PQP Bach: hoje, 15 de novembro, 12 anos de prazer!

15/11/2018, 23h59, fim do dia em que nosso blog PQP Bach completou 12 anos.

Sem contar essa, hoje tivemos treze (13) esplêndidas postagens. Confiram abaixo.

Vão se divertindo, ouvindo tudo. Voltamos dia 19.

Há exatos doze anos atrás eu e PQP Bach participávamos de uma ‘comunidade’ no antigo Orkut sobre música clássica. Ali discutíamos sobre o tema e disponibilizávamos CDs. Muita gente boa participava, gente com notável conhecimento sobre o assunto e ótimos acervos discográficos. Os tempos eram outros, a qualidade da Internet era sofrível. Eram os tempos do Rapidshare, servidor de armazenamento de arquivos suíço, que pagávamos em Euro. Se não me engano, a velocidade de internet que eu tinha em casa era de no máximo 1 Mb/s, então imaginem os senhores o trabalho que eu tinha para conseguir baixar arquivos e para encaminhá-los para o servidor.

Um belo dia PQPBach entrou em contato comigo perguntando se eu teria interesse de participar de um blog especializado em música clássica, jazz e blues. Imediatamente aceitei, nem imaginando que estaria comentando sobre esta época da minha vida doze anos depois.

Muita água passou por debaixo da ponte desde então. Estava desempregado na época, um ou outro emprego sofrível, depois fiz concurso público e em um primeiro momento dei aula para o ensino fundamental e em outro momento assumi como servidor público, função que exerço até hoje e onde provavelmente irei me aposentar.

As primeiras postagens pareciam meio ingênuas, pois não sabíamos qual o formato e estilo de texto a adotar, a ideia era postarmos aquilo que estávamos ouvindo naquele momento, mas logo extrapolamos e começamos com os grandes projetos, começando com nosso Mestre Avicenna trazendo seu magnífico acervo de Musica Colonial Brasileira, nos apresentando um incrível material praticamente inédito. Lembro que o primeiro grande projeto era relativo ao maior dos compositores brasileiros, cujo nome não posso nem citar, e logo fomos impedidos de continuar, pois ficamos sujeitos a sofrer medidas judiciais por parte de seus familiares.

Muitos vieram aqui postar. O projeto iniciou com o próprio PQP Bach, eu, FDP Bach, mais Clara Schumann, que logo abandonou o barco, alegando motivos pessoais. Creio que logo vieram Avicenna, CDF, CVL, Ranulfus, Carlinus, Clara Schumann, Bisnaga, Wellbach, Ammiratore, Pleyel, Vassily Genrikhovich, Luke, Gabriel, Strava, Bluedog, etc.

Enfim, passados doze anos, ainda continuamos na batalha para disponibilizar boa música para os senhores. Já pedi para sair várias vezes, mas isso aqui é como um vício. Um vício bom, claro. Se pudesse, me dedicaria exclusivamente ao PQP Bach, mas tenho de pagar minhas contas…

Dito isso, vamos em frente.

FDP

The Fab Four: Bach, Beethoven, Mozart e Haydn comemorando os 12 anos do PQP Bach

26 comments / Add your comment below

  1. Parabéns a todos vcs! É inacreditável entrar neste site todos os dias e acompanhar postagens do mais alto nível! Encontrar site de download é fácil, outra história é aprender sobre música, como vem ocorrendo comigo nos últimos 5 anos. Outra história é se deixar contaminar e se levar pela paixão que vcs transmitem! É bom demais! Em tempos em que a Web tem preenchido os jornais como lugar das fakenews (que colocam a democracia no chão), guerras virtuais e roubo de dados confidenciais e/ou uso impróprio de dados sigilosos para propósitos escusos; acabamos por pensar se traria a rede de computadores mais dores de cabeça do que vantagens…um motivo, ao menos, tenho para ficar feliz, a possibilidade de desfrutar deste blog! A boa arte ainda é forma de resistência e deve nos fazer pensar em tempos de trevas e tanta promessa de pólvora! Venha a nós a boa música!

    Grande abraço e meu muito obrigado!
    Thiago Martiniuk

  2. Acho que acompanho o trabalho de vocês desde o inicio, sempre comentando e recomendando aos amigos. Bravíssimo pelo trabalho e dedicação, sempre me diverti com os textos mezzo eruditos/ mezzo escrachados. Acho que a falta de reverência é uma maneira fundamental de aproximar essa música profunda aos rasos tempos modernos. Obrigado por existirem!

  3. Obrigado. Essa palavra resumiria tudo. Mas não custa nada escrever mais algumas. Por morar em uma cidade muito e muito longe das capitais, quando adolescente possuía 30 fitas cassete com um repertório que passei 6 ou 7 anos repetindo, sonhando com o dia em que teria acesso a tudo que sempre quis ouvir, além de tudo o que eu nem sabia existir. Com a internet abriam-se as janelas que eu tanto ansiava. Agora vejo muito além no horizonte, graças ao trabalho de vocês. Ao acordar todos os dias, vocês estão presentes aqui em minha casa, na distante Brejo Santo, interior do Ceará. proporcionando alegria antes da labuta diária. Mais uma vez, obrigado!

