Hildur Guðnadóttir (1982): Trilha Sonora de Chernobyl

A excelente compositora islandesa Hildur Guðnadóttir visitou várias usinas nucleares reais para se inspirar. Em uma entrevista, Guðnadóttir contou como seguiu a equipe de filmagem até uma usina nuclear desativada na Lituânia — até mesmo usando um traje de liquidador — para a pesquisa. Guðnadóttir, que é violoncelista das boas, foi acompanhada por Chris Watson na gravação de campo. Mas isso não foi apenas para coletar amostras, mas, como ela diz, para ouvir. Assim, todo som que você ouve é de fato tirado da paisagem de uma usina nuclear semelhante àquela da era soviética, mas, como ela diz, o ato de observar era tão importante quanto. “Eu queria experimentar a sensação de estar dentro de uma usina”, diz ela. “Tentei fazer a música a partir de uma história”. A trilha sonora é pura música eletrônica. Absolutamente assustadora. Da boa.

Hildur Guðnadóttir (1982): Trilhe Sonora de Chernobyl

1 –Hildur Guðnadóttir The Door 2:43
2 –Hildur Guðnadóttir Bridge Of Death 4:44
3 –Hildur Guðnadóttir Turbine Hall 2:37
4 –Homin Lviv Municipal Choir* Vichnaya Pamyat 4:07
5 –Hildur Guðnadóttir Pump Room 3:44
6 –Hildur Guðnadóttir Clean Up 1:41
7 –Hildur Guðnadóttir Dealing With Destruction 1:55
8 –Hildur Guðnadóttir Waiting For The Engineer 1:32
9 –Hildur Guðnadóttir Gallery 2:24
10 –Hildur Guðnadóttir 12 Hours Before 2:32
11 –Hildur Guðnadóttir Corridors 3:13
12 –Hildur Guðnadóttir Líður (Chernobyl Version) 2:48
13 –Hildur Guðnadóttir Evacuation 4:44

Hildur Guðnadóttir gravou tudo.

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Hildur Guðnadóttir: o talento que nasceu no frio islandês

Deixe uma resposta