Musica Antiqua Bohemica – Jan Dismas Zelenka (1679-1745): Trio Sonatas – Heinz Holliger

514lbdNJkLLJan Zelenka já deu o ar peruquento de sua graça aqui no PQP Bach, o que é muito merecido: sua extensa obra sacra, escrita sobretudo para a corte da linda Dresden, e consistente música orquestral são testemunhos de sua maestria no contraponto e arrojo harmônico. Assim como o de seu contemporâneo Johann Sebastian Bach, seu estilo fortemente ancorado no do barroco tardio e calcado na polifonia era tido como antiquado, e sua obra foi esquecida após sua morte.

“Pena!”, dirão vocês, ainda mais depois de escutarem estas trio sonatas magistralmente escritas, talvez as maiores obras do gênero. Já havia outra versão delas por aqui, eu até tinha um CD tcheco para postar, mas lembrei dessa gravação do Heinz Holliger e… nada mais preciso dizer: Holliger, um Midas da palheta dupla, foi um dos responsáveis pela redescoberta de Zelenka, com uma leitura clássica das trio sonatas feita para a Archiv nos anos 70. Esta que lhes apresento é uma regravação digital da ECM, em que Holliger se faz acompanhar de um conjunto à altura de seu talento, que é quase o mesmo da gravação anterior. O destaque vai para a cravista Christiane Jaccottet, intérprete da primeira boa integral de Bach para cravo a que tive acesso, pois, como se lembram os velhotes como eu, os anos 90 foram medonhos, eu era duro, e quase só podia comprar Movieplay.

ZELENKA – TRIO SONATAS

Jan Dismas ZELENKA (1679-1745)

Seis Trio Sonatas, ZWV 181

DISCO 1

Sonata no. 1 em Fá maior, para dois oboés, fagote e baixo contínuo
01 – Adagio ma non troppo
02 – Allegro
03 – Larghetto
04 – Allegro assai

Sonata no. 2 em Sol menor, para dois oboés, fagote e baixo contínuo
05 – Andante
06 – Allegro
07 – Andante
08 – Allegro

Sonata no. 3 em Si bemol maior, para violino, oboé, fagote e baixo contínuo
09 – Adagio
10 – Allegro
11 – Largo
12 – Tempo giusto

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Sonata no. 4 em Sol menor, para violino, oboé, fagote e baixo contínuo
01 – Andante
02 – Allegro
03 – Adagio
04 – Allegro ma non troppo

Sonata no. 5 em Fá maior, para dois oboés, fagote e baixo contínuo
05 – Allegro
06 – Adagio
07 – Allegro

Sonata no. 6 em Dó menor, para dois oboés, fagote e baixo contínuo
08 – Andante
09 – Allegro
10 – Adagio
11 – Allegro

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Heinz Holliger e Maurice Bourgue, oboés
Thomas Zehetmair, violino
Klaus Thunemann, fagote
Jonathan Rubin, alaúde
Christiane Jaccottet, cravo
Klaus Stoll, contrabaixo

681314f31500871e1c594202d237eb3a

Vassily Genrikhovich

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Biber: Battalia e outras obras / Locke: The Tempest / Zelenka: Fanfare — Il Giardino Armonico


IM-PER-DÍ-VEL !!!

Em verdade vos digo: nunca deixeis de ouvir as gravações do Il Giardino Armonico, são sempre FANTÁSTICAS. Mas sim, comecemos pelo que interessa: IM-PER-DÍ-VEL !!!! Ah, já tinha dito, né? Este é um disco de música barroca sem o qual você não pode viver sem. A vitalidade e o frescor das interpretações do Il Giardino Armonico trabalham favoravelmente à música dos grandes Biber e Locke, compositores imerecidamente pouco ouvidos. E, para melhorar ainda mais, são obras divertida, cheias de expressão surpreendente. A Battalia de Biber e a a música incidental escrita por Locke para a peça de Shakespeare A Tempestade são das coisas mais arrepiantes que há.

Mas temos que voltar a Antonini e seu Giardino: há muitos especialistas em barroco, mas este grupo — o preferido por Cecilia Bartoli — é especial. Muitas vezes agressivo, quase sempre inesperado mas sempre eufônico, o grupo costuma explorar seu repertório com tanto entusiasmo que as músicas parecem outras após um tratamento “Armonico”.

