Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – Piano Concertos nºs 19 & 23 – Grimaud, Mojca Erdmann, Kammerorchester des Bayerischen Rundfunks

4779455A beleza estonteante da francesa Hélène Grimaud na capa deste belíssimo CD me deixou sem palavras, por isso, sem mais para o momento, trago para os senhores o texto abaixo, que está no site da Deutsche Grammophon. Ouçam o disco, leiam o texto e tirem suas conclusões. Eu já tirei as minhas conclusões.

“Masks and magic

The Adagio from the Piano Concerto in A major K. 488 is one of Mozart’s most magically inspired movements and for Hélène Grimaud it is possibly the most sublime movement that he ever wrote for the keyboard: “Even if this movement were all we had, that would be enough.” It must remain an open question whether Mozart regarded the key of F sharp minor – an extremely unusual one for him – in the same way as his contemporary Daniel Schubart, who defined it as “a dark key that tears at passion as a vicious dog tears at your clothing”. But even if there is no doubt that Mozart was repeatedly inclined to conceal his true feelings behind a mask, Hélène Grimaud is convinced that he did not do so here in this profound, inward and heartfelt movement.

Perhaps this explains why she allows herself so much time in this unique Adagio, which she plays more slowly than almost all of her other colleagues, even though she insists that she chose this tempo on the basis of her experience in the concert hall. “It happened to be so in that concert, with that acoustic. The return of the sound is what dictates when you play the next note; tempi are always connected with the venue. That said, a movement like this isn’t composed accidentally. Philosophically speaking, if you don’t go to the limit in this movement, when are you going to?” This does not alter the fact that she has an entirely clear and down-to-earth idea of Mozart. Concepts such as otherworldly, angelic music are highly suspect in her eyes: “Mozart was possessed. This idea that the music is from another world, from above, and that it’s the music of an angel is simply not the case. It’s very much the music of a man. If you read his letters, you don’t have to look very far to figure out what Mozart was about. This element of passion which gives sense to our existence is always there with him.”

In Hélène Grimaud’s view, Mozart may sometimes play with masks, but not in movements such as the Adagio from the A major Piano Concerto. Rather she identifies this mask-wearing Mozart in other passages that seem cheerful and relatively carefree: “I often feel that this effervescent, supposedly happy expression is sometimes bordering on hysteria, there’s something slightly unstable there.” She hears moments like these in the outer movements of the A major Concerto and in the finale of the F major Concerto K. 459. True, this movement is “very virtuosic, alive and effervescent. But this manic energy is almost an escape into a trance: it is not only joy, it is not only happiness.”

What makes Mozart’s music so special for Hélène Grimaud is its grace and utter weightlessness: “You have depth but without any sort of weight. That’s really what sets him apart from many others.” But this is precisely why it is not easy to strike the right note with Mozart. You have to play this music as you would in your childhood, when you could approach it in an altogether straightforward and self-evident way and everything flowed quite naturally: “It’s challenging to get back to this purity of expression.” The second movement of the F major Concerto is a fine example of this: “It is so disarming in its simplicity, but it has a couple of moments which are just arresting; for example, when it goes into the minor tonality it is absolutely breathtaking.”

Hélène Grimaud is always receptive to the unusual, and it was, of course, her idea to complement the two piano concertos from her Munich concert not with a third concerto but with Ch’io mi scordi di te? – Non temer, amato bene K. 505. This is a work that she has loved for many years: “It’s a gem, a wonderful piece. The part for soprano is just fantastic, the relationship between the soprano, the orchestra and the piano is just gorgeous. It’s like liquid gold, the piano’s interventions going from something to do with silk to something to do with lace. Again, there’s this wonderful weightlessness.”

There is no doubt that this is one of the most beautiful arias that Mozart ever wrote. The way he sets up a relationship between voice and piano and allows each to react to the other is unique in the whole of his output. One is almost tempted to hear in it a secret declaration of his love for Nancy Storace, his first Susanna in Le nozze di Figaro and the singer for whom he wrote this scena and rondo. He himself played the keyboard at the first performance in 1787. Hélène Grimaud is disinclined to interpret it in such a directly autobiographical way: “A declaration of love with sounds instead of words. Of course there’s the text, which gives you a pretty clear indication of what’s going on, but for me it’s always secondary. The music has to shed light on its own structure and emotional content. If you stick to any sort of scenario and text, it in fact reduces the music. You can imagine all sorts of things: you can imagine that the piano is the male and the voice is the female – or in reverse. At the end, love still triumphs even amid this resignation. And even in that perspective of a broken heart, love is still stronger – so it’s a beautiful message above all.”

P.S. 1 Dentre as trocentas versões que já ouvi do concerto de nº 23, talvez esta da Grimaud esteja entre as melhores. O texto acima faz uma análise apurada da interpretação da francesa.

P.S. 2 Estou fazendo uma experiência de postar os arquivos para baixar em dois formatos: flac, de melhor qualidade, e mp3. Atendo a sugestão de um leitor / ouvinte do blog.

Oswald Beaujean
Translation: Stewart Spencer

01. Piano Concerto No.19 in F major K. 459 – I. Allegro vivace
02. Piano Concerto No.19 in F major K. 459 – II. Allegretto
03. Piano Concerto No.19 in F major K. 459 – III. Allegro assai
04. ‘Ch’io mi scordi di te’ – ‘Non temer, amato bene’ K. 505 (Idamante) – Recita
05. ‘Ch’io mi scordi di te’ – ‘Non temer, amato bene’ K. 505 (Idamante) – Rondo
06. ‘Ch’io mi scordi di te’ – ‘Non temer, amato bene’ K. 505 (Idamante) – Allegr
07. Piano Concerto No.23 in A major K. 488 – I. Allegro
08. Piano Concerto No.23 in A major K. 488 – II. Adagio
09. Piano Concerto No.23 in A major K. 488 – III. Allegro assai

Hélène Grimaud – Piano
Mojca Erdmann – Soprano
Kammerochester des Bayerischen Rundfunk

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (FLAC)\
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (MP3)

Hélène Grimaud: Não se deixem enganar: por trás destes olhos se encontra uma das melhores pianistas de sua geração

Hélène Grimaud: Não se deixem enganar: por trás destes olhos se encontra uma das melhores pianistas de sua geração

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

W. A. Mozart (1756-1791): As últimas sinfonias (de 31 a 36 e de 38 a 41)

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Eu espero que ninguém venha me perguntar sobre a Sinfonia Nº 37, né? Por muito tempo pensou-se que era de Mozart, mas, em 1907, Lothar Perger, descobriu que a pretensa 37ª de Mozart era, na verdade, a 25ª de Michael Haydn. É inacreditável a confusão entre o simplesinho Michael Haydn (que estava longe de ser parecido com o imenso e imortal Franz Josef Haydn) e Mozart. É difícil de compreender o motivo que levou a edição Koechel a errar, considerando os três pobres movimentos daquela Sinfonia em Sol Maior como a sucessora imediata da Sinfonia Linz…

Mas voltemos ao excelente álbum quádruplo objeto do post: essas gravações das sinfonias maduras de Mozart são muito especiais. Talvez seja o melhor registro dela em instrumentos de época. Há profundidade e grandeza. Trevor Pinnock e o The English Concert parecem apreciar cada nota das sinfonias, tal é a entrega, energia e a vitalidade que há ao longo destes quatro CDs. Eles não têm receio de se derramar nos movimentos lentos, nem de fazer animados os Allegri. Poucas vezes ouvi um CD que combine melhor as abordagens autêntica e romântica em Mozart. Adicione a isso a elegâcia e você terá ideia do que há nesta gravação.

