Francesco Antonio Bonporti (1672-1749): Inventioni, Op. 10 – Chiara Banchini, violino – Jesper Christensen, cravo – Gaetano Nasillo, violoncelo

  • Bonporti

Invenzioni

 

Senhores, abram espaço nos seus HDs, joguem fora aqueles arquivos de conversas do WhatsApp e baixem isto aqui!

Francesco Antonio Bonporti fazia parte da turma de italianos dilettanti di musica, assim como Benedetto Marcello e Tomaso Albinoni. Nascido em berço de ouro, na cidade de Trento, praticava a arte da música por prazer, era um gentiluomo. Pagou de próprio bolso as publicações de suas obras que foram do Opus 1 até o Opus 12 e circularam muito, mesmo em edições piratas.

Francesco Antonio Bonporti

Como era de se imaginar, vindo de família abastada, Bonporti teve acesso ao melhor do que havia em seu tempo. Aos 19 anos recebeu o grau de Doutor em Filosofia em Innsbruck. Estudou teologia no Collegium Germanicum, em Roma e seguiu carreira eclesiástica.

Estudou música com Ottavio Pitoni, que fora regente da Capela do Collegium Germanicum. É possível que tenha estudado com Corelli e certamente conhecia bem as suas obras.

Nesta postagem temos o que há de mais inovador em sua obra, o Opus 10, que coleta dez Invenzioni para violino solo, mas com detalhado baixo contínuo. As peças são sonatas com diversos movimentos, mas o título indica maior liberdade tomada pelo Bonporti ao compô-las.

Chiara Banchini

Nesta gravação temos a excelente violinista Chiara Banchini, acompanhada por Jesper Christensen ao cravo e Gaetano Nasillo ao violoncelo. Sim, eles usam instrumentos originais, mas não temam aqueles nossos leitores que preferem música com instrumentos modernos. O conjunto é excelente e acham a medida certa para apresentar esta maravilhosa e inovadora música.

E para saber quanto essas peças são boas? Afirmo, são excelentes. Vejam, o grande, o imenso Johann Sebastian Bach tinha conhecimento delas e fez cópias de algumas delas (Nos. 2, 5, 6 e 7). Por esta razão, estas peças foram consideradas como do próprio Bach até 1911, quando tudo foi devidamente esclarecido. É pouco ou quer mais?

O que distingue este este conjunto de peças escrito por Bonporti já é indicado pelo título: Invenzioni, Invenções. Livre das convenções acadêmicas, aqui Bonporti dá rédeas soltas à imaginação. Bizaria, fantasia, capricio, ecco e balletto são alguns dos títulos dados aos diversos movimentos. Ele fala assim desta sua obra: Eu compus estas melodias de acordo com um gosto bem especial, em um estilo totalmente incomum.

Depopis desta foto de Trento já liguei para meu agente de viagens…

Francesco Antonio Bonporti  (1672 – 1749)

Invenzioni a violino solo, Op. 10  – [Bologna 1712, Veneza/Trento 1713]

CD1

[1-5] – Invenzioni prima em lá menor

[6-11] – Invezioni nona em fá sustenido menor

[12-15] – Invenzioni quarta em sol menor

[16-19] – Invenzioni quinta em si bemol maior

[20-23] – Invenzioni ottava em mi mmenor

CD2

[1-4] – Invenzioni terza em fá maior

[5-8] – Invenzioni settima em ré maior

[9-12] – Invenzioni seconda em si menor

[13-16] – Invenzioni sesta em dó menor

[17-20] – Invenzioni decima em mi maior

Chiara Banchini, violino Nicola Amati, Crémone 1674

Gaetano Nasillo, violoncelo Barak Norman, Londres c. 1710

Jesper Christensen, cravo Gianfranco Facchini, Ravenne 1996 (de um modelo italiano de 1700)

CD 1 – BAIXE AQUI – CD 1 – DOWNLOAD HERE

FLAC | 276 MB

CD 1 – BAIXE AQUI – CD 1 – DOWNLOAD HERE

MP3 | 320 KBPS | 109 MB

CD 2 – BAIXE AQUI – CD 2 – DOWNLOAD HERE

FLAC | 248 MB

CD 2 – BAIXE AQUI – CD 2 – DOWNLOAD HERE

MP3 | 320 KBPS | 100 MB

Chiara Banchini

Não é por pouco que Bach tenha se interessado por estas Invenzioni.

Ouçam e depois me contem!

René Denon

Deixe uma resposta