Biber: Battalia e outras obras / Locke: The Tempest / Zelenka: Fanfare — Il Giardino Armonico

Jan Dismas Zelenka (1679-1745):
1. Fanfare in D major (02:11)

Heinrich Ignaz Franz Von Biber (1644 – 1704):
2. Battalia – Sonata – Allegro (01:52)
3. Battalia – Die liederliche Gesellsschaft von allerley Humor (Allegro) (00:45)
4. Battalia – Presto (00:26)
5. Battalia – The march (violin I solo) (01:03)
6. Battalia – Presto (2) (01:01)
7. Battalia – Aria (02:39)
8. Battalia – The battle (00:42)
9. Battalia – Lamento der Verwundten Musquetirer (Adagio) (01:31)
10. Passacaglia in C minor (04:55) — Luca Pianca, archlute
11. Anon. / Tune for the woodlark (00:20) – Giovanni Antoini, flautino
12. Sonata Violino solo representativa – Allegro (01:46)
13. Sonata Violino solo representativa – The nightingale (01:22)
14. Sonata Violino solo representativa – The cuckoo (00:42)
15. Sonata Violino solo representativa – The frog (00:42)
16. Sonata Violino solo representativa – Adagio (00:25)
17. Sonata Violino solo representativa – The hen & the cock (00:24)
18. Sonata Violino solo representativa – Presto (00:12)
19. Sonata Violino solo representativa – Adagio – The quail (00:42)
20. Sonata Violino solo representativa – The cat (00:25)
21. Sonata Violino solo representativa – The musketeers’ march (01:14)
22. Sonata Violino solo representativa – Allamande (01:41)
23. – Onofri, Enrico – Ricercare (01:52) Michele Barchi, gravicembalo / Riccardo Doni, organ
24. – Partita VII in C minor – Praeludium (03:24) Enrico Onofri, Marco Bianchi, viole d’amore / Giovanni Antonini, tenor chalumeau / Vittorio Ghielmi, bass and tenor violas da gamba / Luca Pianca, archlute / Michele Barchi, gravicembalo and organ
25. – Partita VII in C minor – Allamande (02:18)
26. – Partita VII in C minor – Sarabande (01:42)
27. – Partita VII in C minor – Gigue – Presto (01:22)
28. – Partita VII in C minor – Aria (01:35)
29. – Partita VII in C minor – Trezza (00:48)
30. – Partita VII in C minor – Arietta variata (05:58)

Matthew Locke (1621 – 1677):
31. – Canon 4 in 2 (00:48)
32. – Music for The Tempest – Introduction (01:03)
33. – Music for The Tempest – Galliard (01:30)
34. – Music for The Tempest – Gavot (01:06)
35. – Music for The Tempest – Sarabrand (03:02)
36. – Music for The Tempest – Lilk (00:54)
37. – Music for The Tempest – Curtain Tune (05:19)
38. – Music for The Tempest – First Act Tune – Rustick Air (01:18)
39. – Music for The Tempest – Second Act Tune – Minoit (01:32)
40. – Music for The Tempest – Third act tune – Corant (01:05)
41. – Music for The Tempest – Fourth act tune – A Martial Jigge (01:43)
42. – Music for The Tempest – Conclusion: A Canon 4 in 2

Il Giardino Armonico
Giovanni Antonini

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Parte dos membros do Il Giardino Armonico

O correto é tocar assim, viu?

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Vivaldi, Telemann, Heinichen, Fasch, Graun, Pisendel, Quantz, Zelenka, Hasse, Ariosti, A. Scarlatti, Fux: Música na Corte de Dresden (8 CDs!)

Copiei esses 8 CDs — pois estamos falando de um ÁLBUM ÓCTUPLO — , num CD-R (cabe direitinho) e saí por aí de carro ouvindo a coisa. Nossa, é muito SEDUTOR, ATRAENTE, DO CARALHO e apenas me vinha à memória o ÍNCLITO blog Prato Feito, que é absolutamente tarado pela Corte de Dresden (grande Dresden!, diria o pessoal de lá). Parei o carro quatro vezes e cada uma delas foi sem relação alguma com meus compromissos ou EMENTÁRIO; parava apenas pela absurda COERÇÃO vinda da grande Dresden de tantos compositores geniais. A questão sempre era a mesma. O que era mesmo a maravilha que eu estava ouvindo naquele momento em meus ouvidos cheios de sons de um passado que URGE ser REEDIFICADO? Da primeira vez, o culpado foi o INSIDIOSO Telemann, da segunda, o VERMELHO Vivaldi e seu per eco in lontano, da terceira, o DELINQUENTE foi Zelenka e, da quarta, foi o FASCHinante. Todos esses seres andavam por Dresden, como disse o Prato Feito aqui

Sinto muito, mas tenho que voltar a falar de Dresden. Nessa cidade, nas primeiras décadas do século XVIII, havia muitos grandes compositores. Se você saísse na rua, era capaz de trombar com Pisendel enquanto olhava Hasse do outro lado da rua, cruzava com Zelenka saindo da igreja e, se não olhasse pra cima, ainda era acertado por Veracini caindo de uma janela (e isso é uma outra história). Mas ainda não é de nenhum deles que vamos falar, e sim de um outro sujeito: Johann David Heinichen.

