Johann Sebastian Bach (1685-1750) – Matthäus-Passion, BWV 244 – Herreweghe

Nossa, já se passaram onze anos desde que fiz essa postagem … como o tempo passa rápido … estou repostando com novos links a pedidos de nosso mentor, PQP Bach, e quando ele pede, temos de nos apressar. Agradeço ao querido Vassily Genrikhovich por ainda ter estes arquivos em seu acervo em boa qualidade de conversão. 

Talvez por hoje ser domingo, talvez por ser véspera de mais um feriadão santo, talvez pelo fato de que o mano PQP esteja desesperado atrás desta gravação, além de outros comentaristas, enfim, não sei, talvez mesmo pelo fato de eu estar me sentido bem hoje, e a partir de amanhã começa uma nova fase em minha vida (pela primeira vez na vida encararei a sala de aula enquanto professor), ou seja, acabaram-se os finais de semana sem nada para se fazer a não ser descansar, sei lá, só sei que preciso terminar este enorme parágrafo dizendo que aí está a Paixão Segundo Matheus, na versão de Phillipe Herreweghe, Andreas Schöll, do Ian Bostridge entre outros.

Seguindo meio que os moldes que o mano PQP utilizou para postar a Missa, estarei postando algumas versões dessa obra absolutamente impactante, é impossível ficar indiferente à ela. Desde o coral inicial, “Kommt, ihr Töchter, helft mir klagen”, passando pela mais bela ária já composta para contralto, “Erbarme dich”, neste caso interpretada pelo contra-tenor Andreas Schöll, em minha opinião, esta é a obra mais importante de meu pai.

Herreweghe tem uma interpretação mais intimista, com coral e orquestra reduzidos, ao contrário das versões arrasa-quarteirão de Jochum (minha favorita), Klemperer, ou Karajan, que se utilizam de uma grande massa orquestral e vocal.

Neste site vocês irão encontrar comentários, críticas, a letra da obra, sua tradução para vários idiomas, inclusive para o português.

Enfim, não consigo imaginar uma forma melhor de se passar um domingo.

Johann Sebastian Bach (1685-1750) – Matthäeus-passion BWV 244 – Herreweghe

CD 1
01 – Kommt, ihr Töchter, helft mir klagen
02 – Da Jesus diese Rede vollendet hatte
03 – Herzliebster Jesu, was hast du verbrochen
04 – Da versammleten sich die Hohenpriester
05 – Du lieber Heiland du
06 – Buss und Reu
07 – Da ging hin der Zwölfen einer
08 – Blute nur, du liebes Herz
09 – Aber am ersten Tage der süssen Brot
10 – Ich bin’s, ich sollte büssen
11 – Er antwortete und sprach;
12 – Wiewohl mein Herz in Tränen schwimmt
13 – Ich will dir mein Herze schenken
14 – Und da sie den Lobgesang gesprochen hatten
15 – Erkenne mich, mein Hüter
16 – Petrus aber antwortete
17 – Ich will hier bei dir stehen
18 – Da kam Jesus mit ihnen zu einem Hofe
19 – O Schmerz! hier zittert das gequälte Herz
20 – Ich will bei meinem Jesu wachen
21 – Und ging hin ein wenig
22 – Der Heiland fällt vor seinem Vater nieder
23 – Gerne will ich mich bequemen
24 – Und er kam zu seinen Jüngern
25 – Was mein Gott will, das g’scheh’ allzeit
26 – Und er kam und fand sie aber schlafend
27 – So ist mein Jesus nun gefangen
28 – Und siehe, einer aus denen
29 – O Mensch, bewein’ dein Sünde groß

CD 2

01 – Ach! nun ist mein Jesus hin
02 – Die aber Jesum gegriffen hatten
03 – Mir hat die Welt trüglich gericht’t
04 – Und wiewold viel falsche Zeugen herzutraten
05 – Mein Jesus schweigt zu falschen Lügen stille
06 – Geduld, Geduld!
07 – Und der Hohepriester antwortete
08 – Wer hat dich so geschlagen
09 – Petrus aber saß draußen im Palast
10 – Erbarme dich
11 – Bin ich gleich von dir gewichen
12 – Des Morgens aber hielten alle Hohenpriester
13 – Gebt mir meinen Jesum wieder
14 – Sie hielten aber einen Rat
15 – Befiehl du deine Wege
16 – Auf das Fest aber hatte der Landpfleger
17 – Wie wunderbarlich ist doch diese Strafe
18 – Der Landpfleger sagte
19 – Er hat uns allen wohlgetan
20 – Aus Liebe will mein Heiland sterben
21 – Sie schrieen aber noch mehr
22 – Erbarm es Gott
23 – Können Tränen meiner Wangen

