Michael Daugherty (1954-): Fire & Blood, Motorcity Triptych and Raise the Roof

IM-PER-DÍ-VEL !!! (Revalidado por PQP)

Uma das minhas recentes descobertas foi o compositor americano Michael Daugherty. Há três anos tive o primeiro contato com sua música, num concerto na Holanda, onde tocaram sua obra mais popular Metropolis Symphony , que foi escrita em homenagem ao superman. A obra é despretensiosa e engraçada, mas extremamente bem escrita. O passado desse compositor é estranho e eclético, já foi músico de Jazz, Rock, Funk, …mas percebeu que pra escrever música sinfônica ou “clássica” tinha que suar a camisa. Foi pra Europa estudar com Boulez e Ligeti (boas referências, não?).

Vamos ao disco que foi gravado ao vivo. Fire and Blood é um concerto para violino inspirado nos murais de Detroit, concebidos pelo pintor mexicano Diego Rivera. A música é muito empolgante. O violino virtuoso e sempre presente. O segundo movimento é lindíssimo, forte presença da música mexicana (ex: ouçam o que acontece em 02:40). O terceiro movimento é arrebatador, o público no fim vai ao delírio. MotorCity Triptych é outra obra que também merece nossa atenção.

Espero que vocês apreciem esse joker que, de certa forma, indica um novo rumo da música clássica.

CDF

Michael Daugherty (1954-): Fire & Blood, Motorcity Triptych and Raise the Roof

1. Fire and Blood: I. Volcano
2. Fire and Blood: II. River Rouge
3. Fire and Blood: III. Assembly Line
4. MotorCity Triptych: I. Motown Mondays
5. MotorCity Triptych: II. Pedal-to-the-Metal
6. MotorCity Triptych: III. Rosa Parks Boulevard
7. Raise the Roof

Detroit Symphony Orchestra
Ida Kavafian (violin) and Brian Jones
Neeme Jarvi

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Michael Daugherty: jokerman super competente e talentoso

Michael Daugherty: jokerman super competente e talentoso

CDF

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Michael Daugherty (1954): Mount Rushmore / Radio City / The Gospel According to Sister Aimee

Está na hora de conhecer Michael Daugherty, gente!

Mount Rushmore é um oratório dramático inspirado na escultura de quatro presidentes norte-americanos esculpida nas Black Hills de Dakota do Sul. Radio City é uma fantasia sinfônica sobre o lendário Arturo Toscanini, que conduziu a Orquestra Sinfônica da NBC em transmissões de rádio ao vivo ouvidas por milhões de pessoas nos EUA. O Evangelho Segundo a Irmã Aimee é um concerto para órgão inspirado na ascensão, queda e redenção de celebridade religiosa Aimee McPherson.

É um CD coerente e notável. O extraordinário compositor norte-americano Michael Daugherty explora três símbolos da “The Greatest Generation”, período turbulento da história dos Estados Unidos da América que vai da Grande Depressão da década de 1930 até a Segunda Guerra Mundial. Sob a esplêndida regência Carl St Clair, a Pacific Symphony dá um show, acompanhado pelo Pacific Chorale, um dos melhores coros do país e pelo Paul Jacobs.

Michael Daugherty (1954):
Mount Rushmore / Radio City / The Gospel According to Sister Aimee

Mount Rushmore
1. I. George Washington 00:04:04
2. II. Thomas Jefferson 00:06:17
3. III. Theodore Roosevelt 00:07:51
4. IV. Abraham Lincoln 00:13:36

Radio City: Symphonic Fantasy on Arturo Toscanini and the NBC Symphony Orchestra
5. I. O Brave New World 00:07:28
6. II. Ode to the Old World 00:12:18
7. III. On the Air 00:05:50

The Gospel According to Sister Aimee
8. I. Knock Out the Devil 00:07:30
9. II. An Evangelist Drowns – Desert Dance 00:04:57
10. III. To the Promised Land 00:08:02

Paul Jacobs, orgão
Pacific Chorale
Pacific Symphony Orchestra
Carl St Clair

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Michael Daugherty

Michael Daugherty

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Michael Daugherty (1954 – ): Metropolis Symphony

Quando um compositor não tem referências culturais em sua infância e junto a isso, uma vida entediante e normal, dificilmente sua obra terá características próprias e originais. Por outro lado, na nossa sociedade descartável, muitos compositores negam suas origens por vergonha mesmo. Que compositor teria coragem de colocar em suas obras traços influenciados pelas bailarinas do chacrinha ou da égua pocotó? Mas ao negar sua origem, o compositor abusa de referências alemãs serialistas e sonoridades stockhausianas. Por isso a música deste tipo de compositor soa travestida, esse mundo ele não viveu.
O compositor americano Daugherty não se acovarda, além de não esconder suas referências culturais, ele as homenageia. Fã do super-homem desde menino, escreveu uma sinfonia em comemoração aos cinquenta anos (1988) da criação deste personagem. Eu já tive a oportunidade de ver está a sinfonia Metropolis ser apresentada na Holanda. Todo o público ficou satisfeito com a riqueza orquestral, mas o melhor de tudo, e o público sabia disso, aquele mundo era nosso. Os movimentos sinfônicos estão nesta ordem: 1 – Lex, referencia ao super vilão Lex Luthor, aqui representado por um violino endiabrado; 2 – Krypton, o planeta destruído do super-homem. O movimento é sombrio, os detalhes percussivos são riquíssimos; 3 Mxyzptlk, o duende da quinta dimensão. Pelas firulas das flautas, este movimento representa o scherzo da sinfonia. 4- Oh Lois! é um movimento alucinante, um pequeno concerto para orquestra em 5 minutos. Referência óbvia à jornalista Lois Lane. 5 – Red Cape Tango, o último movimento, a trágica batalha do super-homem com Doomsday, o canto medieval Dies Irae é desenvolvido, assim como no final da sinfonia fantástica de Berlioz, para dá o tom fúnebre ao destino do super-homem.
Já a outra obra do disco, Deus Ex Machina (2007) para piano e orquestra, é um concerto dedicado aos trens. O concerto tem o padrão rápido-lento-rápido dos concertos clássicos, mas a orquestra e piano estão em pé de igualdade, podemos dizer que está peça está mais para uma sinfonia concertante para piano e orquestra. Muito empolgante.

Faixas:
1. Metropolis Symphony: I. Lex
2. Metropolis Symphony: II. Krypton
3. Metropolis Symphony: III. Mxyzptlk
4. Metropolis Symphony: IV. Oh, Lois!
5. Metropolis Symphony: V. Red Cape Tango
6. Deus ex Machina: I. Fast Forward (Di andata veloce)
7. Deus ex Machina: II. Train of Tears
8. Deus ex Machina: III. Night Steam

Orchestra Nashville Symphony
Conductor by Giancarlo Guerrero

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

cdf

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!