… assim como antes (ou depois, sei lá) falara aqui

Uma das mais graves perdas históricas da II Guerra Mundial foi o bombardeio e arrasamento da cidade alemã de Dresden, pelas forças dos Estados Unidos. Nessa tragédia se perderam muitas vidas, monumentos e documentos. Após a reunificação alemã, em 1990, Dresden passou por um rápido e bem feito processo de reconstrução, que acabou trazendo de volta grande parte do brilho daquela que foi uma das mais importantes cortes da Alemanha barroca. Musicalmente a cidade foi privilegiada com grandes compositores, dentre os quais dois estão representados neste (no dele) CD.

Oh, esses ianques ignorantes e filhas-da-puta! Deviam ter feito RETROPERISTALTISMO com suas bombas! Ah, e aqui, falando sobre o imenso Schütz…

No entanto nunca compôs música puramente instrumental, e toda a sua obra profana foi perdida. Viveu em Dresden (grande Dresden!), e morreu em 1672.

Grande Dresden, repito! Tchê, Dresden é o canal e eu desafio o pessoal do Prato Feito a gostar mais de Dresden do que nós.

Que esta postagem épica sirva de PRESENTE do PQP para a massa sedenta que segue nosso blog nos três hemisférios, doze continentes e na Via Láctea, onde se DERRAMAM — como os milhões de espermatozóides que EJACULAREI logo mais à noite dentro de minha amada — as sementes de POLINIZAÇÃO de beleza que fazem sorrir a blogosfera e suas margens.

E vou ali na mesa beber mais um pouco, OK?

Ah, intérpretes excelentes, impecáveis.

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Sobre Dresden, Harry Crowl comentou:
dezembro 24th, 2010 às 11:21

Essa antologia é muito impressionante. Já conhecia 4 desses Cds que acompanham o belíssimo livro “Dresden”, com as pinturas do sec.XVIII realizadas por Canaletto. Ganhei esse livro quando estive lá em 2007, de uma grande amiga soprano que mora lá.

Queria fazer um esclarecimento em relação ao bombardeio de Dresden. O mesmo foi perpetrado pela Força Aérea Britânica (RAF), com um certo apoio logístico americano. Mas, a ordem veio do alto comando inglês, com aquiescência de Churchill. Os alemães dizem que foi uma vingança pelo bombardeio de Coventry, mas, na verdade, os ingleses já sentindo que não iam mais mandar no mundo, queriam assustar os russos que já estavam chegando perto e não estavam muito inclinados a respeitar os tratados. Durante o período da DDR, a cidade não teve seu monumentos reconstruídos. Depois da reunificação, tudo foi restaurado e reconstruído como era. A cidade voltou a ser exuberante. A reconstrução foi financiada inclusive com dinheiro inglês. A Inglaterra reconheceu o crime que cometera e pediu perdão oficialmente ao povo alemão. Quando a Frauenmarienkirche foi reinaugurada, os dirigentes máximos dos dois países estavam presentes e foi estabelecido o dia do perdão, que me parece que é celebrado em Dresden anualmente. O bombardeio matou tanta gente quanto uma das bombas atômicas. Um dos livros mais interessantes sobre o bombardeio é “Slaughterhouse 5″, de Kurt Vonnegut, que era um prisioneiro americano dos alemães e estava detido em Dresden durante o bombardeio.

Vivaldi, Telemann, Heinichen, Fasch, Graun, Pisendel, Quantz, Zelenka, Hasse, Ariosti, A. Scarlatti, Fux: Música na Corte de Dresden

Disc 1:

Antonio Vivaldi – Concerto for Violin, 2 Oboes, 2 Recorders and Bassoon in G minor, RV 577
1. Concerto for Violin, 2 Oboes, 2 Recorders and Bassoon in G minor, RV 577: 1st movement
2. Concerto for Violin, 2 Oboes, 2 Recorders and Bassoon in G minor, RV 577: 2nd movement, Largo non molto
3. Concerto for Violin, 2 Oboes, 2 Recorders and Bassoon in G minor, RV 577: 3rd movement, Allegro

Georg Philipp Telemann – Concerto for Violin, Hunting Horn & BC in D major
4. Concerto for Violin, Hunting Horn and Basso continuo in D major: 1st movement, Vivace
5. Concerto for Violin, Hunting Horn and Basso continuo in D major: 2nd movement, Adagio
6. Concerto for Violin, Hunting Horn and Basso continuo in D major: 3rd movement, Allegro