CD 3

01 – Da nahmen Kriegsknechte
02 – O Haupt voll Blut und Wunden
03 – Und da sie ihn verspottet hatten
04 – Ja! freilich will in uns das Fleisch und Blut
05 – Komm, süßes Kreuz
06 – Und da sie an die Stätte kamen
07 – Ach, Golgatha, unsel’ges Golgatha
08 – Sehet Jesus hat die Hand
09 – Und von der sechsten Stunde
10 – Wenn ich einmal soll scheiden
11 – Und siehe da, der Vorhang im Tempel zerriß
12 – Am Abend da es kühle war
13 – Mache dich, mein Herze, rein
14 – Und Joseph nahm den Leib
15 – Nun ist der Herr zu Ruh gebracht
16 – Wir setzen uns mit Tränen nieder

Tenor[Evangelist]: Ian Bostridge
Bass [Jesus]: Franz-Josef Selig
Soprano [arias, Pilatus’ wife]: Sibylla Rubens
Alto: Andreas Scholl
Tenor: Werner Güra
Bass: Dietrich Henschel
Bass [Pilatus]: Dietrich Henschel
Baritone [Judas & Priest 1]: Frits Vanhulle
Bass [Petrus & Priest 2]: Dominik Wörner
Alto [Witness]: Andreas Scholl
Tenor [Witness]: Werner Güra
Sopranos [Maids]: Elisabeth Hermans & Susan Hamilton

Chœur et Orchestre de Collegium Vocale Gent / Schola Cantorum Cantate Domino
Phillipe Herreweghe – Director

CD 1 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

CD 2 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

CD 3 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

19 comments / Add your comment below

  1. Caro FDP, eu estava procurando por este CD a muito tempo já, e queria dizer-lhe muito obrigado por esta contribuição muito especial neste dia de domingo.

    Abraços.

  2. FDP,

    Parabéns pelo sucesso em seu concurso. Será professor, então! Eu já sou, gosto do que faço. Mas, sim, adeus finais de semana. Estou trabalhando agora. Não esqueça dos seus parentes Bach nem dos aderentes à família (entre os quais, modestamente, me incluo).
    Bom trabalho,
    Rameau

  3. Desculpe-me a ignorância mais como faço para postar as obras que tenho no computador neste blog ? Que por sinal é incrível.

    Obrigado desde já uma abraço a todos.

  4. Quem diz que a música de J.S. Bach é fria e puramente cerebral certamente nunca ouviu a ária “Erbarme dich”. Ainda não ouvi em nenhuma ópera romântica uma passagem que me emocionasse de forma tão profunda. Bach foi extremamente generoso com o contralto ao longo de toda a Paixão: todas as árias para esse registro vocal são sublimes!

  5. Caro M. Rameau, na verdade, o concurso para o qual estava me preparando foi na semana passada, e o resultado ainda não saiu. Esta vaga que estou assumindo refere-se a outro concurso que fiz no final do ano passado, no qual tinha ficado em 2º lugar, e para o qual só agora fui chamado.

  6. Valeu FDP! Fico sinceramente agradecido!

    “Erbame Dich” e a “Mache Dich” são de levar lágrimas aos olhos. Mas eu tenho um carinho especial pela “Komm, süßes Kreuz”. Aquele cello não pertence a este mundo!

    Um abraço!

  7. Valeu pelo libretto! Eu procurava-o, mas não o encontrava. Vou ficar com a BWV 244 que já possuo: a de John Eliot Gardiner. Contento-me com ela.
    Obrigado!
    P.S.: Já encontrei a “Water Music” e também o “Messiah” com Hogwood e Emma Kirkby…

  8. É como se a essência divina escoasse através de meus ouvidos diretamente para dentro de minha alma.

    É como morrer e nascer de novo cada vez em que ouço um suspiro angelical transcrito através de figuras musicais por Bach.

    … se Deus realmente existir, ele fez muito bem a humanidade ao dar a nós Bach e sua obra.

    Obrigado PQP!
    R.

  9. Das obras sacras acho que só a Missa bwv 232 e o Messias do Haendel são mais importantes que a PX S .Mateus.
    A gravação é muito boa , Herreweghe melhora muito com a maturidade, a sua segunda Missa é bem melhor do que a primeira gravação que me pareceu ”Insossa”,meio ”à Harnoncourt”,porém acho que nada supera a gravação de Koopman em DVD para esta PX S. Mateus.

  10. Herreweghe trabalhou no início da carreira com Leonhardt e Harnoncourt e trouxe deles muitas características,graças a Deus, por isso mesmo as interpretações se assemelham tanto.

  11. Não gostei da versão do Karajan, não. Ele é muito bom para execução de sinfonias porque lhes dar uma medida apolínea sem perder o vigor. Agora esa versão dele é muito arrastada, lenta, entediada e perde a força de expressão. A melhor que já vi é a do Hewenge(é assim que se escreve?!) tanto para essa como outras de suas regências em música sacra.

Deixe uma resposta