W. A. Mozart (1756-1791): As últimas sinfonias (de 31 a 36 e de 38 a 41)

CD1
Mozart: Symphony #31 In D, K 297, “Paris” – 1. Allegro Assai 7.28
Mozart: Symphony #31 In D, K 297, “Paris” – 2. Andantino 5.53
Mozart: Symphony #31 In D, K 297, “Paris” – 3. Allegro 3.45

Mozart: Symphony #32 In G, K 318 – 1. Allegro Spiritoso 2.54
Mozart: Symphony #32 In G, K 318 – 2. Andante 2.50
Mozart: Symphony #32 In G, K 318 – 3. Allegro Spiritoso 1.57

Mozart: Symphony #33 In B Flat, K 319 – 1. Allegro Assai 6.52
Mozart: Symphony #33 In B Flat, K 319 – 2. Andante Moderato 4.26
Mozart: Symphony #33 In B Flat, K 319 – 3. Menuetto 3.12
Mozart: Symphony #33 In B Flat, K 319 – 4. Finale: Allegro Assai 8.19

Mozart: Symphony #34 In C, K 338 – 1. Allegro Vivace 6.57
Mozart: Symphony #34 In C, K 338 – 2. Andante Di Molto 7.08
Mozart: Symphony #34 In C, K 338 – 3. Allegro Vivace 7.33

CD2
Mozart: Symphony #35 In D, K 385, “Haffner” – 1. Allegro Con Spirito 5.46
Mozart: Symphony #35 In D, K 385, “Haffner” – 2. Andante 6.45
Mozart: Symphony #35 In D, K 385, “Haffner” – 3. Menuet & Trio 3.28
Mozart: Symphony #35 In D, K 385, “Haffner” – 4. Presto 3.54

Mozart: Symphony #36 In C, K 425, “Linz” – 1. Adagio, Allegro Spiritoso 11.04
Mozart: Symphony #36 In C, K 425, “Linz” – 2. Andante 9.21
Mozart: Symphony #36 In C, K 425, “Linz” – 3. Menuet & Trio 3.56
Mozart: Symphony #36 In C, K 425, “Linz” – 4. Presto 7.30

CD3
Mozart: Symphony #38 In D, K 504, “Prague” – 1. Adagio, Allegro 13.07
Mozart: Symphony #38 In D, K 504, “Prague” – 2. Andante 12.10
Mozart: Symphony #38 In D, K 504, “Prague” – 3. Presto 7.36

Mozart: Symphony #39 In E Flat, K 543 – 1. Adagio, Allegro 10.21
Mozart: Symphony #39 In E Flat, K 543 – 2. Andante Con Moto 8.26
Mozart: Symphony #39 In E Flat, K 543 – 3. Menuetto & Trio (Allegretto) 4.23
Mozart: Symphony #39 In E Flat, K 543 – 4. Finale (Allegro) 7.26

CD4
Mozart: Symphony #40 In G Minor, K 550 – 1. Molto Allegro 7.23
Mozart: Symphony #40 In G Minor, K 550 – 2. Andante 11.21
Mozart: Symphony #40 In G Minor, K 550 – 3. Menuet & Trio 4.48
Mozart: Symphony #40 In G Minor, K 550 – 4. Finale: Allegro Assai 9.28

Mozart: Symphony #41 In C, K 551, “Jupiter” – 1. Allegro Vivace 11.16
Mozart: Symphony #41 In C, K 551, “Jupiter” – 2. Andante Cantabile 11.22
Mozart: Symphony #41 In C, K 551, “Jupiter” – 3. Menuet & Trio 5.27
Mozart: Symphony #41 In C, K 551, “Jupiter” – 4. Finale: Molto Allegro 11.27

The English Concert
Trevor Pinnock

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

O grande Trevor Pinnock

O grande Trevor Pinnock

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Concert from Stephansdom – A Mozart Celebration

2055168_DVD_Wiener_Saengerknaben_cover_300dpi
.
Concert from Stephansdom – A Mozart Celebration
.
.
Radio-symphonieorchester Wien
Vienna Boys’ Choir
Chorus Viennensis
.
.
Sandrine Piau, soprano
Dietmar Kerschbaum, tenor
Wolfgang Bankl, bass;
.
.
Bertrand de Billy, director
.
.
.
Postagem especial comemorativa dos 11 anos do PQPBach e dedicada a todos aqueles  que nos tem acompanhado nesta viagem!
 .
.
Este disco registra a celebração do Coro dos Meninos de Viena pelos 250 anos de Mozart, em janeiro de 2006.
 .
Juntamente com conhecidos intérpretes de Mozart como a soprano Sandrine Piau, eles cantam as melhores obras sacras de Mozart, incluindo a Missa da Coroação.
 .
O Coro dos Meninos de Viena é uma das instituições musicais mais conhecidas de Viena. Desde a sua fundação há mais de 500 anos, tem sido um importante cenário na vida musical em todo o mundo. Muitos escritores e músicos famosos tiveram vínculos estreitos com o Coro dos Meninos de Viena – Joseph Haydn, Franz Schubert e Mozart eram membros do coral enquanto crianças.
 .
O local da apresentação é a Catedral de St. Stephen, (Stephansdom em alemão), em Viena, cuja construção gótica iniciou-se em 1340 e onde Mozart e sua esposa se casaram, onde um de seus filhos foi batizado e onde ocorreu a cerimônia do funeral de Mozart.
 .
Palhinha: ouça 05. Laudate Dominum, from Vesperae Solennes de Confessore, K.339, com a soprano Sandrine Piau.
.

.
Concert from Stephansdom – A Mozart Celebration
Wolfgang Amadeus Mozart (Austria, 1756-1791)
01. Church Sonata in C Major, K. 278
02. Mass in C Minor, K.427 – Credo
03. Mass in C Minor, K.427 – Et Incarnatus Est
04. Mass in C Minor, K.427 – Gradual – Sancta Maria, Mater Dei
05. Laudate Dominum, from Vesperae Solennes de Confessore, K.339
06. Coronation Mass in C Major, K.317 – 1. Kyrie
07. Coronation Mass in C Major, K.317 – 2. Gloria
08. Coronation Mass in C Major, K.317 – 3. Credo
09. Coronation Mass in C Major, K.317 – 4. Sanctus
10. Coronation Mass in C Major, K.317 – 5. Benedictus
11. Coronation Mass in C Major, K.317 – 6. Agnus Dei
12. Ave Verum Corpus, K.618
13. Agnus Dei, from Litaniae Lauretanae K. 195
14. Church Sonata in C Major, K.329
.
2Hj3h0096
.
Concert from Stephansdom – A Mozart Celebration – 2006
 .
Radio-symphonieorchester Wien
Vienna Boys’ Choir
Chorus Viennensis
.
Sandrine Piau, soprano
Dietmar Kerschbaum, tenor
Wolfgang Bankl, bass;
.
Bertrand de Billy, director
.
.
Foto do dia da apresentação.
.
.
.
.
.
FLAC | XLD RIP | 290 MB
 .
MP3 | 256 kbps VRB | 130 MB
 .
powered by iTunes 12.7 – 58,4 min
 .
 Boa audição!
musical-landscape

 

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.Avicenna

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Mozart Portraits, com Cecilia Bartoli

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Sim, Mozart teria ficado feliz. Ouvi o Exsultate, jubilate na Rádio da UFRGS e meu prazer foi quase sexual. Ela canta como a gente sonha ouvir alguém cantar. E então passamos ao CD: é uma jóia após outra. Dizer o quê? Eu adoro a voz de Cecilia Bartoli, amo mesmo. Como deve ser maravilhoso ter a capacidade de abrir a boca e, diferentemente de mim, não dizer bobagens com uma voz feia. Ela efetivamente tem toda uma riqueza musical muito pessoal e própria. E chega de babação.