Johann David Heinichen – Concerto for 2 Oboe, 2 Flutes, Violin, 2 Horns & BC in F major
7.Concerto for 2 Oboe, 2 Flutes, Violin, 2 Horns and Basso continuo in F major: 1st movement, Allegro
8. Concerto for 2 Oboe, 2 Flutes, Violin, 2 Horns and Basso continuo in F major: 2nd movement, Andante
9. Concerto for 2 Oboe, 2 Flutes, Violin, 2 Horns and Basso continuo in F major: 3rd movement

Johann Friedrich Fasch – Concerto for 2 Trumpets, 2 Horns, 2 Oboes, Bassoon, Strings & BC
10. Concerto for 2 Trumpets, 2 Horns, 2 Oboes, Bassoon, Strings and Basso Continuo: 1st movement, Allegro
11. Concerto for 2 Trumpets, 2 Horns, 2 Oboes, Bassoon, Strings and Basso Continuo: 2nd movement, Andante
12. Concerto for 2 Trumpets, 2 Horns, 2 Oboes, Bassoon, Strings and Basso Continuo: 3rd movement, Allegro

Johann Gottlieb Graun – Concerto for 2 Violins, 2 Horns, Strings & BC in G major
13. Concerto for 2 Violins, 2 Horns, Strings and Basso Continuo in G major: 1st movement
14. Concerto for 2 Violins, 2 Horns, Strings and Basso Continuo in G major: 2nd movement, Adagio
15. Concerto for 2 Violins, 2 Horns, Strings and Basso Continuo in G major: 3rd movement, Allegro molto con spirito

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Disc 2:

Johann Georg Pisendel – Sinfonia in B major
1. Sinfonia in B major: Allegro di molto
2. Sinfonia in B major: Andantino
3. Sinfonia in B major: Tempo di menuet

Johann Georg Pisendel – Concerto for Violin, 2 Oboes, Strings & BC in D major
4. Concerto for Violin, 2 Oboes, Strings and Basso Continuo in D major: Vivace
5. Concerto for Violin, 2 Oboes, Strings and Basso Continuo in D major: Andante
6. Concerto for Violin, 2 Oboes, Strings and Basso Continuo in D major: Allegro

Johann Georg Pisendel – Concerto for 2 Oboes, Bassoon, Strings & BC in E flat major
7. Concerto for 2 Oboes, Bassoon, Strings and Basso Continuo in E flat major

Georg Philipp Telemann – Concerto for Violin in F major
8. Concerto for Violin in F major: Presto
9. Concerto for Violin in F major: Corsicana-Un poco grave
10. Concerto for Violin in F major: Allegrezza
11. Concerto for Violin in F major: Scherzo
12. Concerto for Violin in F major: Chasse
13. Concerto for Violin in F major: Polacca
14. Concerto for Violin in F major: Minuetto

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Disc 3:

Antonio Vivaldi – Concerto in C major, RV 558
1. Concerto in C major, RV 558
2. Concerto in C major, RV 558
3. Concerto in C major, RV 558

Antonio Vivaldi – Concerto for Oboe in F major, RV 455
4. Concerto for Oboe in F major, RV 455
5. Concerto for Oboe in F major, RV 455
6. Concerto for Oboe in F major, RV 455

Antonio Vivaldi – Concerto for Viola d’Amore and Lute in D minor, RV 540
7. Concerto for Viola d’Amore and Lute in D minor, RV 540
8. Concerto for Viola d’Amore and Lute in D minor, RV 540
9. Concerto for Viola d’Amore and Lute in D minor, RV 540

Antonio Vivaldi – Concerto for 4 Violins in A major, RV 552 “Per eco in lontano”
10. Concerto for 4 Violins in A major, RV 552 ‘Per eco in lontano’
11. Concerto for 4 Violins in A major, RV 552 ‘Per eco in lontano’
12. Concerto for 4 Violins in A major, RV 552 ‘Per eco in lontano’

Antonio Vivaldi – Sinfonia for Strings in G major, RV 149
13. Sinfonia for Strings in G major, RV 149
14. Sinfonia for Strings in G major, RV 149
15. Sinfonia for Strings in G major, RV 149

Antonio Vivaldi – Concerto for Violin and Oboe in G minor, RV 576
16. Concerto for Violin and Oboe in G minor, RV 576
17. Concerto for Violin and Oboe in G minor, RV 576
18. Concerto for Violin and Oboe in G minor, RV 576

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Disc 4:

