C. P. E. Bach (1714-1788): Der Frühling (A Primavera)

Carl Philipp Emanuel Bach é o mais famoso dos filhos de J.S. Bach. Sua obra é muito pessoal, distinta de tudo que se ouviu antes e depois. Ele tinha voz e estilo próprios. Meu meio-irmão escreveu um grande número de concertos para vários instrumentos e peças de teclado. Mas também se destacou na música vocal, continuando a tradição familiar, compondo, entre outros gêneros, cantatas e canções sacras e seculares. Suas peças respeitam as regras do estilo barroco mas também insinuam o alvorecer do clássico, posteriormente representado por Haydn e Mozart. O extraordinário grupo Café Zimmermann tem incluído a música de C. P. E. Bach em seus programas há anos. Quem ouve o sensacional Café Zimmermann, vai querer ouvir mais CPE. Palavra de PQP. Esta é uma parceria do Zimmermann com o tenor inglês Rupert Charlesworth. Vale a pena baixar.

O tenor Rupert Charlesworth

O tenor Rupert Charlesworth

C. P. E. Bach (1714-1788): Der Frühling (A Primavera)

01. Der Frühling, Wq. 237 – ,
02. Sinfonia in A Minor for Two Violins and Basso Continuo, Wq. 156: I. Allegro assai –
03. Sinfonia in A Minor for Two Violins and Basso Continuo, Wq. 156: II. Andantino –
04. Sinfonia in A Minor for Two Violins and Basso Continuo, Wq. 156: III. La coorl, tempo di minuetto –
05. Three Arias for Tenor, Wq. 211: I. Edle Freiheit, Götterglück – ,
06. Three Arias for Tenor, Wq. 211: II. Himmelstochter, Ruf der Seelen – ,
07. Three Arias for Tenor, Wq. 211: III. Reiche bis zum Wolkensitze – ,
08. Trio Sonata in B-Flat Major for Two Violins and Basso Continuo, Wq. 158: I. Allegretto –
09. Trio Sonata in B-Flat Major for Two Violins and Basso Continuo, Wq. 158: II. Largo con Sordini –
10. Trio Sonata in B-Flat Major for Two Violins and Basso Continuo, Wq. 158: III. Allegro –
11. Fürsten sind am Lebensziele, Wq. 214 – ,
12. Selma, Wq. 236 – ,
13. Sonatina in D Minor, Wq. 104: I. Adagio –
14. Sonatina in D Minor, Wq. 104: II. Allegro, ma non troppo –
15. Sonatina in D Minor, Wq. 104: III. Allegretto –

Café Zimmermann & Rupert Charlesworth

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

A gurizada do Café Zimmermann

A gurizada do Café Zimmermann

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

J. S. Bach (1685-1750): Bach Attributions

IM-PER-DÍVEL !!!

Por uma dessas coisas inexplicáveis, a obra para órgão de Bach está fora de moda. Algumas pessoas acham que o som do órgão é tão irritante quanto os padres pedófilos de Ratzinger, mas é bem no órgão que Bach realiza suas maiores experimentações. (Ah, acharam que eu ia fazer uma piada com o órgão sequiçual, né?) Mas retornemos ao que interessa: o que há de peças amalucadas na Orgelwerke é uma grandeza! E eu gosto. Muito! Este CD é sensacional por diversas razões.

(1) O organista é do caralho (ou do órgão, como queiram);
(2) O repertório, apesar de evitar os experimentalismos, está longe dos lugares-comuns;
(3) A produção da Hyperion é fodal;
(4) O CD está fora de catálogo até em Marte e
(5) Fique tranquilo, você não terá de ouvir a Toccata e Fuga em Ré Menor novamente.

E ah, vocês sabem como era a nossa família. Vinte filhos e aquele entra e sai de alunos, todos interpretando peças de sua preferência e criando outras. Então, alguns historiadores de ejaculação precoce pegaram tudo isso e disseram que era de Johann Sebastian, mas nem sempre era… Neste disco há peças de vários Bachs, de outros agregados que tentavam comer minhas irmãs e de todo o tipo de gente que queria a cerveja de meu pai. Bem, era uma zona e até isso se reflete neste baita CD.

J. S. Bach (1685-1750): Bach Attributions

Johann Sebastian Bach:
1. Prelude & Fugue No.1 in C major, BWV 553 <— Sensacional

Gottfried August Homilius
2. ‘Schmücke Dich, O Liebe Seele’, BWV 759

Johann Sebastian Bach:
3. Prelude & Fugue No.2 in D minor, BWV 554
4. ‘Jesu, Der Du Meine Seele’, BWV 752
5. ‘Wie Schön Leuchtet Der Morgenstern’, BWV 763
6. ‘O Herre Gott, Die Göttlich’s Wort’, BWV 757
7. Prelude & Fugue No.3 in E minor, BWV 555
8. ‘Ach Gott Und Herr’, BWV 692
9. ‘Ach Gott Und Herr’, BWV 693
10. Prelude & Fugue No.4 in F major, BWV 556

Georg Boehm
11. ‘Vater Unser Im Himmelreich’, BWV 760 <— Genial! Esse merecia uma das minhas irmãs púberes
12. ‘Vater Unser Im Himmelreich’, BWV 761

Johann Sebastian Bach
13. Prelude & Fugue No.5 in G major, BWV 557 <— quasi scherzando

Carl Philipp Emanuel Bach
14. ‘Aus Der Tiefe Rufe Ich’, BWV 745 <— Prêmio Ademir da Guia de “Quem sai aos seus não degenera”

Johann Caspar Fischer
15. ‘Christ Ist Erstanden’, BWV 746 <— Por esta composição recebeu a punição máxima de meu pai: uma hora de costas na frente de um clérigo ‘celibatário’ católico

Johann Sebastian Bach
16. Prelude & Fugue No.6 in G minor, BWV 558
17. ‘Auf Meinen Lieben Gott’, BWV 744 <— Sofrível, pai. O que houve?

Johann Gottfried Walther
18. ‘Gott Der Vater Wohn Uns Bei’, BWV 748 <— Tão bom quanto o jovem atacante do Inter! No ângulo, Walther! Podes escolher qualquer das púberes do harém bachiano!