Mozart Portraits — Cecilia Bartoli

1. Così fan tutte / Act 1 – “Temerari! Sortite!” – “Come scoglio!” 5:50
2. Così fan tutte / Act 2 – “Ei parte…Per pietà” 9:04
3. Così fan tutte / Act 1 – “In uomini, in soldati” 2:42
4. Le nozze di Figaro / Act 3 – “E Susanna non vien!” – “Dove sono i bei momenti” 6:43
5. Le nozze di Figaro / Act 4 – Giunse alfin il momento…Al desio di chi t’adora 7:19
6. Don Giovanni / Act 1 – “Batti, batti, o bel Masetto” 3:48
7. In quali eccessi… Mi tradi, K.540c – (Da Ponte)/Recitative and Aria (No.21bis) for Don Giovanni (version Vienna 1788) 5:48
8. Davidde Penitente, K.469 – 3. Aria: “Lungi le cure ingrate” 4:56
9. Exsultate, jubilate, K.165 14:37

Cecilia Bartoli
György Fischer
Vienna Chamber Orchestra

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Cecilia Bartoli, de tirar a cartola

Cecilia Bartoli, de tirar a cartola

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Concerto for Clarinet and Orchestra in A major – K 622 – Benny Goodman: Concert at Tanglewood

2qi2yqrMozart at Tanglewood – 1956

Benny Goodman & Boston Symphony Orchestra

 

Complementando a excelente postagem do Marcelo Stravinsky sobre Benny Goodman, lembro uma gravação de 1956 de Benny Goodman com a Boston Symphony Orchestra, sob a direção do Maestro Charles Munch: de Wolfgang Amadeus Mozart, Concerto for Clarinet and Orchestra in A major – K 622. O sensível Adagio foi utilizado na trilha sonora do marcante filme Out of Africa.

Nesta gravação, Benny Goodman desenvolve toda a sua sensibilidade. Maravilha!

Concerto for Clarinet and Orchestra in A major –  K 622: 1. Allegro
Concerto for Clarinet and Orchestra in A major –  K 622: 2. Adagio
Concerto for Clarinet and Orchestra in A major –  K 622: 3. Rondo

Mozart at Tanglewood – 1956
Benny Goodman & Boston Symphony Orchestra , (dir) Charles Munch

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 192 kbps – 39,4 MB – 28,2 min
powered by iTunes 9.1

Boa audição.

silhueta musical

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Avicenna

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

W. A. Mozart (1756-1791): Sinfonia Concertante para Violino e Viola, Concerto Nº 2 para Violino, Rondo K. 373 e Adágio K. 261

Uma Sinfonia Concertante apenas aceitável, que fica longe de ser uma first choice como esta aqui. Augustin Dumay, de tão boas gravações com Maria João Pires, faz um registro com fraseados que decididamente não me agradam. Dá a impressão de querer ser diferente. Já de cara a orquestra faz uma introdução pra lá de estranha. Ele também deixa de lado parte do espírito concertístico do Allegro Maestoso e do Presto. A mesma observação vale para o restante do CD. Mas… É tudo opinião minha. A maioria gosta. Vai ver estou errado.

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – 

Sinfonia Concertante in E flat major, K. 364 (320d)
01. 1. Allegro maestoso
02. 2. Andante
03. 3. Presto

Rondo in C major, K 373
04. Allegretto grazioso

Adagio in E major, K. 261
05. Adagio in E major, K. 261

Concerto for Violin and Orchestra no. 2 in D major, K. 211
06. 1. Allegretto mode
07. 2. Andante
08. 3. Rondeau. Allegro

Camerata Academica Salzburg
Augustin Dumay, regência e violino
Veronika Hagen, viola

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

mozart dancing cartoon_0

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

W. A. Mozart (1756-1791): Piano Concerto No. 21 / Sinfonia Concertante

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Sim, há Don Giovanni, A Flauta Mágica, os Concertos para Piano de números mais altos, a Júpiter, a 40, a Haffner, a Praga, o Concerto para Clarinete, o Divertimento K. 287, etc., porém, dentre os sei lá quantos CDs de Mozart de minha discoteca, escolho esta despretensiosa gravação da Bis sueca. É o que mais gosto, é endorfina pura, me deixa feliz. E nem é pelo extraordinário Concerto para Piano, é muito antes pela interpretação da Sinfonia Concertante para Violino e Viola K. 364. Para meu gosto torto, é meu melhor CD do mestre de Salzburgo.

Em comum, estas duas obras têm a curiosidade de terem protagonizado filmes como quase-personagens. O concerto ficou conhecido como Elvira Madigan pela utilização de seu Andante no filme homônimo de Bo Widerberg (1967). Incrivelmente, o Concerto Nº 21 ficou conhecido como “Tema de Elvira Madigan”. E, em 1988, Peter Greenaway realizou sua obra-prima Afogando em Números utilizando o Andante da Sinfonia Concertante, o qual é executado longamente durante as muitas cenas de assassinatos de maridos pelas Cissies do filme. Certamente, Mozart nunca imaginaria tal utilização, mas ficou lindo, perfeito, dentro de um filme virtuosístico tanto pela atuação dos atores como por sua beleza plástica.

Mas nosso assunto é Mozart. Prestem atenção no primeiro movimento da Sinfonia Concertante, atentem ao momento em que violino e viola entram para fazer seu primeiro solo. Se você não sentir arrepios, tente novamente; se sentir, é normal. Dificilmente haverá coisa mais bela.

W. A. Mozart (1756-1791): Piano Concerto No. 21 / Sinfonia Concertante

Piano Concerto No. 21 in C Major, K. 467 “Elvira Madigan”
1. Allegro maestoso 14:58
2. Andante 06:54
3. Allegro vivace assai 06:21

Staffan Scheja, piano
Conducted by:Jan-Olav Wedin
Performed by:Stockholm Sinfonietta

Sinfonia Concertante in E flat major, K. 364
4. Allegro maestoso 13:42
5. Andante 12:21
6. Presto 06:54

Bernt Lysell, violin
Nils-Erik Sparf, viola
Conducted by:Jan-Olav Wedin
Performed by:Stockholm Sinfonietta

Total Playing Time: 01:01:10

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Stockholm Sinfonietta

Stockholm Sinfonietta

Bernt Lysell durante uma gravação, comparando um Stradivarius com um violino moderno. O Stradi é o que está na sua mão esquerda.

Bernt Lysell durante uma gravação, comparando um Stradivarius com um violino moderno. O Stradi é o que está na sua mão esquerda.

Nils-Erik Sparf fazendo cara de quem toca muito.

Como todo violista, Nils-Erik Sparf faz cara de quem toca muito. Mas todos sabem a verdade.

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – Symphonies – CDs 9, 10 e 11 de 11 – Levine, WPO

51TXyNdecfLEntão vamos concluir esta coleção. Levine, WPO, Mozart, que mais podemos querer?