Georg Philipp Telemann – Concerto for Violin 3 Horns 2 oboes in D major
1. Concerto for Violin, 3 Hunting Horns, 2 Oboes, Strings and Basso Continuo in D major
2. Concerto for Violin, 3 Hunting Horns, 2 Oboes, Strings and Basso Continuo in D major
3. Concerto for Violin, 3 Hunting Horns, 2 Oboes, Strings and Basso Continuo in D major

Johann Joachim Quantz – Concerto for 2 flutes
4. Concerto for 2 Flute, Strings and Basso Continuo in G minor
5. Concerto for 2 Flute, Strings and Basso Continuo in G minor
6. Concerto for 2 Flute, Strings and Basso Continuo in G minor

Antonio Vivaldi – Concerto for 2 Violins, 2 Oboes and Bassoon in D major, RV 564a
7. Concerto for 2 Violins, 2 Oboes and Bassoon in D major, RV 564a
8. Concerto for 2 Violins, 2 Oboes and Bassoon in D major, RV 564a
9. Concerto for 2 Violins, 2 Oboes and Bassoon in D major, RV 564a

Jan Dismas Zelenka – Capriccio in A major for 2 oboes, fagott, 2 horns ZWV 185 (*)
10. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185
11. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185
12. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185
13. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185
14. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185
15. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185
16. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Disc 5:

Jan Dismas Zelenka – Capriccio in C major for 2 oboes, fagott, 2 horns ZWV 183
1. Capricci (5): no 2 in G major, ZWV 183: Allegro
2. Capricci (5): no 2 in G major, ZWV 183: Canarie
3. Capricci (5): no 2 in G major, ZWV 183: Gavotte
4. Capricci (5): no 2 in G major, ZWV 183: Rondeau
5. Capricci (5): no 2 in G major, ZWV 183: Menuetto

Jan Dismas Zelenka – Laudate pueri in D major, ZWV 81 (**)
6. Laudate pueri in D major, ZWV 81: Laudate pueri
7. Laudate pueri in D major, ZWV 81: Qui sicut Dominus
8. Laudate pueri in D major, ZWV 81: Amen

Jan Dismas Zelenka – Capricci (5): no 5 in G major, ZWV 190
9. Capricci (5): no 5 in G major, ZWV 190: Allegro
10. Capricci (5): no 5 in G major, ZWV 190: Menuetto 1 & 2
11. Capricci (5): no 5 in G major, ZWV 190: Trio ‘Il contento’
12. Capricci (5): no 5 in G major, ZWV 190: Presto assai ‘Il furibondo’
13. Capricci (5): no 5 in G major, ZWV 190: Villanella 1 & 2

Jan Dismas Zelenka – Confitebor tibi Domine in C minor, ZWV 71
14. Confitebor tibi Domine in C minor, ZWV 71: Confitebor tibi Domine
15. Confitebor tibi Domine in C minor, ZWV 71: Memoriam fecit

Jan Dismas Zelenka – Capriccio in A major for 2 oboes, fagott, 2 horns ZWV 185 (*)
16. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185: Allegro assai
17. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185: Adagio
18. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185: Aria
19. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185: En tempo de canarie
20. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185: Menuet 1 & 2
21. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185: Andante
22. Capricci (5): no 4 in A major, ZWV 185: Paysan 1 & 2

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Disc 6:

Jan Dismas Zelenka – Missa Dei Patris in C major, ZWV 19
1. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Kyrie eleison 1
2. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Christe eleison
3. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Kyrie eleison 2
4. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Gloria in excelsis Deo
5. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Domine Deus
6. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Domine Fili
7. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Qui sedes ad dexteram
8. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Quoniam tu solus Sanctus
9. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Cum Sancto Spiritu
10. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Credo in unum
11. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Et incarnatus est
12. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Cruxifixus
13. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Et resurrexit
14. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Et vitam venturi saeculi
15. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Sanctus
16. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Benedictus
17. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Osanna
18. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Agnus Dei
19. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Agnus Dei
20. Missa Dei Patris in C major, ZWV 19: Dona nobis pacem

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Disc 7:

Johann Adolf Hasse- Mass in G minor
1. Mass in G minor: Kyrie eleison 1
2. Mass in G minor: Christe eleison
3. Mass in G minor: Kyrie eleison 2
4. Mass in G minor: Gloria in excelsis Deo
5. Mass in G minor: Gratias agimus tibi
6. Mass in G minor: Domine Deus, Rex caelestis
7. Mass in G minor: Domine Fili unigenite
8. Mass in G minor: Domine Deus
9. Mass in G minor: Qui tollis peccata mundi
10. Mass in G minor: Quoniam tu solus sanctus
11. Mass in G minor: Cum Sancto Spiritu
12. Mass in G minor: Credo in unum Deum
13. Mass in G minor: Et incarnatus est
14. Mass in G minor: Crucifixus etiam pro nobis
15. Mass in G minor: Et resurrexit tertia die
16. Mass in G minor: Ad te levavi animam meam
17. Mass in G minor: Sanctus
18. Mass in G minor: Benedictus
19. Mass in G minor: Hosanna in excelsis
20. Mass in G minor: Agnus Dei