Johann Sebastian Bach
19. Fugue in G major, BWV 581 <— A recuperação do véio
20. ‘Nun Ruhen Alle Wälde’, BWV 756
21. Prelude & Fugue No.7 in A minor, BWV 559
22. ‘Herr Jesu Christ, Dich Zu Uns Wend’, BWV 749 <— Simplesinho, mas bonitinho
23. ‘Herr Jesu Christ, Meines Lebens Licht’, BWV 750

Johann Michael Bach
24. ‘In Dulci Jubilo’, BWV 751 <— Esse aí era o tio, pai da Maria Bárbara, primeira mulher de meu pai. Péssimo, coitado

Johann Sebastian Bach
25. Prelude & Fugue No.8 in B-flat major, BWV 560
26. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 1 <— Vcs já viram uma obra de variações de meu pai que fosse ruim? Não existe!
27. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 2
28. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 3
29. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 4
30. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 5
31. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 6
32. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 7
33. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 8
34. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 9
35. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 10
36. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 11
37. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 12
38. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 13
39. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 14
40. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 15
41. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 16
42. Partita ‘Allein Gott In Der Höh Sei Ehr’, BWV 771: Var 17

Christopher Herrick, organ

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Herrick parece normal, mas não esqueçam que os organistas são pessoas bastante estranhas.

Herrick parece normal, mas não esqueçam que os organistas são pessoas bastante estranhas.

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

18º Festival de Música de Juiz de Fora: Franz Joseph Haydn (1732-1809) + C.P.E. Bach (1714-1788) + Pe. José Maurício Nunes Garcia (1767-1830) – Acervo PQPBach

261k8jo18º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora
2007

Com instrumentos de época. On period instruments.

Repostagem com novos e atualizados links.

Uma celebração especial

Esta postagem tem o objetivo especial de celebrar o retorno do mais completo website sobre a vida e obra do Pe. José Maurício Nunes Garcia, que ficou 2 anos fora do ar. Devemos essa obra prima a Antonio Campos Monteiro Neto, que dedicou 2 anos para remontar e atualizar o site.

Nao deixe de visitar. IM-PER-DÍ-VEL!!!
http://www.josemauricio.com.br/

Palhinha: ouçam 01. Abertura em Ré Maior

Franz Joseph Haydn  (1732-1809)
01. Sinfonia em Ré Maior, Hob. 104 “Londres”, Adagio – Allegro
02. Sinfonia em Ré Maior, Hob. 104 “Londres”, Andante
03. Sinfonia em Ré Maior, Hob. 104 “Londres”, Menuet
04. Sinfonia em Ré Maior, Hob. 104 “Londres”, Finale – Spiritoso
C.P.E. Bach (1714-1788)
05. Sinfonia em Ré Maior Wt 183, Allegro di Molto
06. Sinfonia em Ré Maior Wt 183, Largo
07. Sinfonia em Ré Maior Wt 183, Presto

Pe. José Maurício Nunes Garcia (1767-1830, Rio de Janeiro, RJ)
08. Abertura em Ré Maior
09. Sinfonia Fúnebre (1790)
10. Ouverture “Que Expressa Relâmpagos e Trovoadas”

18° Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora – 2007
Orquestra Barroca
Regente: Luis Otávio Santos

.
2jcbrlsBAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 300,3 MB | 1,0 h

BAIXE AQUI– DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 127,6 MB | 1,0 h
powered by iTunes 12.1.0

.
.
Boa audição.

xd7ir

 

 

 

 

Avicenna

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

C. P. E. Bach, John Cage, Tigran Mansurian, Franz Liszt, Michail Glinka, Frédéric Chopin, Valentin Silvestrov, Claude Debussy e Béla Bartók: Alexei Lubimov — Der Bote — Elegias para Piano


IM-PER-Dí-VEL !!!

Maravilhoso disco formado por dez peças menores de compositores que apenas se unem por terem sido vanguardistas em seu tempo. Num recital que abarca 3 séculos, o pianista Lubimov dá uma aula sobre como montar um repertório erudito. Inicia com uma daquelas estranhas Fantasias do mano CPE que, para falar com a inteligência de Maitê Proença, é tudo di bom. Numa demonstração de parentesco inteiramente provocativa, mas pertinente, Lubimov dá seguimento ao recital com In a landscape, de John Cage. É notável como ambas combinam. E depois ele segue adiante com uma série de peças meditabundas. O mosaico fica lindo. O CD é da ECM. Com efeito, Manfred Eicher veio ao mundo para viabilizar as idéias mais doidas dos artistas. E para nos mostrar fatos nunca dantes pressentidos.

Alexei Lubimov – Der Bote

1 Carl Philipp Emanuel Bach: Fantasie für Klavier f-Moll
2 John Cage: In a landscape
3 Tigran Mansurian: Nostalgia
4 Franz Liszt: Abschied
5 Michail Glinka: Nocturne f-Moll “”La séparation””
6 Frédéric Chopin: Prélude c-Moll op. 45
7 Valentin Silvestrov: Elegie
8 Claude Debussy: Elégie
9 Béla Bartók: Vier Klagelieder op. 9a, Nr. 1
10 Valentin Silvestrov: Der Bote

Alexei Lubimov, Piano

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Grande Lubimov!

Grande Lubimov!

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

J. S. Bach / C. P. E. Bach / François Couperin: Caderno de Notas de Anna Magdalena Bach


IM-PER-DÍ-VEL !!!

Anna Magdalena Bach (née Wilcken) foi a segunda esposa de meu pai, Johann Sebastian. Ela era excelente cantora e boa cravista. Quando do casamento, a família deu-lhe de presente um enorme caderno de notas para que ela praticasse sua arte em casa. Ah, nada como o amor dos primeiros anos! O caderno era realmente imenso e há diversas coletâneas gravadas com repertórios bastante diferentes. A sedução destes CDs é sua diversidade e alta qualidade. Neste aqui, McGegan e grupo fizeram uma bela escolha e a interpretam de forma entusiasmante. O disco é nada menos do que sensacional, trazendo para nós um pouco do som e da cerveja da casa de meu pai. Nós éramos mais ou menos pobres, mas assevero-vos, só materialmente.

