Francisco Manuel da Silva (1795-1865) – Hino Nacional Brasileiro a 6 pianos – arr. Wagner Tiso (1945)

Ah, pessoal! Não dava pra fazer essa data passar batida, afinal, é dia da Independência do Brasil: há exatos 190 anos Dom Pedro declarava que nos separávamos de Portugal. Nem sei se bradou mesmo o tal “Independência ou Morte” e empunhou a espada, como na tela de Pedro Américo aí em cima. Provavelmente o ato foi menos poético, mas a imprensa e os órgãos oficiais devem ter floreado um pouco a história para dar-lhe um aspecto mais revolucionário.

Tudo bem que o Brasil nunca assistiu a uma verdadeira revolução: a Independência nos veio por uma briga de família e a República, admitamos, por um golpe de estado. Nunca o povo, a massa, se envolveu. Em ambos os acontecimentos tudo aconteceu liderado por pequenos grupos e não por grandes movimentos populares, e nos rincões profundos do país muita gente ignorou esses fatos por anos…

Ainda assim, ainda que muito se questione se somos ou não independentes ou o quão soberanos somos sobre nossas próprias posses, acredito que a Independência é uma data a ser celebrada: é o marco que nos configura como nação. a partir daí se pode dizer que somos brasileiros, essa amálgama de tantas raças e culturas que configurou este povo diverso e ao mesmo tempo único.

Para comemorar esse marco, que tal ouvirmos a peça mais conhecida de Francisco Manuel da Silva, esse grande compositor do qual conhecemos ainda muito pouco (conheceríamos menos ainda se não fossem as garimpadas de Avicenna), que influenciou muitos conterrâneos e foi responsável pela formação musical de outros tantos, como o próprio D. Pedro I ?

Fiquemos então com o Hino Nacional Brasileiro interpretado por seis dos nossos melhores pianistas. Aliás, há tempos o Brasil sempre tem mais de um pianista figurando entre os considerados melhores do mundo. Hoje temos aqui uma verdadeira constelação: Amilton Godoy, Antonio Adolfo, Arthur Moreira Lima, João Carlos de Assis Brasil, Nelson Ayres e Wagner Tiso! O arranjo de Tiso é muito bom e faz arrepiar até os pelinhos da nuca de nacionalistas como eu. Veja que show!

Francisco Manoel da Silva (1795-1865)
Hino Nacional Brasileiro
Arranjo para 6 pianos de Wagner Tiso (1945)

Amilton Godoy, piano
Antonio Adolfo, piano
Arthur Moreira Lima, piano
João Carlos de Assis Brasil, piano
Nelson Ayres, piano
Wagner Tiso, piano
Executado na Cerimônia de encerramento dos Jogos Mundiais Militares
Estádio Olímpico João Havelange, Rio de Janeiro, 24 de julho de 2011

Partituras e outros que tais? Clique aqui

Ouça! Deleite-se! … E não se esqueça de nos escrever algo legal…

Brasil ! Brasil ! Brasil ! Brasil ! Brasil ! Brasil ! Brasil ! Brasil ! Brasil ! Brasil !

Bisnaga

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!