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Disc 8:

Jan Dismas Zelenka – Laudate pueri in D major, ZWV 81 (**)
1. Laudate pueri in D major, ZWV 81: Laudate pueri
2. Laudate pueri in D major, ZWV 81: Quis sicut Dominus
3. Laudate pueri in D major, ZWV 81: Amen

Attilio Ariosti – O quam suavis est
4. O quam suavis est: O quam suavis est
5. O quam suavis est: Panem quem coelum dat

Alessandro Scarlatti – Su le sponde del Tebro
6. Su le sponde del Tebro: Sinfonia
7. Su le sponde del Tebro: Su le sponde del Tebro
8. Su le sponde del Tebro: Sinfonia
9. Su le sponde del Tebro: Contentatevi
10. Su le sponde del Tebro: Mesto, stanco e spirtante
11. Su le sponde del Tebro: Infelici miei lumi
12. Su le sponde del Tebro: Dite almeno
13. Su le sponde del Tebro: Ritornell
14. Su le sponde del Tebro: All’ aura
15. Su le sponde del Tebro: Tralascia pur di piangere

Johann David Heinichen – Lamentatio
16. Lamentatio: Incipit lamentation
17. Lamentatio: Beth
18. Lamentatio: Ghimel
19. Lamentatio: Daleth
20. Lamentatio: He

Johann Joseph Fux – Plaudite sonat tuba
21. Plaudite: Plaudite, sonat tuba
22. Plaudite: Dum exultat de morte Salvator
23. Plaudite: Mortales, vicit Leo de ttribu Juda
24. Plaudite: O! peccator gaude
25. Plaudite: Alleluja!

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

(*) e (**) — Não é um engano de PQP Bach. A edição original colocou estas duas peças repetidas na coletânea.

Peter Schreier (Tenor)
René Jacobs (Countertenor)
Ludwig Güttler (Trumpet)
Ralph Eschrig (Tenor)
Dagmar Schellenberger (Soprano)
Axel Köhler (Countertenor)
Egbert Junghanns (Bass)
Olaf Bär (Bass, Baritone)
Reinhart Ginzel (Tenor)

Virtuosi Saxoniae
Thüringen Academy Choir

Ludwig Güttler

Apoie os bons artistas, compre suas músicas.
Apesar de raramente respondidos, os comentários dos leitores e ouvintes são apreciadíssimos. São nosso combustível.
Comente a postagem!

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Jan Dismas Zelenka (1679–1745): Oratório Gesù al Calvario

Olha, grande, grandíssimo CD do cara-de-doido-varrido Hermann Max. Antes de colocar uma informação biográfica de Zelenka — já não tinha feito isso em outro post? — copiada deste site, vai o selo de qualidade:

IM-PER-DÍ-VEL !!!!

Jan Dismas Zelenka (Lunovice, Bohemia, 16 de outubro de 1679 – Dresde, 22 de dezembro de 1745). Compositor barroco checo.

Sua vida

Jan Dismas Zelenka nasceu o 16 de outubro de 1679 em Lunovice, um pequeno povo ao sudoeste de Praga na República Checa. Ainda que não se conhece muito de sua infância e juventude, provavelmente foi seu pai, professor e organista desta cidade, quem o introduziu no mundo da música. Pensa-se que pôde ter recebido uma educação musical no colégio jesuita de Praga, chamado Clementinum.

Em 1709 foi contrabajo da capilla do Conde J.L. von Hartig em Praga e em 1710 da Capilla Real Sajona de Dresde. De 1715 a 1719 estudou com Johann Joseph Fux em Viena e com Antonio Lotti e Alessandro Scarlatti na Itália]]. Em 1719 fixou sua residência definitiva em Dresde, onde foi nomeado em 1721 vicemaestro de capilla no corte de Augusto II da Polónia, se convertendo em ayudante do grande compositor Johann David Heinichen. Em 1729 recebe o cargo de director de música da Igreja. Permaneceu nesta cidade até sua morte, em 1745.

