    com Rilling é de fato superior!
    Muitissimo obrigado
    abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *