.:Interlúdio:. Paulinho da Viola (1942): Obra para violão – Brasil Instrumental 1 [Acervo PQPBach]

UM BAITA DISCO !!!
(com três exclamações)

70º aniversário de Paulinho da Viola

Postado originalmente em 24 de janeiro de 2013. Só oficializando que este Disco é parte do Acervo P.Q.P.Bach de Música Clássica Brasileira…

Agora dei de postar música não-erudita…

Não-erudita, como assim? Convenhamos: Paulinho da Viola é mais erudito que muito compositor que convencionou-se chamar com esse rótulo! Suas músicas possuem uma elegância tal que não me permite ter pudor em afirmar que ele aproxima de caras refinadíssimos como Debussy. E não neguemos: há a mesma classe em suas elaboradas letras

Caricatura feita por André Xavier

Paulinho da viola consegue expressar sentimentos profundos sem nenhum risco de cair na pieguice. É elegante, austero, econômico, sutil, completo…

Você perceberá isso nas composições instrumentais do mestre que vos apresentamos hoje, interpretadas pelo exímio violonista João Pedro Borges, com o próprio Paulinho da Viola no acompanhamento (cavaquinho e segundo violão) e seu pai,César Faria, também no acompanhamento: um encontro com amigos, com a família, com sua formação, com suas influências. Um presentão!

Um disco pra ter na cabeceira, se é que assim podemos colocar.

Ah, esse é o primeiro disco de um álbum duplo: a segunda bolacha está na postagem de cima. Pena que foram só dois LPs. com essa qualidade, poderiam ser tantos mais…

Ouça! Ouça! Ouça! Deleite-se imensamente!


Brasil Instrumental 1

A Obra para violão de Paulinho da Viola

01. Valsachorando
02. Relembrando Pernambuco
03. Tango Triste
04. Romanceando
05. Itanhangá
06. Salvador
07. Abraçando Chico Soares
08. Valsa da Vida
09. Evocativo
10. Lila

João Pedro Borges, violão
Paulinho da viola, 2º violão, cavaquinho
César Faria, 2º violão

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PQPShare – FLAC  encartes em 3.0Mpixel (125Mb)
PQPShare – MP3  encartes em 3.0Mpixel (67Mb)

Partituras e outros que tais? Clique aqui

…Mas comente… O álbum é tão bom, merece umas palavrinhas…


Gênio!

Bisnaga

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!