Sua obra

Jan Dismas Zelenka compôs música instrumental e vogal, ainda que a maior parte de sua obra está dedicada à música religiosa. Sua música é pouco convencional e de grande originalidad. Apesar disso e devido a que Zelenka era considerado um compositor demasiado conservador em seu tempo (ao igual que Johann Sebastian Bach), a maior parte de sua obra ficou no esquecimento após sua morte, e não foi senão até finais do século XX que algumas de suas obras voltaram a se interpretar.

A maior parte de sua música religiosa foi escrita para o corte de Dresde, que se tinha convertido ao catolicismo por questões políticas. Nesta, Zelenka une as técnicas de composição arcaicas, baseadas sobretudo em um contrapunto muito estrito, com os elementos mais modernos de sua época, conseguindo assim obras de grande expresividad. Conhecem-se dele cerca de 20 missas, fragmentos de missa, responsorios, 2 Magnificats, um deles em re maior, que Johann Sebastian Bach fez copiar para seu filho Wilhelm Friedemann, numerosos salmos, responsorios a capella, elogiados por Telemann, e 3 oratorios: Gesù ao Calvario, Il Serpente de bronzo e I penitente ao Sepolcro.

O número de composições vocais profanas é muito reduzido. Entre estas destaca a ópera latina Sub olea pacis et palma virtutis.

Em sua música instrumental introduz Zelenka elementos da música popular checa. Entre suas obras instrumentales encontram-se: 6 sonatas de câmara, 5 capriccios para orquestra, uma sinfonía, uma suite-obertura, uma obertura de programa, Hipochondria, e um concerto para orquestra em sol maior.

Zelenka mostra-se próximo dos grandes maestros do Barroco tardio. Seu originalidad na invenção de temas, nas progressões armónicas, no uso constante de cromatismo e na busca de novas sonoridades, ao igual que sua escritura de grande virtuosismo, são muito apreciadas actualmente e o acercam notavelmente a Johann Sebastian Bach, quem o considerava um excelente compositor.

A música de Zelenka encontra-se registada e ordenada tematicamente no catálogo Zelenka-Werke-Verzeichnis (ZWV) de Wolfgang Reiche.

Jan Dismas Zelenka (1679–1745): Oratório Gesù al Calvario

CD 1
1. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: Introduzione
2. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘O figlie di Sionne’
3. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Misera Madre’
4. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Fiero dolor’
5. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Se in te fosse’
6. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Madre! Figlio!’
7. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Ah! se tu costi’
8. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Tanto amor che ti giova’
9. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘A che riserbano i cieli’
10. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Ed io, Signor’
11. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Si la morte’
12. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Smanie di dolci affetti’
13. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘S’una sol lagrima’
14. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Si crocifigga il Nazareno

CD 2
1. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Spasimi del cor mio’
2. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Se ingrato e ribelle’
3. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Alzate pur il gran trofeo’
4. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Santo amor, che tanto peni’
5. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Vinto da tanto amor’
6. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Che fiero martire’
7. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Ma di tragica scena’
8. Gesù al Calvario, oratorio for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 62: ‘Questo è il monte salutare’

Sopran (Maria Vergine): Ingrid Schmithüsen
Sopran (Maria Maria Maddalena): Larissa Malikowa
Kontratenor (Gesù): David Corier
Kontratenor (San Giovanni): Kai Wessel
Alt (Maria Cleofe): Lena Susanne Norin

Rheinische Kantorei
Das Kleine Konzert
Hermann Max

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Apoie os bons artistas, compre suas músicas.
Apesar de raramente respondidos, os comentários dos leitores e ouvintes são apreciadíssimos. São nosso combustível.
Comente a postagem!

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Jan Dismas Zelenka (1679-1745): Três Sonatas para Oboés, Fagote e Baixo Contínuo

Outra interpretação de três das Sonatas que postei dois dias atrás. Zelenka é mestre.

Jan Dismas Zelenka nasceu o 16 de outubro de 1679 em Lunovice, um pequeno povo ao sudoeste de Praga na República Checa. Ainda que não se conhece muito de sua infância e juventude, provavelmente foi seu pai, professor e organista desta cidade, quem o introduziu no mundo da música. Pensa-se que pôde ter recebido uma educação musical no colégio jesuita de Praga, chamado Clementinum.

Em 1709 foi contrabajo da capilla do Conde J.L. von Hartig em Praga e em 1710 da Capilla Real Sajona de Dresde. De 1715 a 1719 estudou com Johann Joseph Fux em Viena e com Antonio Lotti e Alessandro Scarlatti na Itália]]. Em 1719 fixou sua residência definitiva em Dresde, onde foi nomeado em 1721 vicemaestro de capilla no corte de Augusto II da Polónia, se convertendo em ayudante do grande compositor Johann David Heinichen. Em 1729 recebe o cargo de director de música da Igreja. Permaneceu nesta cidade até sua morte, em 1745.