J. S. Bach / C. P. E. Bach / François Couperin:
Caderno de Notas de Anna Magdalena Bach

1. French Ste No.1 in d BWV 812: Allemande
2. French Ste No.1 in d BWV 812: Courante
3. French Ste No.1 in d BWV 812: Sarabande
4. French Ste No.1 in d BWV 812: Minuet I & II
5. French Ste No.1 in d BWV 812: Gigue
6. Aria,’Bist Du Bei Mir’ BWV 508
7. Aria,’Willst Du Mein Herz Mir Schenken’ BWV 518
8. C.P.E.Bach: Solo
9. C.P.E.Bach: Polonaise in g
10. C.P.E.Bach: March in D
11. March in E flat
12. F. Couperin: Rondeau in b flat
13. Chorale, ‘Wer Nur Den Liebe Gott Lasst Walten’ BWV 691
14. ‘Goldberg’ Vars: Aria BWV 998,1
15. BWV 82: (Recitative, ‘Ich Habe Genug’
16. BWV 82: Aria, ‘Schlummert Ein’
17. Aria ‘Gedenke Doch, Mein Geist’ BWV 509
18. French Ste No.2 in c BWV 813,1-3 : Allemande
19. French Ste No.2 in c BWV 813,1-3 : Courante
20. French Ste No.2 in c BWV 813,1-3 : Sarabande
21. Prld No. 1 in C BWV 846,1 (From The Well-Tempered Clavier, Book 1)
22. Hasse: Polonaise in G
23. Polonaise in d
24. Polonaise in g
25. Polonaise in F
26. Petzold: Minuets (Da Capo))
27. Musette in A, BWV Anh.126
28. Bohm: ‘Menuet Fait Par M. Bohm’
29. Minuet in G, BWV Anh.116

Lorraine Hunt-Lieberson, mezzo-soprano
David Bowles, cello
Nicholas McGegan, harpsichord & clavichord

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Dizem que esta foi Anna Magdalena Bach

Dizem que esta foi Anna Magdalena Bach

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

C.P.E.Bach (1714-1788): Württemberg Sonatas

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Clica antes aqui, malandro! Depois clica ali embaixo no melhor disco de 2014 na categoria Baroque Instrumental da revista Gramophone. Ah, pois é, né?

Eu tenho um álbum triplo (CDs) com as Württemberg Sonatas. Ouvi só uma vez, achei-as chatas. Então, quando abordei este CD, fui com cuidado… Quanta diferença! Gravação de estreia do maravilhoso cravista Mahan Esfahani, aqui temos seis destas sonatas escritas entre 1742 e 43 e publicadas em 1744. Esfahani é imaginativo, tem concepção e compreensão maduras de meu irmão CPE. Perfeitos modelos de Sturm und Drang, Carl Philipp Emanuel Bach faz aqui a declaração mais combativa da nova linguagem musical que iria soterrar o barroco. Mas só dá para concluir isso ouvindo ESTE registro imbatível.

C.P.E.Bach (1714-1788): Wurttemberg Sonatas

01] Sonata in Am, H30 – 1 Moderato
02] Sonata in Am, H30 – 2 Andante
03] Sonata in Am, H30 – 3 Allegro assai

04] Sonata in Ab, H31 – 1 Un poco allegro
05] Sonata in Ab, H31 – 2 Adagio
06] Sonata in Ab, H31 – 3 Allegro

07] Sonata in Em, H33 – 1 Allegro
08] Sonata in Em, H33 – 2 Adagio
09] Sonata in Em, H33 – 3 Vivace

10] Sonata in Bb, H32 – 1 Un poco allegro
11] Sonata in Bb, H32 – 2 Andante
12] Sonata in Bb, H32 – 3 Allegro

13] Sonata in Eb, H34 – 1 Allegro
14] Sonata in Eb, H34 – 2 Adagio
15] Sonata in Eb, H34 – 3 Allegro assai

16] Sonata in Bm, H36 – 1 Moderato
17] Sonata in Bm, H36 – 2 Adagio non molto
18] Sonata in Bm, H36 – 3 Allegro

Mahan Esfahani, cravo

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Mahan Esfahani -- sim, um menino.

Mahan Esfahani — sim, um menino.

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

C.P.E. Bach (1714-1789) e Alessandro Marcello (1673-1747): Concertos para Oboé

Um bom disco daquele que foi meu irmão mais talentoso. Wilhelm Friedemann era um beberrão, Johann Christian desconsiderava nosso pai, eu era apenas um bastardo e papai ficava mesmo satisfeito com Carl Philipp Emanuel, que tinha inteligência suficiente para ver que nosso pai era o monumento ao qual todos reverenciam hoje, tanto que o convidava para se apresentar nas Cortes onde trabalhava. Estes concertos são bastante bons. Diria que o Wq. 165 é uma obra-prima bem típica de mano CPE. O tema curto e repetitivo de alguns primeiros movimentos de CPE encasquetaram e marcaram o cidadão Beethoven. Espantosa também é a Sonata para oboé solo. Uma joia. O concerto de Marcello que fecha o disco se faz presente por motivos óbvios: é bom, popular e foi a única coisa talentosa que o italiano escreveu. Então, é melhor deixá-lo em boa companhia e não com os outros rebentos do compositor, um bando de delinquentes inúteis

C.P.E. Bach (1714-1789) e Alessandro Marcello (1673-1747): Concertos para Oboé

Bach, Carl Philipp Emanuel
Oboe Concerto in B-Flat Major, Wq. 164, H. 466
1. I. Allegretto 00:08:16
2. II. Largo e mesto 00:07:08
3. III. Allegro moderato 00:05:54

Oboe Concerto in E-Flat Major, Wq. 165, H. 468
4. I. Allegro 00:06:40
5. II. Adagio ma non troppo 00:07:02
6. III. Allegro ma non troppo 00:06:03

Oboe Sonata Solo in A Minor, Wq. 132, H. 562
7. I. Poco adagio 00:04:27
8. II. Allegro 00:05:24
9. III. Allegro 00:04:45

Marcello, Alessandro
Oboe Concerto in D Minor
10. I. Andante e spiccato 00:03:15
11. II. Adagio 00:04:19
12. III. Presto 00:04:05

Jozsef Kiss, oboé
Budapest Ferenc Erkel Chamber Orchestra

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Alessandro Marcello: já tivemos homens mais belos em nosso grande blog.

Alessandro Marcello: já tivemos homens mais belos em nosso blog.