CD 9

1. Symphony No.32 In G, K.318 (Overture In G) Allegro Spiritoso –
2. Symphony No.32 In G, K.318 (Overture In G) Andante
3. Symphony No.32 In G, K.318 (Overture In G) Primo Tempo
4. Symphony No.33 In B Flat, K.319 1. Allegro Assai
5. Symphony No.33 In B Flat, K.319 2. Andante Moderato
6. Symphony No.33 In B Flat, K.319 3. Menuetto
7. Symphony No.33 In B Flat, K.319 4. Finale (Allegro Assai)
8. Symphony No.34 In C, K.338 1. Allegro Vivace
9. Symphony No.34 In C, K.338 2. Andante Di Molto Più Tosto Allegretto
10. Symphony No.34 In C, K.338 3. Allegro Vivace
11. Symphony No.35 In D, K.385  ‘Haffner’ 1. Allegro Con Spirito
12. Symphony No.35 In D, K.385  ‘Haffner’ 3. Menuetto
13. Symphony No.35 In D, K.385  ‘Haffner’ 4. Finale (Presto)

CD 10

1. Symphony No.36 In C, K.425 – ‘Linz’ 1. Adagio – Allegro Spiritoso
2. Symphony No.36 In C, K.425 – ‘Linz’ 2. Andante
3. Symphony No.36 In C, K.425 – ‘Linz’ 3. Menuetto
4. Symphony No.36 In C, K.425 – ‘Linz’ 4. Finale (Presto)
5. Symphony No.38 In D, K.504 ‘Prague’ 1. Adagio – Allegro
6. Symphony No.38 In D, K.504 ‘Prague’ 2. Andante
7. Symphony No.38 In D, K.504 ‘Prague’ 3. Finale (Presto)

CD 11

1. Symphony No.40 In G Minor, K.550 1. Molto Allegro
2. Symphony No.40 In G Minor, K.550 2. Andante
3. Symphony No.40 In G Minor, K.550 3. Menuetto (Allegretto)
4. Symphony No.40 In G Minor, K.550 4. Finale (Allegro Assai)
5. Symphony No.41 In C, K.551 – ‘Jupiter’ 1. Allegro Vivace
6. Symphony No.41 In C, K.551 – ‘Jupiter’ 2. Andante Cantabile
7. Symphony No.41 In C, K.551 – ‘Jupiter’ 3. Menuetto (Allegretto)
8. Symphony No.41 In C, K.551 – ‘Jupiter’ 4. Molto Allegro

James Levine – Conductor
Wiener Philharmoniker

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – The Symphonies – CDs 7 e 8

51TXyNdecfLContinuando …

Cd 7

1. Symphony No.27 In G, K.199 1. Allegro
2. Symphony No.27 In G, K.199 2. Andantino Grazioso
3. Symphony No.27 In G, K.199 3. Presto
4. Symphony No.28 In C, K.200 1. Allegro Spiritoso
5. Symphony No.28 In C, K.200 2. Andante
6. Symphony No.28 In C, K.200 3. Menuetto (Allegretto)
7. Symphony No.28 In C, K.200 4. Presto
8. Symphony No.29 In A, K.201 1. Allegro Moderato
9. Symphony No.29 In A, K.201 2. Andante
10. Symphony No.29 In A, K.201 3. Menuetto
11. Symphony No.29 In A, K.201 4. Allegro Con Spirito

CD 8

1. Symphony No.26 In E Flat, K.184 Molto Presto –
2. Symphony No.26 In E Flat, K.184 Andante –
3. Symphony No.26 In E Flat, K.184 Allegro
4. Symphony No.30 In D, K.202 1. Molto Allegro
5. Symphony No.30 In D, K.202 2. Andantino Con Moto
6. Symphony No.30 In D, K.202 3. Menuetto – Trio
7. Symphony No.30 In D, K.202 4. Presto
8. Symphony No.31 In D, K.297 – ‘Paris’ 1. Allegro Assai
9. Symphony No.31 In D, K.297 – ‘Paris’ 2. Andante
10. Symphony No.31 In D, K.297 – ‘Paris’ 3. Allegro
11. Symphony No.39 In E Flat, K.543 1. Adagio – Allegro
12. Symphony No.39 In E Flat, K.543 2. Andante Con Moto
13. Symphony No.39 In E Flat, K.543 3. Menuetto (Allegretto)

CD 7 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
CD 8 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

James Levine
Wiener Philharmoniker

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – The Symphonies – Cds 5 e 6 de 11 – James Levine

51TXyNdecfLSenhores, confesso que havia esquecido de continuar essa série, a correria do dia a dia acaba nos confundindo,  e nos fazendo esquecer de algumas coisas.
Vamos continuar, então, trazendo os cds de número 5 e 6, que trazem as sinfonias de 18 a 25. Lembro que as gravações foram realizadas pela Filarmônica de Viena, imbatível neste repertório, em minha modesta opinião, e dirigida pelo maestro norte americano James Levine.

CD 5

1 Symphony No.18 In F, K.130 1. Allegro
2 Symphony No.18 In F, K.130 2. Andante Grazioso
3 Symphony No.18 In F, K.130 3. Menuetto
4 Symphony No.18 In F, K.130 4. Allegro Molto
5 Symphony No.19 In E Flat, K.132 1. Allegro
6 Symphony No.19 In E Flat, K.132 2. Andante
7 Symphony No.19 In E Flat, K.132 3. Menuetto
8 Symphony No.19 In E Flat, K.132 4. Allegro
9 Symphony No.20 In D, K.133 1. Allegro
10 Symphony No.20 In D, K.133 2. Andante
11 Symphony No.20 In D, K.133 3. Menuetto
12 Symphony No.20 In D, K.133 4. Allegro

CD 6

1 Symphony No.21 In A, K.134 1. Allegro
2 Symphony No.21 In A, K.134 2. Andante
3 Symphony No.21 In A, K.134 3. Menuetto
4 Symphony No.21 In A, K.134 4. Allegro
5 Symphony No.22 In C, K.162 1. Allegro Assai
6 Symphony No.22 In C, K.162 2. Andantino Grazioso
7 Wiener Philharmoniker – Symphony No.22 In C, K.162 3. Presto Assai
8 Symphony No.23 In D, K.181 1. Allegro Spirituoso
9 Symphony No.23 In D, K.181 2. Andantino
10 Symphony No.23 In D, K.181 3. Presto Assai
11 Symphony No.24 In B Flat, K.182 1. Allegro Spiritoso
12 Symphony No.24 In B Flat, K.182 2. Andantino Grazioso
13 Symphony No.24 In B Flat, K.182 3. Allegro
14 Symphony No.25 In G Minor, K.183 1. Allegro Con Brio
15 Symphony No.25 In G Minor, K.183 2. Andante
16 Symphony No.25 In G Minor, K.183 3. Menuetto
17 Symphony No.25 In G Minor, K.183 4. Allegro

James Levine – Conductor
Wiener Philharmoniker

CD 5 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
CD 6 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

 

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – Violin Concertos – Faust, Il Giardino Armonico, Antonini

51xq2ycnzzl-_ss500

GRAMOPHONE CLASSICAL MUSIC AWARDS WINNER 2017 !! CATEGORIA CONCERTO !!

Assim como um cliente da amazon, não consigo parar de ouvir este CD. Recém lançado pela Harmonia Mundi traz um Mozart vívido, alegre, triunfante sem ser óbvio, e que mostra que sim, o talento faz a diferença e uma violinista do nível de Isabelle Faust tem este talento de sobra para nos mostrar o que ainda se pode extrair destes concertos tão gravados e interpretados.
O conjunto ‘Il Giardino Armonico’ e seu diretor Giovanni Antonini continuam mostrando o porque são um dos melhores da atualidade. Coisa de gente grande, e um belo presente de Natal, mesmo que atrasado.
É música para não parar de se ouvir. Mozart nas mãos de Isabelle Faust é música para os anjos ouvirem.

