G. F. Handel (1685-1759): La Diva – Árias para Cuzzoni

G. F. Handel (1685-1759): La Diva – Árias para Cuzzoni

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Então, você chega ao PQP Bach e lê: árias para Cuzzoni, de Händel. Não, não pode ser! Esses caras estão de brincadeira! Não, nada de brincadeiras — você adorará as árias para Cuzzoni.

Na verdade, talvez eu devesse escrever: Árias compostas por George Friderich Händel para Francesca Cuzzoni. Francesca foi uma superdiva que juntou-se em 1718 ao London’s Royal Academy of Music. Cuzzoni era tão boa cantora que Händel escrevia coisas cada vez maiores e mais difíceis a fim de analisar suas possibilidades. Mas não pensem que Händel gostava de Cuzzoni. Como toda diva, ela era insuportável a ponto de Händel ter ameaçado lançá-la pela janela, se não cooperasse. A fama de Cuzzoni é atestada pelo grande volume de histórias que sobre ela que chegaram a nós. Ela tinha um ciúme doentio de uma diva rival, Faustina Bordoni, e dizem que costumava desmaiar se ouvisse tal nome. Como era de esperar, Cuzzoni despertou paixões em seu tempo. Ainda hoje… Bem, deixa pra lá.

Simone Kermes tem bela voz e sua Cuzzoni é magnífica. Sem dúvida alguma, este CD vai entrar pros anais de nosso blog PQP Bach!

Georg Friedrich Händel – La Diva – Árias para Cuzzoni
1) Scipione: Scoglio d’immota fronte [5:05]
2) Giulio Cesare: V’adoro pupille [4:39]
3) Giulio Cesare: Piangerò [7:02]
4) Giulio Cesare: Se pietà di me non senti [9:47]
5) Alessandro: No, più soffrir non voglio [4:01]
6) Rodelinda: Ombre, piante (1st Version) [2:24]
7) Rodelinda: Ahi perché, giusto ciel (1st Version) [6:55]
8. Siroe: Or mi perdo di speranza [4:10]
9) Siroe: Mi lagnerò tacendo [6:46]
10) Siroe: Torrente cresciuto [4:19]
11) Tolomeo: Fonti amiche [5:00]
12) Flavio: Amante stravagante [3:36]
13) Riccardo primo: Morte vieni [2:45]
14) Admeto: Io ti bacio [3:15]

Simone Kermes
Lautten Compagney
Wolfgang Katschner

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Kermes: alta voz e cabelos
Kermes: alta voz e cabelos

PQP

Felix Mendelssohn Bartholdy – The Hebrides, Op.26 (Fingal’s Cave), Symphony No. 3 in A minor, Op. 56, MWV N 18 – ‘Scottish’ – Bernstein, Israel Philharmonic Orchestra

51FsQ-+DVAL._SS500Se vivo fosse, Leonard Bernstein estaria comemorando seus 100 anos de idade neste ano de 2018. Mas viveu intensamente seus setenta e dois anos de vida. Foi o mais influente dos regentes norte americanos do século XX. Energia e vibração é o que sentimos quando ouvimos suas gravações.

Serão muitas as homenagens que prestaremos a ele aqui no PQPBach até a data de seu aniversário, que será comemorado no dia 25 de agosto.

Hoje trago sua incursão nas sinfonias de Mendelssohn, já no final de sua vida, regendo a Filarmônica de Israel. Serão dois cds belíssimos, pulsantes, cheios de energia e alegria, como deve ser ouvida a música de Mendelssohn.

O CD começa com a belíssima Abertura ‘As Hébridas’, composta quando da viagem do autor a Escócia. Trata-se de um arquipélago formado por algumas ilhas, situadas no norte da Escócia. e em uma destas ilhas temos a ‘Caverna de Fingal’ conhecido ponto turístico da região. Em seguida a esta Abertura, temos a magnífica Terceira Sinfonia, intitulada “Escocesa” . É uma obra prima, um marco da sinfonia romântica alemã. E nas mãos de Bernstein torna-se ainda mais brilhante.

Felix Mendelssohn Bartholdy – The Hebrides, Op.26 (Fingal’s Cave), Symphony No. 3 in A minor, Op. 56, MWV N 18 – ‘Scottish

01. The Hebrides, Op.26 (Fingal’s Cave), Allegro moderato
02. Symphony No. 3 in A minor, Op. 56, MWV N 18 – ‘Scottish’, 1. Andante con moto
03. Symphony No. 3 in A minor, Op. 56, MWV N 18 – ‘Scottish’, 2. Vivace non troppo
04. Symphony No. 3 in A minor, Op. 56, MWV N 18 – ‘Scottish’, 3. Adagio
05. Symphony No. 3 in A minor, Op. 56, MWV N 18 – ‘Scottish’, 4. Allegro vivacissimo

Israel Philharmonic Orchestra
Leonard Bernstein – Conductor

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Fingals_cave_entrance_staffa
A magnífica Gruta de Fingal, nas Hébridas, paisagem que inspirou Mendelssohn a compor uma de suas obras primas.

FDP