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

C.P.E. Bach (1714-1788) – Symphonies, Cello Concertos – Leonhardt – Bylsma

coverRepostagem !!!! Link revalidado !!!

Sensacional álbum duplo!

Gosto muito dessas obras do maninho CPE, ainda mais interpretadas por dois especialistas neste repertório, Leonhardt e Bylsma. E já fazia algum tempo que eu procurava uma boa gravação, principalmente dos concertos para violoncelo. Os clientes da amazon foram unânimes ao darem 5 estrelas para este cd. Outra gravação que pode facilmente ser classificada como IM-PER-DÍ-VEL!!!”

Emprestei do blog do aliomodo o seguinte texto, que ele tirou da conceituada revista Gramophone:

Preciso dizer mais alguma coisa? Ah sim, podem apreciar sem moderação.

C.P.E. Bach – Symphonies, Cello Concertos – Leonhardt – Bylsma

CD 1

1. Symphony No. 1 in D Wq 183 (H663): I. Allegro di molto
2. Symphony No. 1 in D Wq 183 (H663): II. Largo
3. Symphony No. 1 in D Wq 183 (H663): III. Presto
4. Symphony No. 2 in E flat Wq183 (H664): I. Allegro di molto
5. Symphony No. 2 in E flat Wq183 (H664): II. Larghetto
6. Symphony No. 2 in E flat Wq183 (H664): III. Allegretto
7. Symphony No. 3 in F Wq183 (H665): I. Allegro di molto
8. Symphony No. 3 in F Wq183 (H665): II. Larghetto
9. Symphony No. 3 in F Wq183 (H665): III. Presto
10. Symphony No. 4 in G Wq183 (H666): I. Allegro assai
11. Symphony No. 4 in G Wq183 (H666): II. Poco andante
12. Symphony No. 4 in G Wq183 (H666): III. Presto
13. Symphony No.5 in B minor Wq182 (H661): Allegretto
14. Symphony No.5 in B minor Wq182 (H661): Larghetto
15. Symphony No.5 in B minor Wq182 (H661): Presto

Cd 2

1. Cello Concerto in A major Wq.172 / H.439 (Cadenzas: Anner Bylsma): I. Allegro
2. Cello Concerto in A major Wq.172 / H.439 (Cadenzas: Anner Bylsma): II. Largo con sordini, mesto
3. Cello Concerto in A major Wq.172 / H.439 (Cadenzas: Anner Bylsma): III. Allegro assai
4. Cello Concerto in A minor, Wq.170 / H.439 (Cadenzas: Anner Bylsma): I. Allegro assai
5. Cello Concerto in A minor, Wq.170 / H.439 (Cadenzas: Anner Bylsma): II. Andante
6. Cello Concerto in A minor, Wq.170 / H.439 (Cadenzas: Anner Bylsma): III. Allegro assai
7. Cello Concerto in B flat major, Wq.171 / H.436 (cadenzas: Anner Bylsma): I. Allegretto
8. Cello Concerto in B flat major, Wq.171 / H.436 (cadenzas: Anner Bylsma): II. Adagio
9. Cello Concerto in B flat major, Wq.171 / H.436 (cadenzas: Anner Bylsma): III. Allegro assai

Anner Bylsma – Cello
Orchestra Of The Age Of Enlightenment
Gustav Leonhardt – Conductor

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FDPBach

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

J. S. Bach e filhos: 5 Concertos para Piano

bach front KatsarisPostagem de 2010.

Hoje, PQP já deve estar em Londres para assistir à Oitava de Mahler… Talvez esta seja sua última postagem de novembro, mas calma, só ele estará em férias. Enquanto isso, ouçam este divertidíssimo CD onde Bach chega junto com sua filharada legal, mas sem mim, o bastardo. Katsaris é assim mesmo, um pianista divertido e bom.

Baita CD!

J. S. Bach e filhos: 5 Concertos para Piano

Johann Sebastian Bach
1. Concerto No. 4 for Harpsichord (Piano) and Strings in A Major, BWV 1055: I. Allegro
2. Concerto No. 4 for Harpsichord (Piano) and Strings in A Major, BWV 1055: II. Larghetto
3. Concerto No. 4 for Harpsichord (Piano) and Strings in A Major, BWV 1055: III. Allegro ma non tanto

Wilhelm Friedemann Bach
4. Concerto for Harpsichord (Piano), Strings and Basso continuo in E Minor, FK 43: I. Allegretto
5. Concerto for Harpsichord (Piano), Strings and Basso continuo in E Minor, FK 43: II. Adagio (Cadenza: Cyprien Katsaris)
6. Concerto for Harpsichord (Piano), Strings and Basso continuo in E Minor, FK 43: III. Allegro assai

Johann Christian Bach
7. Concerto for Harpsichord or Piano and Strings in C major, Op. 7/1: I. Allegretto
8. Concerto for Harpsichord or Piano and Strings in C major, Op. 7/1: II. Minuetto
9. Concerto for Harpsichord (Piano) and Strings in E Major, Wf.II.1: I. Allegro

Johann Christoph Friedrich Bach
10. Concerto for Harpsichord (Piano) and Strings in E Major, Wf.II.1: II. Adagio
11. Concerto for Harpsichord (Piano) and Strings in E Major, Wf.II.1: III. Allegro moderato
12. Concerto for Harpsichord (Piano) and Orchestra in C Minor, Wq 43/4: I. Allegro assai

Carl Philipp Emanuel Bach
13. Concerto for Harpsichord (Piano) and Orchestra in C Minor, Wq 43/4: II. Poco adagio
14. Concerto for Harpsichord (Piano) and Orchestra in C Minor, Wq 43/4: III. Tempo di minuetto
15. Concerto for Harpsichord (Piano) and Orchestra in C Minor, Wq 43/4: IV. Allegro assai

Cyprien Katsaris
Orchestre de Chambre du Festival d’Echternach
Yoon K. Lee

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Cyprien Katsaris: tesão

Cyprien Katsaris: tesão

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Carl Phillip Emanuel Bach: Symphonies For Strings – Trevor Pinnock, The English Concert

1aAdoro essas obras do mano Carl Phillip. Mostram todo o seu talento e versatilidade. E o mais importante, mostram um compositor maduro, conhecedor do momento histórico que viveu, rompendo definitivamente com o barroco e trazendo ao mundo o estilo que ficou conhecido como Clássico, ou classicismo. Em sua obra podemos reconhecer Haydn, Mozart, este último mesmo foi muito influenciado pela obra de Carl Phillip.