CD 1

I. Allegro moderato
2. II. Adagio
3. III. Presto
4. Rondo for Violin and Orchestra, in B-Flat Major, K. 269/261a: Allegro
5. Concerto for violin and orchestra no.2, in D major, K211 I. Allegro moderato
6. II. Andante
7. III. Rondeau. Allegro
8. Violin Concerto I. Allegro
9. II. Adagio
10. III. Rondeau. Allegro- Andante – Allegretto – Tempo primo

CD 2

1. Rondo for Violin and Orchestra, in C Major, K. 373
2. Concerto for violin and orchestra no.4, in D major, K218 I. Allegro
3. II. Andante cantabile
4. III. Rondeau. Andante grazioso
5. Adagio for violin and orchestra, in E major, K261
6. Concerto for violin and orchestra no.5, in A major, K219 6 I. Allegro aperto – Adagio – Allegro aperto
7. II. Adagio
8. III. Rondeau Tempo di Menuetto-Allegro-Tempo di Menuetto

Isabelle Faust – Violin
Il Giardino Armonico
Giovanni Antonini – Conductor

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HEREconcerto_1024x512px

 

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791): Mozart in Havana

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Gravado em Cuba, o novo álbum da pianista Simone Dinnerstein, Mozart in Havana, é sensacional. Para este disco, Dinnerstein colaborou com a excelente Orquestra do Liceu de Havana para tocar os Concertos para Piano Nº 21 e 23 de Mozart. Mozart in Havana é um retorno às origens de Dinnerstein. A pianista norte-americana tem antiga ligação com Cuba. Por anos, ela foi aluna de Solomon Mikowsky, um emigrante cubano que se tornou seu professor de piano quando tinha ela nove anos. Mikowsky contava histórias de sua infância em Cuba e mostrava-lhe a riquíssima música do país. Quando inaugurou o festival Encuentro de Jóvenes Pianistas em Havana, no ano de 2013, Mikowsky convidou Dinnerstein a participar. “É claro que aceito!”, respondeu ela. Voltando ao festival em 2015, ela tocou pela primeira vez com a Orquestra do Liceu de Havana e ficou profundamente impressionada. No ano seguinte, voltou à Cuba para gravar com a orquestra o que se tornaria Mozart in Havana. O resultado é glorioso e com cadenzas muito originais… A gravação foi realizada durante três longas noites sem dormir usando cordas doadas e equipamentos de gravação trazidos pelo produtor vencedor do Grammy, Adam Abeshouse. Neste momento, em agosto de 2017, a orquestra está fazendo sua estreia nos EUA em uma série de concertos com Dinnerstein. Simone, eu te amo.

Em Havana

Em Havana

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791): Mozart in Havana

Piano Concerto No. 21 in C Major, K. 467
1 I. Allegro maestoso 14:58
2 II. Andante 7:05
3 III. Allegro vivace assai 7:27

Piano Concerto No. 23 in A Major, K. 488
4 I. Allegro 11:27
5 II. Adagio 7:14
6 III. Allegro assai 8:12

Simone Dinnerstein, piano
Havana Lyceum Orchestra

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

A foto da capa, completa

A foto da capa, completa, momentos antes ou depois

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – Flute Quartets – Lisa Friend, Brodsky Quartet

Lisa Friend - Mozart Flute Quartets (2017)Este CD é delicioso. É impossível não se encantar com a flauta de Lisa Friend e seus colaboradores do Brodsky Quartet.

Enquanto o estou ouvindo, está caindo uma chuva, quase garoa, persistente, e de alguma forma, a música de Mozart se encaixa perfeitamente como trilha sonora deste dia de inverno frio e nebuloso. Mas em se tratando de Mozart sabemos que ele se encaixaria à perfeição mesmo se o tempo estive bom, com um belo sol brilhando lá fora. Esta é a magia da música, e principalmente da música de Mozart.

Espero que apreciem como o estou apreciando.

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – Flute Quartets – Lisa Friend, Brodsky Quartet

01. Flute Quartet No. 1 in D Major, K. 285 Flute Quartet No. 1 in D Major, K. 285 I. Allegro
02. Flute Quartet No. 1 in D Major, K. 285 Flute Quartet No. 1 in D Major, K. 285 II. Adagio
03. Flute Quartet No. 1 in D Major, K. 285 Flute Quartet No. 1 in D Major, K. 285 III. Rondeau
04. Flute Quartet No. 2 in G Major, K. 285a Flute Quartet No. 2 in G Major, K. 285a I. Andante
05. Flute Quartet No. 2 in G Major, K. 285a Flute Quartet No. 2 in G Major, K. 285a II. Tempo di minuet
06. Flute Quartet No. 4 in A Major, K. 298 Flute Quartet No. 4 in A Major, K. 298 I. Andantec
07. Flute Quartet No. 4 in A Major, K. 298 Flute Quartet No. 4 in A Major, K. 298 II. Minuet
08. Flute Quartet No. 4 in A Major, K. 298 Flute Quartet No. 4 in A Major, K. 298 III. Rondo Allegretto grazioso
09. Flute Quartet No. 3 in C Major, K. Anh. 171 Flute Quartet No. 3 in C Major, K. Anh. 171 I. Allegro
10. Flute Quartet No. 3 in C Major, K. Anh. 171 Flute Quartet No. 3 in C Major, K. Anh. 171 II. Theme and Variations
11. Andante in C Major, K. 315 Andante in C Major, K. 315

Lisa Friend – Flute
Members of Brodsky Quartet

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FDP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791): Sinfonias Nº 39, 40 e 41

Mozart Rattle

IM-PER-DÍVEL !!!

Em 2013, o grande maestro inglês Simon Rattle anunciou, para surpresa geral, que deixaria a orquestra ao fim de seu contrato, em meados de 2018. Seu sucessor, já eleito pelos músicos (como é o correto), é o russo Kirill Petrenko. “A decisão não foi fácil para mim”, afirmou a seus músicos o regente Simon Rattle, predileto do público, com sua cabeleira de cachos grisalhos. “Em 2018, terei trabalhado durante 16 anos na Filarmônica de Berlim. Antes, passei 18 anos como titular em Birmingham. Além disso, estarei prestes a comemorar 64 anos”. E com o charme que lhe é peculiar, acrescentou com uma ponta de humor: “Como alguém natural de Liverpool, não se pode passar por esse aniversário sem a pergunta dos Beatles: Will you still need me, when I’m 64?”

Esta gravação de sinfonia de Mozart — com origem em um DVD — é uma perfeição. Sim, Sir Simon, quem não precisaria de você?

