Johann Sebastian Bach (1685-1750) – Invenções & Sinfonias – Tatiana Nikolayeva

Tenho um carinho muito especial pelo selo Olympia. Lembro de comprar CDs deles em uma livraria na Av. Paulista, quase esquina com a Rua da Consolação, creio que se chamava Livraria Belas Artes, lá nos idos dos inícios dos anos 90. Comprei algumas pérolas ali, de músicos dos quais nunca tinha ouvido falar até naquele momento, como Moura Lympani  e Tatiana Nikolayeva, e ali no meio ainda encontrava os medalhões Leonid Kogan, Emil Gilels e Sviatoslav Richter ou David Ostrakh. Esses nomes russos sempre me fascinaram. Esses Cds eram muito baratos, com o equivalente a R$ 50,00 saia dali com  vários cds. Eu os escolhia em um balaio de vime. Muita gente deve se lembrar deste endereço, pois essa Livraria estava sempre aberta, sábados, domingos, feriados, não importa, sempre era um ponto de parada para quem ia a uma sessão de cinema ou ali nos Cines Belas Artes, ou então em alguma outra sala ali na Av. Paulista.

Não creio que seja necessário apresentar Tatiana Nikolayeva, ela é figurinha carimbada aqui no PQPBach, e vai aparecer ainda mais nos próximos dias, graças ao incansável Vassily Grienrikovich, que está fazendo um trabalho hercúleo ao recuperar antigas postagens.

Mas Nikolayeva era uma artista extremamente versátil, e um de seus compositores favoritos foi nosso Papai Bach. Gravou tudo o que ele compôs para teclados.  A gravação que ora vos trago foi realizada em 1977, e apresenta uma das melhores interpretações que já ouvi destas Invenções e Sinfonias. Para quem não conhece, sugiro baixarem esse CD para melhor poderem apreciar o talento desta excepcional musicicista, que faleceu em 1993, aos 69 anos de idade. Os senhores poderão encontrar maiores informações sobre essa lenda do piano no site http://www.tatiana-nikolayeva.info/.

Espero que apreciem.

1 – 15 – Invenções BWV 772 a 786

16 – 30 – Sinfonias BWV 787 – 801

Tatiana Nikolaiyeva – Piano

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Tatiana Nikolayeva (1924-1993)

 

3 comments / Add your comment below

  1. Ela conheceu Shostakovich exatamente na competição Bach de 1950, na qual Shosta era um dos jurados. Ela deixou os jurados embasbacados porque levou os QUARENTA E OITO prelúdios e fugas prontos para execução. Esse evento foi uma das inspirações para o Shosta escrever a própria série de 24 prelúdios e fugas.

    Para se ter uma ideia, já ouvi pianistas dizerem que o Cravo Bem Temperado é mais difícil que as suítes inglesas, francesas e partitas, apesar de elas “soarem” mais difíceis para o leigo.

Deixe uma resposta