Sou absolutamente fascinado por essa gravação de Trevor Pinnock. Ele conseguiu dar um brilho único e uma vivacidade única à essas obras.

Para quem não conhece a obra de C.P.E. Bach, com certeza essa é uma grande introdução.

Carl Phillip Emanuel Bach: Symphonies For Strings – Trevor Pinnock, The English Concert

1 – I Allegro di molto (Symphony no.1 in G major)
2 – II Poco Adagio (Symphony no.1 in G major)
3 – III Presto (Symphony no.1 in G major)
4 – I Allegro di molto (Symphony no.2 in B flat major )
5 – II Poco Adagio (Symphony no.2 in B flat major )
6 – III Presto (Symphony no.2 in B flat major )
7 – I Allegro Assai (Symphony no.3 in C major)
8 – II Adagio (Symphony no.3 in C major)
9 – III Allegretto (Symphony no.3 in C major)
10 – I Allegro, ma non troppo (Symphony no.4 in A major)
11 – II Largo ed innocentemente (Symphony no.4 in A major)
12 – III Allegro assai (Symphony no.4 in A major)
13 – I Allegretto (Symphony no.5 in B minor)
14 – II Larghetto (Symphony no.5 in B minor)
15 – III Presto (Symphony no.5 in B minor)
16 – I Allegro di molto (Symphony no.6 in E major)
17 – II Poco Andante (Symphony no.6 in E major)
18 – III Allegro Spirituoso (Symphony no.6 in E major)

The English Concert
Trevor Pinnock – Conductor

BAIXAR AQUI – DOWNLOAD HERE

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Alessandro Scarlatti / Górecki / C.P.E. Bach / Geminiani / Reich / J.S. Bach: Time Present And Time Past

IM-PER-DÍ-VEL !!!

CD belíssimo, absolutamente notável e anormal — às vezes parece até uma tese — deste brilhante facefriend que sofre de insônia e que, para relaxar, costuma postar gravações suas feitas a partir de seu iPhone, dando belas explicações sobre cada obra que está estudando… É uma insônia muito produtiva! O multipremiado Mahan Esfahani recebeu todos os prêmios de melhor CD de música barroca de 2014 por suas interpretações das Württemberg Sonatas, de C.P.E. Bach e pelo visto vai de novo com este Time Present and Time Past. Um outro amigo resumiu bem no Facebook o que é este CD:

Muito foda. A seleção do repertório é tão brilhante quanto a interpretação. Fazer-nos escutar o concerto de Bach sobre Vivaldi com uma cadenza de Brahms depois de Reich e Górecki foi um achado. Longa vida ao garoto!!!

Sim, o disco alterna obras barrocas e modernas e… a gente acha natural e que têm tudo a ver. Longa vida a Mahan Esfahani e que possamos ver até onde ele vai chegar. É um cara talentosíssimo, comunicativo e que quebra inteiramente a distância entre si e seu público. Acho que está identificado o Gustav Leonhardt de nosso tempo. Abaixo, ele improvisa com extraordinário talento sobre a Fantasia (sem a fuga) Cromática de Bach.

Alessandro Scarlatti / Górecki / C.P.E. Bach / Geminiani / Reich / J.S. Bach:
Time Present And Time Past

Alessandro Scarlatti
01 06:27 VARIATIONS ON “LA FOLLIA”

Henryk Górecki — HARPSICHORD CONCERTO, OP. 40
02 04:25 1. ALLEGRO MOLTO
03 04:07 2. VIVACE

Carl Philipp Emanuel Bach
04 07:14 12 VARIATIONS ON “LA FOLIA D’ESPAGNE” IN D MINOR, WQ. 118, NO. 9 –

Francesco Geminiani
05 11:45 CONCERTO GROSSO IN D MINOR

Steve Reich
06 16:37 PIANO PHASE FOR TWO PIANOS

Johann Sebastian Bach — HARPSICHORD CONCERTO IN D MINOR, BWV 1052
07 07:49 1. ALLEGRO
08 06:38 2. ADAGIO
09 08:25 3. ALLEGRO (CADENZA: JOHANNES BRAHMS)

G. F. Handel
10. 05:15 Handel Chaconne In G Major For Harpsichord. HWV 435

Mahan Esfahani, cravo

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Mahan Esfahani após dizer que sua 'big mouth' tinha dito bobagens numa entrevista à BBC

Mahan Esfahani após dizer que sua ‘big mouth’ tinha dito bobagens numa entrevista à BBC.

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Guia dos Instrumentos antigos 6/8 – Nos tempos de Bach / Os filhos de Bach

ES-PE-TA-CU-LAR !!!

Os arquivos foram todos renomeados e o livro tem o texto reconhecível graças ao trabalho do Igor Freiberger! Mais uma contribuição impagável!

Livro com oito CDs fenomenalmente cedido pelo internauta Camilo Di Giorgi! Não tem preço!!!

Tem na Amazon: aqui.

Hoje o Guia dos Instrumentos Antigos atinge o cerne do barroco! Aí estão o pai/chefe/inspiração deste blog Johann Sebastian Bach e seu colega Telemann, além de outros menos afamados que os mestres acima. O final do Cd já anuncia o caminho pra o classicismo com os filhotes de Bach Pai.

Aqui, o destaque é para os sopros: clarinetes, chalumeaus, oboés e flautas desfilam seus belos timbres por todo o álbum. Está um primor!

página 98 livro, note que, quando o instrumento é utilizado em alguma faixa dos áudios, ficam assinalados o CD e a faixa em frente ao seu nome.

Fotos e desenhos da família do oboé na página 112.

Já passamos da metade. Desde domingo passado, iremos até o domingo que vem com uma postagem deste conjunto ao dia, e disponibilizaremos o livro escaneado integralmente na última postagem.

IM-PER-DÍ-VEL!!!
Ouça! Leia! Estude! Divulgue e… Deleite-se!

Guide des Instruments Anciens – CD6
Nos tempos de Bach / Os filhos de Bach

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE – PQPShare 183Mb

Caso você tenha perdido algum dos CDs anteriores desta coletânea IM-PER-DÍ-VEL, aqui estão as postagens anteriores: CD1CD2, CD3, CD4 e CD5. Aproveite!