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791): Sinfonias Nº 39, 40 e 41

01. Symphony No. 39 in E-Flat Major, K. 543_ I. Adagio-Allegro
02. Symphony No. 39 in E-Flat Major, K. 543_ II. Andante con moto
03. Symphony No. 39 in E-Flat Major, K. 543_ III. Menuetto. Allegretto-Trio
04. Symphony No. 39 in E-Flat Major, K. 543_ IV. Finale. Allegro

05. Symphony No. 40 in G Minor, K. 550_ I. Molto allegro
06. Symphony No. 40 in G Minor, K. 550_ II. Andante
07. Symphony No. 40 in G Minor, K. 550_ III. Menuetto. Allegretto-Trio
08. Symphony No. 40 in G Minor, K. 550_ IV. Allegro assai

09. Symphony No. 41 in C Major, K. 551 _Jupiter__ I. Allegro vivace
10. Symphony No. 41 in C Major, K. 551 _Jupiter__ II. Andante cantabile
11. Symphony No. 41 in C Major, K. 551 _Jupiter__ III. Menuetto. Allegretto-Trio
12. Symphony No. 41 in C Major, K. 551 _Jupiter__ IV. Molto allegro

Berliner Philharmoniker
Sir Simon Rattle

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

O preferido do público despede-se em 2018

O preferido do público despede-se em 2018

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Antonio Vivaldi (1678-1741): Gloria RV 589 / W.A. Mozart (1756-1791): Larghetto / L. Mozart (1719-1787): Concerto para trompa

the_organ_of_riga_dom_vol.1_1998_coverA wikipedia italiana afirma que Vivaldi compôs cerca de 50 obras sacras. Para comparação, os concertos para violino foram mais de 200. Ao contrário de Gabrieli, Monteverdi e Bach, para o padre Vivaldi, compor para a Igreja era algo ocasional e ele nunca teve os prestigiosos títulos de Maestro di Cappella ou Primo Organista na Basília de São Marco em Veneza.
O Gloria RV 589, uma das três partituras de Vivaldi sobre o Gloria in excelsis Deo, foi esquecido por alguns séculos mas hoje é uma das obras sacras mais populares e mais gravadas no mundo todo. O texto em latim, que faz parte da missa católica, é dividido em doze movimentos, cada um com sua combinação de coro, vozes solistas (apenas no 3º, 6º, 8º e 10º) e instrumentos. O colorido instrumental e a virtuosidade das árias se contrapõem ao severo estilo antigo de Palestrina.
Nesta gravação, na catedral de Riga, na Letônia, a orquestra é substituída pelo órgão, em transcrição da organista Yevgenia Lisitsina (também conhecida como Jevgenija Lisicina e Eugenia Lissitsyna… não é mole transcrever caracteres russos!). Os vários registros do órgão alemão Walcker substituem as partes para cordas e sopros. No coro, como em boa parte da música feita na Europa do Leste e na Rússia, os potentes sons graves dos baixos se destacam.
As últimas faixas do CD trazem arranjos de Mozart pai e filho para trompa e órgão. Trompistas devem adorar, mas para os meus ouvidos a trompa soa solene do início ao fim e cansa os ouvidos…
Antonio Vivaldi (1678-1741)
Gloria, RV 589
(arr. by Y. Lisitsina)
01. Gloria in excelsis Deo (3:22)
02. Et in terra pax hominibus (5:02)
03. Laudamus te (2:58)
04. Gratias agimus tibi (0:47)
05. Propter magnam gloriam (1:19)
06. Domine Deus (5:32)
07. Domine Fili unigenite (2:52)
08. Domine Deus, Agnus Dei (5:43)
09. Qui tollis peccata mundi (2:40)
10. Qui sedes ad dexteram (3:19)
11. Quoniam tu solus sanctus (1:14)
12. Cum Sancto Spiritu (3:29)
Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791)
13. Larghetto (7:06)
(2nd Part From Quintet For Clarinet And String Orchestra A-Dur, Kv 581, arr. by F. Humbert)
Leopold Mozart (1719-1787).
Concerto For French Horn D-Dur
14. Allegro Moderato (5:45)
15. Andante (6:04)
16. Allegro (2:25)
G. Kalinina – soprano (3, 6)
I. Arkhipova – mezzo-soprano (3, 8, 10)
Yevgenia Lisitsina – Walcker organ (1883) of Riga Dom (1-12)
Chamber Choir AVE SOL (1, 2, 4, 5, 7, 8, 9, 11, 12)
Conductor I. Kokars
A. Klishans – French Horn (14-16)
O. Tsintinsh – Walcker organ (1883) of Riga Dom (13-16)
Lisitsina com duas de suas paixões

Lisitsina com duas de suas paixões

 Pleyel

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

W. A. Mozart: Complete Sacred Music – Harnoncourt

MOZART – COMPLETE SACRED MUSIC
250th Anniversary Edition

vp9jy9
Seleção de 13 CDs com todas as obras sacras de Mozart

Intérpretes
Concentus musicus Wien
Arnold Schoenberg Chor
Choralschola der Wiener Hofburgkapelle (Antiphons)
.
Director: Nikolau Harnoncourt
.
.
.

• Mozart: Complete Sacred Music: Encarte (booklet) + track lists + front & back covers
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
PDF | 2,7MB

6gdl04Mozart: Complete Sacred Music CD1
Missa C-dur K.66 ‘Dominicus’
Vesperae de Domenica K.321

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 412,9 MB | 1 h 15 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 162,6 MB | 1 h 15 min

 

33niws8Mozart: Complete Sacred Music CD2
Missa in C, K317 “Coronation”
Vesperae solennes de confessore, K339

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 232,2 MB | 57 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 125,5MB | 57 min

 

33vci01Mozart: Complete Sacred Music CD3
Missa in C minor, K427
.

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 222,0 MB | 55 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 121,3 MB | 55 min

 

2ugfihuMozart: Complete Sacred Music CD4
Missae breves:
K49, K65, K220 “Spatzenmesse”
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 312,6 MB | 1 h 08 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 147,1MB | 1 h 08 min

 

1qjwiuMozart: Complete Sacred Music CD5
Missa solemnis in C minor, K.139 “Waisenhausmess” (Orphanage Mass)
Exsultate, Jubilate in F major, K.165
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 246,4 MB | 57 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 127,0 MB | 57 min

 

9hq5jqMozart: Complete Sacred Music CD6
Missa brevis in G major, KV 140 “Pastoral”
Missa brevis in F major, KV 192 (186f)
Missa longa in C major, KV 262 (246a)
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 302,3 MB | 1 h 07 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 145,0 MB | 1 h 07 min

 

2vueir6Mozart: Complete Sacred Music CD7
Missa brevis in C major, KV 257 ‘Credo’
Litaniae de venerabili altaris sacramento, KV 243
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 262,0 MB | 1 h 01 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 132,5 MB | 1 h 01 min

 

rb9phyMozart: Complete Sacred Music CD8
Missa in honorem S Trinitatis In C Major K.167
Missa brevis In C Major K.258
Kyrie In G K.89 (73k)
Misericordias Domini In D Minor K.222 (205a)
Missa brevis In C Major K.259 “Orgelsolo”
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 338,1MB | 1 h 13 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE.
MP3 320 kbps | 162,6 MB | 1 h 13 min

.
2q3876xMozart: Complete Sacred Music CD9
Grabmusik, K42 • Regina Coeli, K127
Tantum ergo, K142 • Ave verum corpus, K618
Kyries, K33, K90, K322 & K323
Scande coeli limina, K34
Veni Sancte Spiritus, K47 • Hosanna, K223
Miserere, K85 • Quaerite primum regnum Dei, K86
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 315,6 MB | 1 h 14 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
……………………………………..     MP3 320 kbps | 162,1 MB | 1 h 14 min

.
20jmjo3Mozart: Complete Sacred Music CD10
Venite populi, K260 • Regina Coeli, K108
Sancta Maria, K273 • Sum tuum praesidium, K198
Tantum ergo, K197 • Litaniae Lauratanae B.M.V., K109
Benedictus, K117 • Inter natos mulierum, K72
Alma Dei creatoris, K277 • Ergo interest, K143
Te Deum laudamus, K141
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 349,5 MB | 1 h 16 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
…………………………………..  …   MP3 320 kbps | 170,5 MB | 1 h 16 min

 

28hg8wmMozart: Complete Sacred Music CD11
Missa solemnis in C major, KV 337
Litaniae de venerabili altaris sacramento in B-flat major, KV 125
Regina coeli in C major, KV 276
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 271,5 MB | 1 h 03 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 140,4 MB | 1 h 03 min

