Béla Bartók (1881-1945): Concerto para orquestra; Música para cordas percussão e celesta; Esboços húngaros

ABSOLUTAMENTE IMPERDÍVEL !!!

Eu sempre uso este bordão: Meus três compositores prediletos são Bach, Beethoven, Bartók e Brahms. E são mesmo! Bem, este CD recebeu vinte e cinco notas 5 (a máxima) na Amazon, três notas 4 e uma nota 1, dada por um louco, certamente. A gravação de Fritz Reiner é de se ouvir de joelhos, é a própria perfeição. É miraculosa a forma como ele e a Sinfônica de Chicago interpretam o Concerto para Orquestra e a grande Música para Cordas, Percussão e Celesta. Na História da Música Ocidental, Michèle Reverdy escreve:

Cada um dos quatro movimentos da Música é uma obra-prima: o primeiro é uma das mais belas fugas da história da música; o segundo, de grande dinamismo, joga com a heterofonia dos diferentes grupos orquestrais; no terceiro movimento, Bartók encontra as sonoridades mais desorientadoras: é aí que explora ao máximo os recursos das cordas, combinando-as de maneira inusitada com os timbres percussivos; o caráter de festa do final afirma-se na melodia principal em modo antigo — modo de fá — ritmado à búlgara.

O Concerto para Orquestra, mais tradicional, foi escrito no seu exílio em Nova Iorque, quando Bartók já sofria da leucemia que o matou. O nome se justifica pela alternância dos instrumentos como solistas.

Além de grande compositor, Bartók foi um ser humano da melhor qualidade. Sempre posicionou-se e prejudicou-se por sempre ter externado suas posições anti-nazistas. Mas falta-me tempo para escrever mais.

ABSOLUTAMENTE IMPERDÍVEL !!!

Bartók: Concerto for Orchestra; Music for Strings, Percussion and Celesta; Hungarian Sketches

1. Concerto for Orchestra, Sz.116/Introduzione: Andante non troppo; Allegro vivace 9:55
2. Concerto for Orchestra, Sz.116/Giuoco delle coppie: Allegretto scherzando 6:02
3. Concerto for Orchestra, Sz.116/Elegia: Andante non troppo 7:59
4. Concerto for Orchestra, Sz.116/Intermezzo interroto: Allegretto 4:17
5. Concerto for Orchestra, Sz.116/Finale: Pesante; Presto 9:00

6. Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz.106/Andante tranquillo 7:12
7. Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz.106/Allegro 7:02
8. Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz.106/Adagio 7:04
9. Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz.106/Allegro molto 6:46

10. Hungarian Sketches/An Evening in the Village 2:51
11. Hungarian Sketches/Bear Dance 1:42
12. Hungarian Sketches/Melody 2:05
13. Hungarian Sketches/Slighty Tipsy 2:19
14. Hungarian Sketches/Swineherd’s Dance 2:02

Chicago Symphony Orchestra
Fritz Reiner

BAIXE AQUI -DOWNLOAD HERE

Bartók intrigado com o tuíte de Bolsonaro sobre o golden shower

PQP

30 comments / Add your comment below

  1. Os 4 grandes Bs da música! Eu agradeceria a Deus por Bartók, se eu e o próprio Bartók crêssemos. Compositor maravilhoso, essencial à história não só da música mas da arte. E a “Música para cordas, percussão e celesta” é obra-prima absoluta (na minha opinião, só perde, no século XX, para “A sagração da primavera”). Grande postagem, e feliz aniversário, Béla!

    1. Oi!
      Nem sei mesmo se perde para Stravinsky.
      De qualquer forma, Stravinsky não tem B e sem um dos B o quarteto ficaria desequilibrado.
      Abração.
      Edson
      PS- É Villalobiano. Talvez seja mesmo!
      Não da para deixar o Stravinsky de fora.
      Solução?
      Um Quinteto que tenha um instrumento pouco usual.
      É! O “S” pega bem nesse quinteto fantástico.
      Mas… ….com o S… …quantos S ficam de fora?
      Alguém para pesquisar?

  2. Êpa, calma aí. Tem alguma coisa errada no pensamento de Villalobiano. Os últimos quartetos de Beethoven estão no cume da música universal. Os quartetos de Bartók são os que mais se aproximam, em significância, dos quartetos de Beethoven. Como assim aquela música “só perde, no século XX, para A Sagração da Primavera”?

  3. Gostaria de saber se alguém possui uma gravação da Musica pra Cordas… sob a regencia de Karajan, e se poderia disponibilizar. É a mesma versão utilizada no filme O Iluminado, que eu echo maravilhosa. Ou então uam gravação da mesma obra sob a regencia de Tenan Carlos. Obrigado.

  4. Olá, não venho comentar aqui sobre tal obra ou post.

    Apenas venho fazer um pedido, da música “Terra Brasilis”, do brasileiro Edino Krieger, em homagem aos 500 anos de Brasil.

    Escutei agora pouco, ao vivo, pela Orquestra Sinfonica de Santo André e um grupo de escola de samba. Até gravei no meu celular, mas dá para se imaginar, a gravação é péssima.

    Fiquei muito interessado nessa música. Profundamente moderna. Não estou encontrando-a em nenhum lugar na Internet.

    Se vocês tiverem alguma gravação de tal… eu agredeceria muito.

  5. Caro PQP,

    já que está fazendo repostagens, os dois links para a Sinfonia 9 do Mahler, versão Bernstein, não estão válidos. O que é uma pena porque eu estava baixando a integral. Se puder resolver, fico feliz.

    Abraço,
    GS.

    Nos links, a seguinte mensagem de erro é exibida:

    Error

    This file is neither allocated to a Premium Account, or a Collector’s Account, and can therefore only be downloaded 10 times.

    This limit is reached.

    To download this file, the uploader either needs to transfer this file into his/her Collector’s Account, or upload the file again. The file can later be moved to a Collector’s Account. The uploader just needs to click the delete link of the file to get further information.

  6. Ando procurando há bastante tempo uma gravação que tenho em fita de audio, já deteriorada, de Bela Bartok: Musica para cordas percussão e celesta, pela Sinfonica de Boston dirigida pelo Seiji Ozawa. Voces essa gravação em CD, ou sabem onde posso obter?

Deixe uma resposta para Villalobiano Cancelar resposta