Luigi Nono (1924–1990): Un volto, e del mare / Non consumiamo Marx

É notável como Luigi Nono envelheceu rapidamente. Antes, gostava de todas as suas obras, mas hoje muitas delas me parecem para lá de datadas. Não sei o que vocês dirão, porém, para mim, sua música tornou-se ruim e chata. O disco que posto em mp3 tem como origem um LP que nunca foi editado em CD. Ouça a raridade e depois briguem comigo à vontade. A possível simpatia ideológica não bastou para que eu gostasse da coisa.

Nono
Luigi Nono – 1969 – Un volto, e del mare & non consumiamo marx – para voz e gravação eletrônica

Lado A — Un Volto, Del Mare 16:46
Lyrics By – Cesare Pavese
Voice – Kadigia Bove, Liliana Poli

Lado B — Non Consumiamo Marx 17:36
Voice – Edmonda Aldini

Both tracks for voice and magnetic tape.
Lyrics for track A from the Cesare Pavese poem “Il Mattino”.
Lyrics for track B from writings on Paris walls (May 1968), documents on fights against Biennale di Venezia (June 1968) and found voices recorded live during street demonstrations.

Composed By – Luigi Nono
Technician [Magnetic Tapes] – Marino Zuccheri

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Luigi Nono e sua orquestra de botões

Luigi Nono e sua orquestra de botões

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Luigi Nono (1924-1990) – Como una ola de fuerza y luz, for Soprano, Piano, Orchestra and Magnetic Tape (1971-72) / …sofferte onde serene… For Piano and Magnetic Tape (1976) / Contrapunto dialettico alla mente, for Magnetic Tape (1968)

O veneziano Nono foi comunista como Pollini, Berio e Abbado e é com eles — menos Berio — que gravou este disco para a DG. Era mais do que comuna, foi casado com Nuria Schönberg, filha de Arnold Schönberg, o grande revolucionário da música da primeira metade do século XX. Nuria e Nono permaneceram juntos e casados até a morte do compositor. Seu interesse pela política era tanto que passou a combinar com frequência textos políticos com música revolucionária.

Como una ola fuerza y luz (1972) é uma homenagem a Luciano Cruz, líder revolucionário chileno, assassinado em 1971, dois anos antes de Henry Kissinger planejar e realizar o golpe do fascista Augusto Pinochet. O nome Luciano é ouvido claramente durante a obra. Já …Sofferte onde serene… (1976) é belíssima e dedicada ao luto do ex-aluno Maurizio Pollini, o qual perdera dois parentes na época. Contrappunto dialettico alla mente (1968) é a mais política das três obras, incluindo palavras de Malcolm X e de panfletos contra a guerra do Vietname. Tudo em italiano.

É um disco absolutamente notável, às vezes de incrível violência orquestral, mas não é para qualquer um ou para quem esteja chegando agora sem nenhuma noção daquilo que foi o Século XX. A estupenda atuação de Pollini e Abbado nesta gravação a eleva a níveis anormais musicalidade, virtuosismo e significação.

Luigi Nono – Como una ola de fuerza y luz, for Soprano, Piano, Orchestra and Magnetic Tape (1971-72) / …sofferte onde serene… For Piano and Magnetic Tape (1976) / Contrapunto dialettico alla mente, for Magnetic Tape (1968)

Como Una Ola De Fuerza Y Luz for soprano, piano, orchestra and tape
1. Beginning
2. I. Interno Dolce
3. II. Duro Deciso
4. Piano Entry
5. III. Dolcissimo Sereno
6. Orch Entry
7. Orch And Pno Entry
Slavka Taskova – soprano.
Maurizio Pollini – piano.
Bavarian Radio Symphony Orchestra.
Conductor – Claudio Abbado.

8. …Sofferte Onde Serene… for piano and magnetic tape
Maurizio Pollini – piano

9. Contrappunto Dialettico Alla Mente for magnetic tape
I. Diletto delitto moderno
II. Mascherata di vecchietti
III. Intermedio di venditore di soffio
IV. Lo zio Sam racconta una novella
Liliana Poli – soprano.
Cadigia Bove, Marisa Mazzoni, Elena Vicini, Umberto Troni – voices.
RAI Chamber Choir, Rome.
Director – Nino Antonellini.

Production and artistic supervision: Rainer Brock (1-8).
Artistic supervision: Luigi Nono (9).
Ballance engineers: Klaus Hiemann (1-7), Marino Zuccheri (9).
Sound engineer: Marino Zuccheri (8).
Sound direction: Luigi Nono (8)

CD: Deutsche Grammophon, Germany, 1988 (423 248-2).
1-7 originally released on LP by DG in 1974 (2530 436).
8 originally released on LP by DG in 1979 (DGG 2531 004).
9 originally released on LP by DG in 1970 (2561 044).

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!