 

29ehwqsMozart: Complete Sacred Music CD12
Kyrie In D Minor K.341 (368a)
Dixit et Magnificat In C Major K.193 (186g)
Missa brevis In B-Flat Major K.275 (272b)
Litaniae Lauretanae B.M.V. in D Major K.195 (186d)
.
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 285,6 MB | 1 h 06 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 145,5 MB | 1 h 06 min

 

28c0x81Mozart: Complete Sacred Music CD13
Requiem in D minor K.626

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 203,6 MB | 49 min
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 108,7 MB | 49 min

 

 

Boa audição

24dkidt

 

 

 

 

 

 

 

 

Avicenna

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

K617 – Nouveaux Mondes Sonores

Nouveaux Mondes Sonores

O renomado selo K617 lançou este CD, em 1997, que apresenta faixas de seus principais lançamentos, tendo como focos (i) a música barroca, de Palermo à América Latina; (ii) memórias musicais de Lorraine e, finalmente, um breve passeio (iii) do clássico ao inusitado.

K617 é uma gravadora de música clássica francesa com sede em Metz e fundada por Alain Pacquier, compositor e criador do Festival de Saintes no Abbaye aux Dames na Normandia, e o Festival de Sarrebourg no Convento de Saint Ulrich. O nome “K617” refere-se ao Adagio e Rondo de Mozart em C menor para glass harmonica com acompanhamento de flauta, oboé, viola e violoncelo.

Ouça o Adagio e Rondo de Mozart em C menor para glass harmonica:

Nouveaux Mondes Sonores
I. L’Italie et le Nouveau Monde revisités par Gabriel Garrido
Baroque, de Palerme à l’Amérique Latine
Claudio Giovanni Antonio Monteverdi (Cremona, 1567- Veneza, 1643) – (1)
01. L’Orfeo: 1. Toccata d’ouverture
02. L’Orfeo: 2. Duo Apollon – Orfeo
03. L’Orfeo: 3. Choeur final, ritournelle et moresque
Marco da Gagliano (Florence, 1582-1643) – (1)
04. La Dafne: Ballo
Bonaventura Rubino (Italia, ca. 1600-1668) – (1)
05. Vepres du Stellario de Palermo: Magnificat
Juan de Araujo (Villafranca, España, 1646 – Chuquisaca, Bolívia 1712) – (2)
06. Psaume dixit dominus
Martin Schmid (Swiss, 1694-1772) – (3)
07. Opéra San Ignacio: Scène 6
Roque Ceruti (Milan, ca. 1685 – Lima, 1760) – (4)
08. Musica a la Real Audiencia de Charcas: Vilancico “Afuela, apalta”

II. Mémoire musicale de la Lorraine
Autour d’un Requiem
Louis Théodore Gouvy (Germany, 1819-1898)
09. Feuillets intimes: Allegro giocoso – (5)
10. Stabat mater: Fac me flere – (6)
11. Requiem: Dies irae – (6)
Pierrequin de Thérache (ou Pierquin de Thiérache) (France, 1460-1528) – (7)
12. Loyset Compère Chapelle des Chantres des Ducs de Lorraine: Motet crux triumphans
Henry Desmarets (France, 1661-1741) – (8)
13. Les motets Lorrains: Marche Lorraine
14. Les motets Lorrains: Récit de soprano “Misere mei”
15. Les motets Lorrains: Choeur “Convertere Domine”

III. K617, du classique à l’étrange
Wolfgang Amadeus Mozart (Austria, 1756-1791) – (9)
16. Divertimenti pour cors de basset: Adagio K.411 pour 2 clarinettes et 3 cors de basset
Anonyme – (10)
17. Missa Corsica In Monticellu: 1. Agnus Dei
18. Missa Corsica In Monticellu: 2. Ite missa est
Marc-Antonie Charpentier (France, 1643-1704) – (11)
19. Leçons de Ténèbre et ragas de la nuit: 3ème leçon du Mercredi Saint

(1) Ensemble Elyma & Coro Antonio Il Verso. Director: Gabriel Garrido
(2) Ensemble Elyma & Coro de Niños Cantores de Cordoba. Director Gabriel Garrido
(3) Ensemble Elyma. Director: Gabriel Garrido
(4) Ensemble Elyma & Ensamble Luis Berger/Capilla Cisplatina & Coro Juvenil de la Fundación Pro Arte de Córdoba. Director Gabriel Garrido
(5) Quatuor à cordes – Quintette
(6) Evangelische Kantorei Saarlouis & Choeur d’Hommes de Hombourg-Haupt & Philarmonie de Lorraine. Director: Olivier Holt
(7) Ensemble Vocal Cantus Figuratus & La Traditora. Director: Dominique Vellard
(8) L’Orchestre des Violons du Roy et le Choeur du Studio de Musique Ancienne de Montréal. Director: Christopher Jackson
(9) Le Quatuor Stadler & Le Trio di Bassetto & La Grande Ecurie et la Chambre du Roy
(10) Ensemble A Cumpania
(11) Ensemble Gradiva

K617 – Nouveaux Mondes Sonores
1992

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 368,0 MB |

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps | 175,6 MB |

powered by iTunes 12.1.0 – 1 hr 18 min

Mais um CD do acervo do musicólogo Prof. Paulo Castagna. Valeu !!!

Boa audição.

no restaurante

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Avicenna

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Mozart (1756-1791): Concertos para piano nº 9 e 20, Sonatas nº 5, 11, 15 / Beethoven (1770-1827): Concerto nº 5 – The Classical Novaes

Até meados do século XX, Mozart era considerado um compositor ‘ligeiro’. Feliz demais, diziam alguns. Para dar um ar de gravidade e não fazê-lo destoar música séria de Beethoven, muitos maestros e músicos antigos davam uma segurada nos andamentos. Os resultados são os mais diversos e dependem do gosto. Evito o Mozart de Karajan, mas adoro a Flauta Mágica com Klemperer e os concertos para piano com Michelangeli, apesar da lentidão. Nas últimas décadas uma galera mais jovem (hoje já velha…) como Abbado, René Jacobs, Immerseel e Brautigam tem estudado os documentos de época e tocado Mozart bem mais depressa, às vezes até exagerando no sentido oposto.

Estes 2 CDs mostram o Mozart de Guiomar Novaes como bem mais moderno e historicamente correto do que a média da época dela (destaque para o historicamente, pois em arte não deveria haver correto). Seus andantes andam sem parar, seus allegros são pura alegria, de modo que o concerto nº 20 em ré menor, por exemplo, dura quase cinco minutos a menos do que a gravação de Michelangeli. Nunca ouvi o Romanze deste concerto tão bonito e cantabile como o de Guiomar.

Por outro lado, não posso elogiar a orquestra, que soa pesada, antiquada e não tão nítida nessas gravações dos anos 1950. E o Beethoven de Guiomar é inferior ao Mozart. A leveza e o cantabile da pianista combinam mais com o austríaco do que com o concerto Imperador do alemão, embora tudo aqui seja de alto nível.

Como diz uma das resenhas da Amazon: Her Mozart was in a class by itself. Indispensable!

