Bellini / Caldara / Fauré / Frank / Giacomelli / Händel / Mozart / Persiani / Rossini / Vivaldi: Cecilia Bartoli – Sospiri

Entre 2009 e 2010, Cecilia Bartoli foi do Sacrifizio ao Pasticcio, do Olimpo ao Mercado. Após o belíssimo álbum de 2009, Sacrificium, La Bartoli lança agora um CD para angariar mais admiradores e perder outros tantos. O disco é um rolo só. Uma mistura de gêneros, épocas e uma demonstração de um virtuosismo às vezes um tantinho vazio. Gente que conhece ópera ficou incomodada pelos abusos cometidos em Una voce poco fa. A tentativa de Bartoli de se tornar ainda mais popular — e precisa? — esbarrou nas limitações artísticas de um repertório pra lá de estranho e um tratamento pra lá de “modernoso”. A Diva escorregou. Aguardamos para breve sua saída do shopping. Mas as faixas de 5 a 7… Só ela para tanta maravilhosa perfeição.

Bellini / Caldara / Fauré / Frank / Giacomelli / Händel / Mozart / Persiani / Rossini / Vivaldi: Cecilia Bartoli – Sospiri

1. Handel – “Lascia la spina cogli la rosa” – Cecilia Bartoli, Les Musiciens du Louvre, Marc Minkowski
2. Vivaldi – Gelido in ogni vena – Cecilia Bartoli, Il Giardino Armonico, Giovanni Antonini
3. Giacomelli – Sposa, non mi conosci – Cecilia Bartoli, Il Giardino Armonico, Giovanni Antonini
4. Caldara – Quel buon pastor son io – Cecilia Bartoli, Il Giardino Armonico, Giovanni Antonini
5. Mozart – “Voi che sapete” – Cecilia Bartoli, Wiener Philharmoniker, Claudio Abbado
6. Mozart – “Là ci darem la mano” – Cecilia Bartoli, Bryn Terfel, Orchestra dell’accademia Nazionale di Santa Cecilia, Myung-whun Chung
7. Mozart – Laudate Dominum omnes gentes (Ps. 116/117) – Cecilia Bartoli, Orchestra dell’accademia Nazionale di Santa Cecilia, Myung-whun Chung, Coro dell’accademia Nazionale Di Santa Cecilia, Roberto Gabbiani
8. Bellini – Ah! non credea mirarti si presto estinto, o fiore – Cecilia Bartoli, Juan Diego Flórez, Orchestra La Scintilla, Alessandro de Marchi
9. Persiani – “Cari giorni” (Romanza der Ines) – Cecilia Bartoli, Orchestra La Scintilla, Adam Fischer
10. Rossini – Una voce poco fa – Cecilia Bartoli, International Chamber Soloists, Orchestra La Scintilla, Adam Fischer
11. Bellini – Casta Diva – Cecilia Bartoli, International Chamber Soloists, Orchestra La Scintilla, Adam Fischer
12. Franck – Panis Angelicus – Cecilia Bartoli, Cinzia Maurizio, Luigi Piovano, Daniele Rossi
13. Gabriel Fauré – Pie Jesu – Cecilia Bartoli, Orchestra dell’accademia Nazionale di Santa Cecilia, Myung-whun Chung, Coro dell’accademia Nazionale Di Santa Cecilia, Roberto Gabbiani, Daniele Rossi

Cecilia Bartoli, mezzo-soprano

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Ai, aqueles Mozart me fazem esquecer todo o resto, Cecilia.

PQP

8 comments / Add your comment below

  1. O repertório é interessante, mas por algum motivo não é a Bartoli que conhecemos. E definitivamente Una Voce… merecia a garrafada. É pena. Esperamos que ela se recupere.

  2. Ainda sou um iniciante no quesito de Música Operistica, por causa da minha paixão irremediável e até agora exclusiva pela Música Sacra.

    Realmente o “Panis Angelicus” do Franck(A melhor peça sacra de todos os tempos) nessa versão é péssimo, horrivel, frio e metódico,em fim essa versão é uma PORCARIA.

    Mas, vou ter de discordar profundamente da cara-metade do PQP, essa versão de Una Voce Poco Fa, supera mil vezes a outra única versão que já escutei e que costuma ser muito bem avaliada, a Versão da Callas em 54(se não me engano).

    Esperando algumas garrafadas,

    Giovanni Costa.

  3. em busca de Fauré
    Prezado PQP, aconteceu algo raro. Não encontrei aqui o que procurava. Fui à cata e tropecei em otras cositas más. Quem sabe não interessa ao Pensador Selvagem.org? 1. Neville Marriner, com St. Martin, rege Pavane Op50, Pelleas et Melisande Op80, Fantasie pour flute Op79 e Masques et Bergamasques Op112, com William Bennett na flauta 2. Duos para violoncelo e piano com XGagnepain e JMDayez Romance Op69, Romance sans parole Op1, Elegie Op24, Sonate Op109, Sonate Op117, Berceuse Op16, Apres un reve, Op7, Vocalise e, finalmente, Morceau de lecture

  4. Queria agradecer por este link, precioso. La Bartoli, além do talento excepcional, ainda faz resgates e homenagens, como “Opera Proibita” e “Sacrificium” e garimpagens memoráveis como “S. Petersburgo”, trabalho fantástico…
    Quanto ao cd em questão gostaria de reforçar a necessária audição dos pqpianos à faixa 9 – Cari giorni… quase patética de tão visceral (há vídeo na internet).
    A história de Inês de Castro é muito cara a nós brasileiros, e portugueses….
    Bom 2019 a todos.

Deixe uma resposta