  4. Vida longa ao PQP Bach! Acompanho vocês desde o inicio do blog (confesso que pouco comento ou contribuo… preciso melhorar nisto!) e graças ao acervo riquíssimo tive um primeiro contato com várias obras e isso me fez crescer musicalmente. É de lei: TODO DIA o primeiro site que acesso é o PQP! Obrigado por tudo e que possamos por mais muitos e muitos anos ser companheiros nesta jornada musical!

  5. Rapazes,
    Diante dessa postagem tão bem cuidada, com as fotos originais e oficiais dos compositores naquele momento íntimo da boy band (re)descoberta por vocês, os parabéns renovados associam-se aos agradecimentos efusivos de sempre!
    Fiquem conosco, façam-nos companhia, tragam-nos boas-novas a cada dia, porque a cada dia visito(amos) este lindo, apaixonante blog musical!
    Vocês são os verdadeiros arautos do Evangelho da Música, que começa assim: “No princípio, era o PQP Bach. E o PQPBach falava com Bach. E Bach era Deus”.
    Ou, citando outro importante texto, de Spínoza, no original: Deus sive Bach. Quia nihil est natura sine Bach.
    Wille danke!

  6. Este blog é simplesmente foda! Tudo o que foi dito acima é verdade, gratidão e reconhecimento, mas vocês são superlativos demais. Não há palavra suficientemente satisfatória para definir tudo o que vocês proporcionam.

  7. ¡Muchas felicidades y muchos años más para compartir música!
    Me agrada mucho esta página, porque además de tener un gusto musical muy afín con el mío, hace un despliegue de buen humor extraordinario.
    Un gran abrazo,
    Juliowolfgang

  8. É muito bom ver espaços como este blog, divulgadores da música em seus diversos estilos e gêneros, completar 12 anos, é de fato muito tempo. Quantas pessoas já foram agraciadas por este trabalho? Creio que milhares, eu me incluo neste número. Devo muito a vocês pelo gosto musical que eu tenho hoje, me divirto muito com os textos que acompanham as postagens e acho fantástica a iniciativa do acervo de música brasileira de diversos períodos históricos, ouvi coisas que nem sequer imaginava que existiam, dou destaque aqui para os excelentes discos de música da América Colonial Portuguesa e Hispânica, são verdadeiros tesouros.

    Só me resta agradecer e muito a iniciativa do blog e a todos que estão, ou já estiveram, a frente dele, que o trabalho possa persistir por muitos anos. Muito obrigado e vida longa ao PQP Bach!

  9. Parabéns, meu querido site do coração. Depois de tantos anos juntos, vendo todas as mudanças e até mesmo se preocupando com certos contratempos, me sinto quase parte dessa história. Vocês estiveram comigo nos melhores e piores momentos da minha vida: desde quando estudava para o vestibular, mais de uma década atrás — e varava a madrugada mergulhado no mundo da música erudita — até os dias atuais, quando chego em casa e abro o site para ver as novidades. Dá até um frio na barriga lembrar de tudo isso.

    Por favor, não parem nunca. Deve ser cansativo, eu imagino, mas precisamos de vocês; a cultura do nosso país precisa, hoje mais do que nunca.

    Feliz aniversário, PQP.
    Um grande abraço de um grande admirador.

    P.S. Quando teremos um colaborador dedicado a óperas, hein? Vão odiar esse estilo tão lindo até quando?! Hunf!
    P.S.2. Just kidding…

  10. Queridos companheiros do PQPBach! Acompanho também o blog desde o início, curtindo as músicas compartilhadas e me divertindo demais também com os textos. Os doze anos do blog nos transportam no tempo, na época em que eu baixava os CDs só depois da meia noite, com internet discada. Desde então vivo me apaixonando pelo material fantástico que vocês socializam e partilham aqui, acabei ganhando novo ânimo, e voltei a estudar música, coisa que eu não fazia desde a infância. Nesses tempos sombrios, onde vemos ameaças a tudo o que é humano, o PQPBACH é um oásis, um porto seguro onde encontramos felicidade. Vocês ajudam a dessacralizar a música clássica, tirando dela a aura de bem cultural de elite. Vocês partilham, distribuem de graça, o que nos dias de hoje é quase “subversivo”. Vocês trabalham nisso, gastam suor, horas e dinheiro distribuindo felicidade. E ainda de forma coletiva, anônima, sem vaidade. Não tenho palavras para dizer o quanto admiro tudo isso. Agradeço imensamente a vocês.

  11. Parabéns, parabéns e parabéns! Há muitos anos que acompanho a joia que é esse site. Como vocês não há ninguém!
    Só temos a agradecer esse grandíssimo serviço aqui prestado por vocês
    Muito obrigado e vida longa ao pqpbach!

Deixe uma resposta