CD 1
Beethoven: Piano Concerto no. 5 Es-Dur Op 75 «Emperor»
1. I. Allegro
2. II. Adagio un poco mosso
3. III. Rondo allegro
Mozart: Piano Sonata no. 5 G-Dur K 283
4. I. Allegro
5. II. Andante
6. III. Presto
Mozart: Piano Sonata no. 11 A-Dur K 331
7. I. Andante grazioso
8. II. Variations
9. III. Minuetto
10. IV. Trio
11. V. Alla turca
12. VI. Allegretto
CD 2
Mozart: Piano Concerto no. 20 d-moll K 466
1. I. Allegro
2. II. Romanze
3. III. Rondo
Mozart: Piano Concerto no. 9 Es-Dur K 271 «Jeunehomme»
4. I. Allegro
5. II. Andantino
6. III. Rondo
Mozart: Piano Sonata no. 15 C-Dur K 545
7. I. Allegro
8. II. Andante
9. III. Rondo: Allegro

Guiomar Novaes – Piano
Bamberg Symphony Orchestra, Jonel Perlea (Concerto de Beethoven)
Vienna Symphony Orchestra, Hans Swarowsky (Concertos de Mozart)

BAIXE AQUI (DOWNLOAD HERE) ou aqui (or here)

bologna_mozart_1777

Mozart aos 21 anos, idade em que compôs o concerto ‘Jeunehomme’

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) – String Quintets – Accardo, Batjer, Hofmann, Phelps e Fillipini

folderJá ouvi outras gravações destas obras, excelentes, por sinal, mas a presença do violinista italiano Salvatore Accardo é um ponto a mais a favor destas gravações. Accardo é um dos maiores violinistas do século XX, e seu talento,versatilidade e virtuosismo são um destaque a mais destes CDs, gravados em 1988, porém lançados apenas em 1991.

 

CD 1
01. KV 174 I – Allegro moderato
02. KV 406 Andante
03. KV 406 Menuetto in canone
04. KV 406 Allegro
05. KV 516 Allegro
06. KV 516 Menuetto
07. KV 516 Adagio ma non troppo
08. KV 516 Adagio – Allegro

CD 2

KV 406 Allegro
KV 406 Andante
KV 406 Menuetto in canone
KV 406 Allegro
KV 516 Allegro
KV 516 Menuetto
KV 516 Adagio ma non troppo
KV 516 Adagio – Allegro

CD 3

01. KV.515_I.Allegro
02. KV.515_II.Andante
03. KV.515_III.Menuetto (Allegretto) – Trio
04. KV.515_IV.(Allegro)
05. KV.614_I.Allegro di molto
06. KV.614_II.Andante
07. KV.614_III.Menuetto (Allegretto) – Trio
08. KV.614_IV.Allegro

Salvatore Accardo – Violin
Margaret Batjer – Violin
Toby Hofmann – Viola
Cynthia Phelps – Viola
Rocco FIllipini – Cello

CD 1 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
CD 2 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
CD 3 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

O órgão de Händel, J.S. Bach, Mozart, Widor, Vierne, Litaize, Duruflé – 12 belas páginas

Olivier Latry - 12 des plus belles pages de sa discographieRecentemente eu escrevi que o Brasil tem uma rica tradição pianística, apesar dos pesares. Sobre o órgão de tubos, não se pode dizer o mesmo. São instrumentos caros, imensos, precisam de manutenção com mão de obra especializada… Tirando as honrosas exceções aqui e ali, muitas igrejas em nosso país deixaram seus órgãos definhar com os cupins e a maresia.

Pretendo trazer para o PQPBach um pouco desse instrumento. O CD de hoje tem algumas obras essenciais do repertório para órgão como os corais de Bach e a toccata de Widor.

Seis curiosidades sobre o órgão de tubos:

1. O órgão é um dos instrumentos mais antigos de que se tem notícia, segundo a tradição foi inventado no século III a.C. em Alexandria, muitos séculos antes do cravo ou do piano. O que não significa que ele só serve para tocar música antiga: compositores como os franceses Litaize, Duruflé e Messiaen escreveram muita música de vanguarda para órgão no século XX, sem falar nos mais recentes Xenakis (1922–2001), Ligeti (1923—2006), Terry Riley (1935–) e Philip Glass (1937–).
2. Antes da eletricidade, um assistente ficava atrás do órgão o tempo todo. Isso mesmo, nos tempos de Bach o som só saía continuamente enquanto alguém estivesse bombeando ar para os foles…
3. Órgãos fazem muito eco. Principalmente em igrejas amplas e altas, com grande reverberação, o som continua ecoando vários segundos depois do órgão parar de tocar. Ao vivo esse efeito é incrível e no disco de Olivier Latry também é possível ouvir o eco que fica no ambiente sonoro da Catedral Notre Dame de Paris.
4. Cada órgão é único: eles não são feitos em série, ao contrário de carros ou pianos. Por exemplo o órgão barroco Arp Schnitger de Mariana/MG tem semelhanças com seus irmãos que vivem na Alemanha e na Holanda, mas também tem muitas diferenças.
5. Órgãos têm teclados manuais – que podem ser dois, três, quatro… cada um com um registro, ou seja, tipo de som – e ainda uma pedaleira para os sons mais graves. Assim, com duas mãos e os pés, o organista pode tocar obras a três vozes como as Triosonatas de Bach.
6. Händel, W.F. Bach, C.P.E. Bach, Haydn, Mozart e Beethoven escreveram obras para órgãos mecânicos, ou “relógios musicais”, que eram instrumentos autômatos, sem um músico tocando, e deviam causar um grande espanto no século 18. As obras de Händel e Mozart aqui presentes fazem parte desse grupo, mas a gravação aqui tem um músico tocando, porque soa melhor, né?

Olivier Latry – 12 des plus belles pages de sa discographie
01 – Pieces for a Musical Clock, Georg Friedrich Händel (A voluntary on a flight of angels; Allegro; Menuet; Gigue)
02 – Choral ”Wachet auf, ruft uns die Stimme” (BWV 645), J.S. Bach
03 – Prélude & Fugue en fa mineur (BWV 534), J.S. Bach
04 – Choral ”Wir glauben all an einen Gott” (BWV 740), J.S. Bach
05 – Trio Sonata No. 2 (BWV 526), J.S. Bach
06 – Fantasia for mechanical organ in F minor, K. 608, Wolfgang Amadeus Mozart
07 – Symphonie No. 5 pour orgue: I. Adagio, Charles-Marie Widor
08 – Symphonie No. 5 pour orgue: II. Toccata, Charles-Marie Widor
09 – Naïades (24 Pièces de Fantaisie), Louis Vierne
10 – Carillon de Westminster (24 Pièces de Fantaisie), Louis Vierne
11 – Scherzo, Gaston Litaize
12 – Toccata, Maurice Duruflé

Olivier Latry – Órgão

Órgãos utilizados:
Händel, Mozart – órgão Stumm em Kirchheimbolanden, Alemanha (1745)
Bach (Coral BWV 645) – órgão Giroud em Le Grand Bornand, França (1988, ‘estilo século XVII’)
Bach (BWV 534) – órgão Aubertin em Vichy, França (1991)
Bach (Coral BWV 740) – órgão Aubertin em Viry-Chatillon, França (1991)
Bach (Trio Sonata) – órgão Giroud em Grenoble, França (1982)
Duruflé – órgão Cliquot/Cavaillé-Coll/Beuchet-Debierre em St Étienne du Mont, Paris, França (1777/1863/1956)
Widor, Vierne, Litaize: órgão Cavaillé-Coll (modificado) em Notre Dame de Paris, França (1868)

BAIXE AQUI (DOWNLOAD HERE) ou aqui (or here)

Kirchheimbolanden, Alemanha. Mozart pisou nessa pedaleira.

Kirchheimbolanden, Alemanha. Mozart pisou nessa pedaleira.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!