Cesar Franck (1822-1890) – Sinfonia em Ré menor e Pièce Heroïque; Vincent d'Indy (1851-1931) – Variações Sinfônicas Istar, Op. 42

Como eu e Ranulfus estamos num empreendimento franckiano, apresento mais uma versão da famosa  Sinfonia em Ré. Surge ainda neste post outro francês, Vincent d’Indy. Seguem alguns dados dos dois compositores. César-Auguste-Jean-Guillaume-Hubert Franck foi um organista e compositor belga. Com quinze anos, após os estudos em sua cidade natal, foi para Paris onde passou a freqüentar o conservatório. Suas primeiras composições datam desta época e incluem quatro trios para piano e cordas (Trio op.1 no.1), além de peças para piano. Já separei os 4 trios para postar. Rute, uma cantata bíblica, foi composta com sucesso no conservatório em 1846. Deixou inacabada a ópera Le Valet de Ferme, iniciada em 1851. Durante muitos anos, Franck levou uma vida retirada, dedicando-se ao ensino e a seus deveres de organista, adquirindo renome como improvisador. Escreveu também uma missa, motetos, peças para órgão e outros trabalhos de cunho religioso. Professor do Conservatório de Paris em 1872, naturalizou-se francês no ano seguinte. Sua obra-prima é o poema sinfônico Les Béatitudes. Foi recebida, no entanto, com frieza na única execução pública durante a vida do autor. Possivelmente, venha a postar este extraordinário poema sinfônico. Outros poemas sinfônicos de Franck são Les Éolides, de 1876, Le Chasseur Maudit, de 1883 e Psyche, de 1888, sendo que os dois primeiros já foram postados aqui e o último ainda será postado. Já, por sua vez, Paul Marie Théodore Vincent d’Indy foi um compositor e professor francês. Em 1894, foi o principal fundador da “Schola Cantorum”. Compôs três sinfonias, as Variações Sinfônicas Istar, três óperas, canções, música de câmara, aberturas, e algumas peças para piano.

Textos com adaptações extraídos DAQUI e DAQUI.

Cesar Franck (1822-1890) – Sinfonia em Ré menor

01. Lento – Allegro non troppo
02. Allegretto
03. Allegro non troppo

Chicago Symphony Orchestra
Pierre Monteux, regente

Cesar Franck (1822-1890) – das ‘3 Peças para Grande Órgão’

04. Pièce Heroïque (versão orquestral)

San Francisco Symphony
Pierre Monteux, regente

Vincent d’Indy (1851-1931) – Variações Sinfônicas Istar, Op. 42

05 – I. Très lent
06 – II. Un peu plus animé
07 – III. Très animé
08 – IV. Le double plus vite

San Francisco Symphony
Pierre Monteux, regente

BAIXAR AQUI

Carlinus

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!