Coleção supimpa, heim! Então deixe umas palavrinhas pra gente. Comente!

— Meu bem, vira pra cá, por favor, porque não tô escutando o alaúde!

Avicenna & Bisnaga

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Carl Phillip Emanuel Bach – Doppelkonzert fur Cembalo, Fortepiano und Orchester Es-dur Wq.47, Sonatine fur 2 Cembali und Orchester D-dur Wq.109, Doppelkonzert fur 2 Cembali, Fortepiano und Orchester F-dr Wq. 46 – Leonhardt, Immerseel, Curtis, Kelley, Collegium Aureum

IMG_0001O conjunto Collegium Aureum foi fundado em 1962 na Alemanha, e sua especialidade é a música barroca tocada em instrumentos e orientações de época.
Vou trazer nas próximas postagens, algumas pérolas que este extraordinário conjunto gravou em seus cinquenta e três anos de existência.
Nesta primeira postagem, temos dois concertos duplos de C.P.E. Bach, o filho mais talentoso do nosso mentor Johann Sebastian. A formação é um tanto quanto exótica, mas serve para melhor compreendermos o processo de transição entre e o barroco e o clacissismo, e a ascensão do pianoforte enquanto instrumento solista.
E só tem fera nessas gravações, gente que respira música barroca já há décadas, como Gustav Leonhardt, Alan Curtis e Jos van Immerseel.

1 Doppelkonzert fur Cembalo, Fortepiano und Orchester Es-dur Wq.47 – 1. Allegro di molto
2 2. Larghetto
3 3. Prestto

Eric Lynn Kelley – Harpsichord
Jos van Immerseel – Fortepiano

4 Sonatine fur 2 Cembali und Orchester D-dur Wq.109 Presto – Tempo di Minuetto

Eric Lynn Kelley – Harpsichord

5 1. Doppelkonzert fur 2 Cembali, Fortepiano und Orchester F-dur Wq. 46 I. Allegro
6 2. Largo
7 3. Allegro assai

Alan Curtis – Fortepiano
Gustav Leonhardt – Harpsichord
Collegium Aureum

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

 

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Carl Phillip Emanuel Bach (1714-1788) – CPE Bach Project – Ophélie Gaillard – Pulcinella Orchestra

AP080 - sleeveMais um belo CD que mostra o talento desta excepcional voloncelista, Ophélie Gaillard. Já postei outros cds com algumas destas obras, com músicos igualmente excepcionais, e lhes garanto que a francesa está no mesmo nível. Oferece uma leitura mais crua, eu diria, e o excelente conjunto Pulcinella é um destaque à parte. Sugiro aos senhores que ouçam esse CD com fones de ouvido, para melhor poder apreciar os timbres dos instrumentos, principalmente do violoncelo solista.

01 – Concerto pour violoncelle en La Mineur, Wq 170-I. allegro assai
02 – Concerto pour violoncelle en La Mineur, Wq 170-II. andante
03 – Concerto pour violoncelle en La Mineur, Wq 170-III. allegro assai
04 – Sinfonia No. 5 en Si Mineur, Wq 182-I. allegretto
05 – Sinfonia No. 5 en Si Mineur, Wq 182-II. larghetto
06 – Sinfonia No. 5 en Si Mineur, Wq 182-III. presto
07 – Concerto pour violoncelle en La Majeur, Wq 172-I. allegro
08 – Concerto pour violoncelle en La Majeur, Wq 172-II. largo
09 – Concerto pour violoncelle en La Majeur, Wq 172-III. allegro assai

Ophélie Gaillard
Pulcinella Orchestra

Leader – Violon solo : Thibault Noally
Violin – Violon I : David Chivers, Jean-Marc Haddad, Anastasia
Shapoval, Inigo Aranzasti Pardo
Violin – Violon II : Nicolas Mazzoleni, Charlotte Grattard,
Roldan Bernabé Carrion, Alexandrine Caravassilis
Violas – Altos : Patricia Gagnon, Pierre Vallet
Cellos – Violoncelles : Ophélie Gaillard, Claire Gratton
Double bass – Contrebasse : Joseph Carver
Fortepiano – Pianoforte : Francesco Corti
10 – Sonate en Ut Mineur pour deux violons et basse ”Sanguineus & Melancholicus”, Wq 161-I. allegretto
11 – Sonate en Ut Mineur pour deux violons et basse ”Sanguineus & Melancholicus”, Wq 161-II. adagio
12 – Sonate en Ut Mineur pour deux violons et basse ”Sanguineus & Melancholicus”, Wq 161-III. allegro

Thibault Noally, violin – violon I
Nicolas Mazzoleni, violin – violon II
Ophélie Gaillard, cello – violoncelle
Francesco Corti, fortepiano – pianoforte

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

 

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788): Magnificat / Motet “Heilig ist Gott” / Sinfonie in D major, Wq 183/1

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Clica antes aqui, malandro! Depois clica ali embaixo no melhor disco de 2014 na categoria Baroque Vocal da revista Gramophone. Ah, pois é, né?

Que disco espetacular, que disco maravilhoso, que interpretações, que coral, que orquestra! Papai Johann Sebastian foi insuperável, mas seu filho Carl Philipp Emanuel Bach foi um imenso compositor. E hoje ele veio trabalhar comigo. Foram minutos gloriosos de fones de ouvido e caminhada junto com o Magnificat e as outras peças do CD. Querem saber? Fiquei dando voltas nas quadras próximas de meu trabalho para não chegar tão cedo. Mas não contem para a minha chefe, tá?

Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788):
Magnificat / Motet “Heilig ist Gott” / Sinfonie in D major, Wq 183/1

Magnificat, Wq 215
1. Chor. Magnificat anima mea Dominum 2:54
2. Arie. Quia respexit humilitatem 5:32
3. Arie. Quia fecit mihi magna 3:59
4. Chor. Et misericordia eius 3:59
5. Arie. Fecit potentiam in bracchio suo 3:37
6. Duett. Deposuit potentes de sede 5:52
7. Arie. Suscepit Israel puerum suum 4:43
8. Chor. Gloria Patri et Filio 1:49
9. Chor. Sicut erat in principio 5:27

Heilig ist Gott, Wq 217
1. Ariette. Herr, wert, daß Scharen der Engel 1:44
2. Chor der Engel und Völker. Heilig, heilig, heilig ist Gott 6:08

Sinfonie in D major, Wq 183/1
1. Allegro di molto 5:47
2. Largo 1:34
3. Presto 2:51

Berlin RIAS Chamber Choir
Hans-Christoph Rademann

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Akademie für Alte Musik, de Berlin -- uma orquestra sensacional

Akademie für Alte Musik, de Berlin — uma orquestra sensacional

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

C.P.E. Bach (1714-1788): Cello Concertos

Bach teve dois filhos que podem figurar entre os grandes compositores de todos os tempos: o mais velho, Wilhelm Friedemann Bach, e o quinto (o segundo a chegar à idade adulta), Carl Philipp Emanuel Bach. É claro que eles ficam meio que à sombra do Grande Pai de Todos Nós. Mas o que fazer? Estes concertos de CPE são extraordinários e a interpretação do norueguês Truls Mørk vale o ingresso, quero dizer, o download. A observação também vale para os compreensivos e afinados Les Violins du Roy, que dão muito mais que um mero suporte ao excelente Mørk. Baita CD.

C.P.E. Bach (1714-1788): Cello Concertos

1. Cello Concerto Wq.172 in A major: Allegro 6:26
2. Cello Concerto Wq.172 in A major: Largo con sordini, mesto 7:35
3. Cello Concerto Wq.172 in A major: Allegro assai 5:03

4. Cello Concerto Wq.171 in B flat major: Allegretto 8:05
5. Cello Concerto Wq.171 in B flat major: Adagio 8:20
6. Cello Concerto Wq.171 in B flat major: Allegro assai 6:27

7. Cello Concerto Wq.170 in A minor: Allegro assai 10:38
8. Cello Concerto Wq.170 in A minor: Andante 8:43
9. Cello Concerto Wq.170 in A minor: Allegro assai 6:50

Truls Mørk, cello
Les Violins du Roy
Bernard Labadie

DOWNLOAD HERE — BAIXE AQUI

Truls Mork: respeitem o loirinho careca!

Truls Mork: respeitem o loirinho careca!

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Carl Phillip Emanuel Bach (1714-1788) – Concerti a flauto transverso obligato – Kossenko – Arte dei Suonatori

frontAs gravações do selo Alpha geralmente são de alto nível, e essa que vos trago não foge à regra.
Estes concertos para Flauta Transversal de CPE Bach são de uma beleza ímpar. Dos inúmeros filhos que o velho Johann teve, o Carl Phillip foi o mais famoso e criativos deles. Sua obra não pode mais ser considerada barroca, mas ainda está naquela fase de transição com o classicismo. Não mais movimentos curtos, mas sim mais longos, para melhor explorar os recursos disponíveis da orquestra e do instrumento solista, aqui no caso, uma Flauta Transversal. Gosto muito também de sua obra para Cravo, que pretendo trazer assim que possível.
frontNão conhecia esse solista, então fui atrás de maiores informações. Nasceu em Nice, França, e com apenas 36 anos de idade, já tem uma carreira consolidada e mais de cinquenta cds gravados. Também é regente e musicólogo. Maiores informações podem ser encontradas em sua página oficial: http://www.alexiskossenko.com .
Um Cd, ou melhor, dois cds belíssimos.

P.S. – Estou voltando a usar o depositfiles, apesar de estar um pouco receoso. Preciso de sua colaboração para saber ele vai apresentar os mesmos problemas apresentados e relatados pelo bitshare. Favor relatar os problemas.

CD 1

01. Concerto G-Dur Wq169 – I.Allegro di molto
02. Concerto G-Dur Wq169 – II.Largo
03. Concerto G-Dur Wq169 – III.Presto
04. Concerto B-Dur Wq167 – I.Allegretto
05. Concerto B-Dur Wq167 – II.Adagio
06. Concerto B-Dur Wq167 – III.Allegro assai
07. Concerto d-moll Wq22 – I.Allegro
08. Concerto d-moll Wq22 – II.Un poco andante
09. Concerto d-moll Wq22 – III.Allegro di molto

CD 2

01. Concerto a-moll Wq166 – I.Allegro assai
02. Concerto a-moll Wq166 – II.Andante
03. Concerto a-moll Wq166 – III.Allegro assai
04. Concerto D-Dur Wq13 – I.Allegro
05. Concerto D-Dur Wq13 – II.Un poco andante e piano
06. Concerto D-Dur Wq13 – III.Allegro assai
07. Concerto A-Dur Wq168 – I.Allegro
08. Concerto A-Dur Wq168 – II.Largo con sordini, mesto
09. Concerto A-Dur Wq168 – III.Allegro assai

Alexis Kossenko – Flaute Transverso & Direction
El Arte Del Suonatori

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
FDPBach

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

C.P.E. Bach (1714-1788): 8 Symphonies & 3 Quartets

Uma dupla de discos muito bons com a Academy of Ancient Music e Christopher Hogwood. São antigos vinis da Coleção Florilegium, a qual nos apresentava, nos anos 80, a grande novidade da música com instrumentos originais. O que na época parecia uma mania ou maneirismo, prosperou de tal modo que hoje muita gente não consegue mais ouvir barrocos sem ser com instrumentos de época.

Difícil avaliar um disco do qual se gosta muito e esse aí mora nos lugares mais nobres de minha memória de ouvinte. Vale muito a pena ouvir.

Quanto a CPE Bach, não se enganem, trata-se de um gênio.

