Collegium Musicum de Minas: Ninguém morra de ciúme – 1997 (Acervo PQPBach)

Captura de Tela 2018-01-14 às 01.57.27Perceber que as pessoas são capazes de superar o impacto proporcionado pelo uso de instrumentos e elementos de interpretação de época e estabelecer conosco uma identidade emocional estética, representa um poderoso estímulo para o aprofundamento e expansão dos conteúdos de nosso trabalho. Um rico mundo de vivências se descobre dentro de cada um de nós, se estende para além do indivíduo, unindo-se ao outro.

Desde 1993, o Collegium Musicum de Minas trabalha segundo os parâmetros da interpretação histórica, isto é, constrói sua linha de interpretação a partir da pesquisa de elementos musicais inerentes à temporabilidade das composições.

A universalização das emoções como elemento constituinte do universo de representação da música é para nós a percepção fundamental. Exercitamos conceitos que privilegiam o emocional, para além dos aspectos técnicos presentes em nossa abordagem.

Quando interpretamos a música colonial brasileira nosso trabalho é de reconstrução do passado, portanto, de construção da identidade que nele não se esgota.


Captura de Tela 2018-01-14 às 01.58.49Redescobrimos fragmentos de Minas, estilhaços de um Brasil Barroco, ecos de emoções exaltadas. Para nós, o passado está em aberto. Amor, ódio, fé, profanidade, dor e alegria, sentimentos conflitivos que ao serem revelados em experiência estética, funcionam como elos que universalizam contextos distintos. Entendemos no ciúme um sentimento comum, síntese emocional das relações sociais estabelecidas. Filho da convivência conflitiva entre branco e negro, do colonizado e do colonizador, relações que deram o tom ao barroco brasileiro, reveladas para nós em imagens microscósmicas, a Senhora que suplicava a negra que despertava desejos no Senhor.

Quando nos deparamos com a composição de Domingos Caldas Barbosa, percebemos que nela eram evidentes elementos de inquietação e originalidade estéticos, típicos da música colonial brasileira, que de outra maneira estavam colocados nas composições deste CD e nas palavras do próprio compositor. “Ninguém Morra de Ciúme”. (José Eduardo Costa Silva, 1997. Extraído do excelente encarte)

O Collegium Musicum de Minas foi um grupo de Belo Horizonte (Brasil) dedicado à pesquisa e à execução da música colonial brasileira. Criado em 1993, sob a coordenação musical e de pesquisa do musicólogo Domingos Sávio Lins Brandão, gravou três cds (“Ninguém morra de ciúme”, 1997; “Senhora del Mundo”, 1998 [postado aqui] ; “A origem”, 2000) . O Collegium Musicum encerrou suas atividades em 2003, deixando um legado de pessoas que se apaixonaram pela música histórica graças ao trabalho realizado pelo grupo. (ex-Facebook)

Palhinha: 01. Deus in Adjutorium


Ninguém morra de ciúme
Domenico Zipoli (Prato, Itália,1688 – Córdoba, Argentina 1726)
01. Deus in Adjutorium
Anônimo Jesuítico (Sec. XVIII)
02. Domine, quinque talenta
José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita (Vila do Príncipe, hoje Serro, MG, 1746- Rio de Janeiro, 1805)
03. Processione cum ramis benedictus
Anônimo (Séc. XIX)
04. Cego de amor
Anônimo (Séc. XVIII)
05. Sonata “Sabará” adágio
Pe. José Maurício Nunes Garcia (1767-1830, Rio de Janeiro, RJ)
06. Solfejos
Anônimo (Séc. XVIII)
07. Marília tu não conheces
Anônimo (Séc. XIX)
08. Minha Lília
Thomaz Antonio Gonzaga (1744-1810) – atribuída
09. No ragaço da ventura
Anônimo (Séc. XIX)
10. Cego de Amor
11. Cachucha
Antônio José da Silva (Rio de Janeiro, 1705-Portugal, 1739)
12. De mim já não se lembra
Anônimo (Séc. XVII?)
13. Romance de Minervina
Domingos Caldas Barbosa (Rio de Janeiro, 1740 – Lisboa, 1800)
14. Ningúem morra de ciúme
Manoel Dias de Oliveira (São José del Rey [Tiradentes], 1735-1813)
15. Surrexit Dominus
Joze de Mesquita (Séc XVIII)
16. Já se quebrarão os laços

