Carl Stamitz (1746-1801) – Konzert für Klarinette und Orchester n°3 B-dur, Konzert für Klarinette und Orchester, n°10, B-Dur, n°11 in E-flat major, Johann Stamitz (1717-1757) – Konzert für Klarinette und Orchester B Dur

frontUm cd delicioso, que traz uma excepcional solista, Sabine Meyer, com uma orquestra mais que consagrada, a Academy of Saint-Martin-in-The-Fields, que nosso caro colega PQPBach deve prestigiar ao vivo, dentro de alguns dias, diretamente em Londres. Coisa chique nosso mentor …
Mas Sabine Meyer neste Cd traz dois compositores nem tanto conhecidos, Johann e Carl Stamitz, pai e filho, respectivamente. São obras de transição do barroco para o classicismo, e que mostram a evolução do clarinete enquanto instrumento solista. Tirei este texto abaixo do booklet que acompanha o cd:

“The clarinet is still a relatively young member of the woodwind family. It was developed from the earlier chalumeau towards 1700 by the Nuremberg instrument makers Johann Christoph and Jakob Denner as a replacement for the natural trumpet, wich was difficult to play. The first clarinets thus had a trumpet-like sound, and it took another hundred years before continued improvements in the construction and performing technique finally led to the warm, sensuous, slightly nasal and ocasionally droning idiom wich we consider as typical of the clarinet today.(…)

Se as coisas seguirem como o planejado, pretendo trazer outras obras compostas para este instrumento tão singular e agradável. Lembrando que comecei com um CD da ORFEO em que o grande Dieter Klöcker, um dos grandes clarinetistas do século XX, interpretava música de câmera.

01 – Clarinet Concerto No. 3 in B flat major_ I. Allegro moderato
02 – Clarinet Concerto No. 3 in B flat major_ II. Romanze
03 – Clarinet Concerto No. 3 in B flat major_ III. Rondo
04 – Clarinet Concerto No. 11 in E flat major_ I. Allegro
05 – Clarinet Concerto No. 11 in E flat major_ II. Aria (Andante moderato)
06 – Clarinet Concerto No. 11 in E flat major_ III. Rondo alla Scherzo (Allegro moderato)
07 – Clarinet Concerto in B flat major_ I. Allegro moderato
08 – Clarinet Concerto in B flat major_ II. Adagio
09 – Clarinet Concerto in B flat major_ III. Poco presto
10 – Clarinet Concerto No. 10 in B flat major_ I. [Allegro]
11 – Clarinet Concerto No. 10 in B flat major_ II. [Andante sostenuto]
12 – Clarinet Concerto No. 10 in B flat major_ III. [Rondo (Poco allegro)]

Sabine Meyer – Clarinete
Academy of Saint-Martin in The Fields
Iona Brown – Conductor

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FDPBach

Sabine Meyer

Sabine Meyer – Uma grande artista

 

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Johann Stamitz ( 1717 – 1757 ) & Carl Stamitz ( 1745 – 1801 ): Clarinet Concertos

LINK REVALIDADO !

Minha ídola, minha patriota. Sabine Meyer com absoluta certeza é a maior clarinetista que o mundo já produziu. As notas, as melodias saem tão facilmente, tão livremente que fico emocionado só de ouvir o que essa mulher toca. Cada vez que a ouço tocar me sinto uma formiga perante ao Everest.
Dia desses eu ouvi de um colega meu a seguinte afirmação: A clarineta é o instrumento mais sapeca da orquestra. Fiquei pensado o que realmente ele queria falar com isso. Mas deixaei para lá. Lembrei-me desses concertos, não sei por que.
Johann Wenzel Anton Stamitz compositor e violinista checo. Pai de Carl Stamitz e Anton Stamitz, compositores famosos.
Pertenceu a uma célebre família de músicos checos, que exerceram grande influência na evolução da música sinfónica do século XVIII.
Esses concertos, pouco conhecidos, são com certeza obras primas. Não sei se eu falo isso porque toco clarineta ou por ouvinte. Decidam aí vocês. Esses concertos, em sua maioria, tem uma um grau médio de dificuldade. Mas para compensar exigem do músico ( ou musicista ) extrema capacidade de infusão emocional na música. São difíceis de ser executados porque a infusão não pode ser extremamente floreada a ponto de ficar enjoativa, mas também não podem ser seca a ponto de ficar monótono. Sabine faz isso com perfeição. Ela consegue colocar exatamente a quantidade de emoção necessária em cada melodia. Todos os Concertos obedecem praticamente o mesmo sistema: Allegro, lento, scherzo ou presto.
Comentários são sempre bem vindos.
Boa audição.

Concerto for clarinet & orchestra No 3 in B flat by Carl Stamitz, Clarinet concerto No. 11 in E flat major by Carl Stamitz, Clarinet Concerto in B flat major by Johann Stamitz, Concerto for clarinet & orchestra No 10 in B flat major by Carl Stamitz

1. Cl Con No.3 in B flat: I. Allegro moderato
2. Cl Con No.3 in B flat: II. Romanze
3. Cl Con No.3 in B flat: III. Rondo
4. Cl Con No.11 in E flat: I. Allegro
5. Cl Con No.11 in E flat: II. Aria (Andante Moderato)
6. Cl Con No.11 in E flat: III. Rondo alla Scherzo (Allegro moderato)
7. Cl Con in B flat: I. Allegro moderato
8. Cl Con in B flat: II. Adagio
9. Cl Con in B flat: III. Poco presto
10. Cl Con No.10 in B flat: I. [Allegro]
11. Cl Con No.10 in B flat: II. [Andante sostenuto]
12. Cl Con No.10 in B flat: III. [Rondo (Poco allegro)]

Clique aqui e faça o download – RapidShare

Gabriel Clarineta

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!