C.P.E. Bach (1714-1788): 8 Symphonies & 3 Quartets

Disc: 1
1. Symphony No. 1 In G Major, H657: I. Allegro di molto
2. Symphony No. 1 In G Major, H657: II. Poco adagio
3. Symphony No. 1 In G Major, H657: III. Presto
4. Symphony No. 2 In B Flat Major, H658: I. Allegro di molto
5. Symphony No. 2 In B Flat Major, H658: II. Poco adagio
6. Symphony No. 2 In B Flat Major, H658: III. Presto
7. Symphony No. 3 In C Major, H659: I. Allegro assai
8. Symphony No. 3 In C Major, H659: II. Adagio
9. Symphony No. 3 In C Major, H659: III. Allegretto
10. Symphony No. 4 In A Major, H660: I. Allegro a ma non troppo
11. Symphony No. 4 In A Major, H660: II. Largo ed innocentemente
12. Symphony No. 4 In A Major, H660: III. Allegro Assai
13. Symphony No. 5 In B Minor, H661: I. Allegretto
14. Symphony No. 5 In B Minor, H661: II. Larghetto
15. Symphony No. 5 In B Minor, H661: III. Presto
16. Symphony No. 6 In E Major, H 662: I. Allegro di molto
17. Symphony No. 6 In E Major, H 662: II. Poco andante
18. Symphony No. 6 In E Major, H 662: III. Allegro spiritoso

Disc: 2
1. Symphony C Major, Wq 174, H649: I. Allegro assai
2. Symphony C Major, Wq 174, H649: II. Andante
3. Symphony C Major, Wq 174, H649: III. Allegro
4. Symphony D Major, Wq 176, H651: I. Allegro assai
5. Symphony D Major, Wq 176, H651: II. Andante
6. Symphony D Major, Wq 176, H651: III. Presto
7. Quartet In A Minor, Wq 93, H537: I. Andantino
8. Quartet In A Minor, Wq 93, H537: II. Largo e sostenuto
9. Quartet In A Minor, Wq 93, H537: III. Allegro assai
10. Quartet In D Major, Wq 94, H538: I. Allegretto
11. Quartet In D Major, Wq 94, H538: II Sehr langsam und ausgehalten
12. Quartet In D Major, Wq 94, H538: III Allegro di molto
13. Fantasy In C Major, Wq 59-6, H284
14. Quartet In G Major, Wq 95, H539: I. Allegretto
15. Quartet In G Major, Wq 95, H539: II. Adagio
16. Quartet In G Major, Wq 95, H539: III. Presto

Nicholas McGegan
Catherine Mackintosh
Anthony Pleeth
The Academy of Ancient Music
Christopher Hogwood

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

O grande Chris.

O grande Chris.

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

C.P.E. Bach (1714-1788): Solo a Viola di gamba col Basso

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Faça o seguinte, por favor. Ouça as faixas 2 e 3 deste disco. Depois, quero ver você deletar o arquivo. Meu irmão CPE Bach mostra — nova e novamente — porque é considerado o mais talentoso dos manos. A interpretação das obras segue o padrão habitual da Alpha, ou seja, é sublime.

CPE Bach: Solo a Viola di gamba col Basso

1. Sonata for viola da gamba & continuo in D major, H. 559, Wq. 137: Adagio, ma non tanto
2. Sonata for viola da gamba & continuo in D major, H. 559, Wq. 137: Allegro di molto
3. Sonata for viola da gamba & continuo in D major, H. 559, Wq. 137: Arioso

4. Sonata for viola da gamba & continuo in G minor, H. 510, Wq. 88: Allegro moderato
5. Sonata for viola da gamba & continuo in G minor, H. 510, Wq. 88: Larghetto
6. Sonata for viola da gamba & continuo in G minor, H. 510, Wq. 88: Allegro assai

7. Pieces (27) for viola da gamba (MS Drexel 5871), WKO 186-212: Adagio pour viole de gambe seule

8. Sonata for viola da gamba & continuo in C major, H. 558, Wq. 136: Andante
9. Sonata for viola da gamba & continuo in C major, H. 558, Wq. 136: Allegretto
10. Sonata for viola da gamba & continuo in C major, H. 558, Wq. 136: Arioso

11. Pieces (27) for viola da gamba (MS Drexel 5871), WKO 186-212: Postlude pour viole de gambe seule

Friederike Heumann
Gaetano Nasillo
Dirk Borner

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Friederike Heumann, excelente gambista (que rosto interessante, não?).

Friederike Heumann, excelente gambista (e que rosto interessante, não?).

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788): The Symphonies for Strings

Sem dúvida, Carl Philipp Emanuel foi meu irmão mais talentoso. Era assim: eu, PQP, era o mais bonito e burro — e também tinha um pau maior que os dos outros — ; WF era o predileto; JC era um grande filho da puta e CPE era o que  mais tinha herdado de nosso pai em termos de capacidade musical. Sério, é só consultar por aí. E ele demonstra sua categoria neste sensacional CD com suas sinfonias para cordas.  O Presto da Sinfonia Wq 182 No.5 foi meu toque de celular por anos. É uma bela ideia, viram? Podem adotar, não me importo!

Grande música com Pinnock e o English Concert afiadíssimos!

Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788): The Symphonies for Strings

1. Sinfonia in G, Wq 182 No.1 – 1. Allegro di molto 3:42
2. Sinfonia in G, Wq 182 No.1 – 2. Poco adagio 4:03
3. Sinfonia in G, Wq 182 No.1 – 3. Presto 3:50

4. Sinfonia in B flat, Wq 182 No.2 – 1. Allegro di molto 3:20
5. Sinfonia in B flat, Wq 182 No.2 – 2. Poco adagio 3:37
6. Sinfonia in B flat, Wq 182 No.2 – 3. Presto 5:05

7. Sinfonia in C, Wq 182 No.3 – 1. Allegro assai 2:43
8. Sinfonia in C, Wq 182 No.3 – 2. Adagio 3:17
9. Sinfonia in C, Wq 182 No.3 – 3. Allegretto 3:36

10. Sinfonia in A, Wq 182 No.4 – 1. Allegro ma non troppo 4:24
11. Sinfonia in A, Wq 182 No.4 – 2. Largo ma inocentemente 3:28
12. Sinfonia in A, Wq 182 No.4 – 3. Allegro assai 4:01

13. Sinfonia in B minor Wq 182 No.5 – 1. Allegretto 4:17
14. Sinfonia in B minor Wq 182 No.5 – 2. Larghetto 2:37
15. Sinfonia in B minor Wq 182 No.5 – 3. Presto 3:49

16. Sinfonia in E major Wq 182 No.6 – 1. Allegro di molto 2:26
17. Sinfonia in E major Wq 182 No.6 – 2. Poco andante 3:08
18. Sinfonia in E major Wq 182 No.6 – 3. Allegro spiritoso 3:12

The English Concert
Trevor Pinnock

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Pinnock e o The English Concert em ação

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!