Ninguém morra de ciúme – 1997
Collegium Musicum de Minas

Áudios gentilmente cedidos pelo nosso amigo e ouvinte Maestro Rafael Arantes, do blog “Música Sacra e Profana Brasileira” , e o encarte, escaneado do arquivo do musicólogo Prof. Paulo Castagna. Não tem preço !!!

.
memoriaBAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 252,6 MB | HQ Scans 13,9 MB |

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE + encarte
MP3 320 kbps – 101.2 MB – 43.3 min
powered by iTunes 10.6.3

.
Partituras e outros que tais? Clique aqui

 

Boa audição.

Captura de Tela 2018-01-14 às 02.00.19

 

 

 

 

 

 

 

 

Avicenna

14 comments / Add your comment below

  1. Sensacional. Como mineiro, não poderia deixar de apreciar este disco. Enviei uma vez os arquivos do Ofício de Trevas (Vol. 1) e encontrei por aqui o volume 2. Tenho em vinil, o Requiem de Mozart na Matriz do Pilar, em Ouro preto.

  2. Quero expressar aqui a minha enorme gratidão aos criadores / criador e mantenedores / mantenedor do PQP Bach. Para mim não há palavras para descrever o serviço que vocês prestam aos amantes da Boa Música. Sem dúvida o melhor portal em todo os sentidos em se tratando de música erudita. Parabéns caros amigos! Se houvesse como divulgaria mais o trabalho magnífico de vocês, principalmente nas redes sociais.
    Adoro música sacra , sobretudo barroca , e o barroco mineiro nada deixa a desejar frente aos mestres europeus.

  3. Aviccena, que viagem ao tempo você me proporcionou!

    Escutando esse CD imediatamente lembrei que em 1999 cantei a obra completa de Domenico Zipoli, chamado As vésperas de Sao Ignacio. Deus in Adjutorium é a primeira da cantata, a qual, se eu não me engano, continha partes de uma missa em latim, divididas em versículo, responsório, antífona e salmo. E o que é maravilhoso: ainda tenho esse material em partitura, que gostaria de compartilhar com a equipe. Vocês me deram ânimo pra mostrar esse material, que infelizmente no nosso país é considerado relíquia. Grande Abraço.

  4. Essa documentação das origens da música popular brasileira – desta vez sem a usual porém execrável aplicação não adaptada do bel-canto italiano – é um dos trabalhos mais incríveis nesse sentido que ouvi até hoje. Obrigadíssimo, Sr Mestre de Avis!!

  5. Maravilha de post, e bom, picuinhas à parte, muito bom ver flac nesse site, seria uma boa se EAC viesse a ser considerado em um ou outro eventual post! ademais, obrigado pelas músicas e scans!

  6. Congatulations for all your music. I have only one request. Coul you please put the flac file of this disc to pqpshare since the rapidshare is down.
    Thanks a lot

  7. Congatulations for all your music. I have only one request. Coul you please put the flac file of this disc to pqpshare since the rapidshare is down.
    Thank you

  8. Congatulations for all your music. I have only one request. Coul you please put the flac file of this disc to pqpshare since the rapidshare is down.
    Thank you so much

  9. Congatulations for all your music. I have only one request. Coul you please put the flac file of this disc to pqpshare since the rapidshare is down.
    I really apreciate your time and disposition

  10. Thank you.
    Im sorry for the all the four comments. It appeared a message saying that there was an error in the server and I thought the comment wasnt posted, so I tried several times with a litlle modification.

Deixe uma resposta