Retirado daqui.

Jan Dismas Zelenka (1679-1745): Três Sonatas para Oboés, Fagote e Baixo Contínuo

1. Son V: Allegro
2. Son V: Adagio (Cantabile)
3. Son V: Allegro

4. Son VI: Andante
5. Son VI: Allegro
6. Son VI: Adagio
7. Son VI: Allegro

8. Son II: Andante
9. Son II: Allegro
10. Son II: Andante
11. Son II: Allegro

Ensemble Zefiro


BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Apoie os bons artistas, compre suas músicas.
Apesar de raramente respondidos, os comentários dos leitores e ouvintes são apreciadíssimos. São nosso combustível.
Comente a postagem!

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Jan Dismas Zelenka (1679-1745): Seis Sonatas para Oboés, Fagote e Baixo Contínuo

Um excelente CD duplo para quem gosta dos barrocos. Zelenka foi um mestre.

Jan Dismas Zelenka compôs música instrumental e vocal, ainda que a maior parte de sua obra seja dedicada à música religiosa. Sua música é pouco convencional e de grande originalidade. Apesar disso, Zelenka era considerado um compositor demasiado conservador em seu tempo (igual a Johann Sebastian Bach). A maior parte de sua obra ficou no esquecimento após sua morte, e não foi senão até finais do século XX que algumas de suas obras voltaram a se interpretar.

A maior parte de sua música religiosa foi escrita para o corte de Dresde, que se tinha convertido ao catolicismo por questões políticas. Nesta, Zelenka une as técnicas de composição arcaicas, baseadas sobretudo em um contraponto muito estrito, com os elementos mais modernos de sua época, conseguindo assim obras de grande expresividade. Conhecem-se dele cerca de 20 missas, fragmentos de missa, responsorios, 2 Magnificats, um deles em re maior, que Johann Sebastian Bach fez copiar para seu filho Wilhelm Friedemann, numerosos salmos, responsorios a capella, elogiados por Telemann, e 3 oratorios: Gesù ao Calvario, Il Serpente de bronzo e I penitente ao Sepolcro.

O número de composições vocais profanas é muito reduzido. Entre estas destaca a ópera latina Sub olea pacis et palma virtutis.

Em sua música instrumental introduz Zelenka elementos da música popular checa. Entre suas obras instrumentales encontram-se: 6 sonatas de câmara, 5 capriccios para orquestra, uma sinfonía, uma suite-obertura, uma obertura de programa, Hipochondria, e um concerto para orquestra em sol maior.

Zelenka mostra-se próximo dos grandes maestros do Barroco tardio. Seu originalidad na invenção de temas, nas progressões armónicas, no uso constante de cromatismo e na busca de novas sonoridades, ao igual que sua escritura de grande virtuosismo, são muito apreciadas actualmente e o acercam notavelmente a Johann Sebastian Bach, quem o considerava um excelente compositor.

A música de Zelenka encontra-se registada e ordenada tematicamente no catálogo Zelenka-Werke-Verzeichnis (ZWV) de Wolfgang Reiche.

Retirado daqui.

Jan Dismas Zelenka (1679-1745): Seis Sonatas para Oboé e Fagote

1. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 1 in F major: Movement 1
2. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 1 in F major: Movement 2
3. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 1 in F major: Movement 3
4. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 1 in F major: Movement 4

5. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 2 in G minor: Movement 1
6. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 2 in G minor: Movement 2
7. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 2 in G minor: Movement 3
8. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 2 in G minor: Movement 4

9. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 3 in B flat major: Movement 1
10. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 3 in B flat major: Movement 2
11. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 3 in B flat major: Movement 3
12. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 3 in B flat major: Movement 4

1. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 4 in G minor: Movement 1
2. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 4 in G minor: Movement 2
3. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 4 in G minor: Movement 3
4. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 4 in G minor: Movement 4

5. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 5 in F major: Movement 1
6. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 5 in F major: Movement 2
7. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 5 in F major: Movement 3

8. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 6 in C minor: Movement 1
9. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 6 in C minor: Movement 2
10. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 6 in C minor: Movement 3
11. Trio Sonatas (6) for 2 oboes, bassoon & continuo, ZWV 181: No. 6 in C minor: Movement 4

Paul Dombrecht – Marcel Ponseele – Ku Ebbinge, oboes
Chiara Banchini, violin
Danny Bond, basson
Richte van der Meer, violoncello
Robert Kohnen, harpsichord

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)

Apoie os bons artistas, compre suas músicas.
Apesar de raramente respondidos, os comentários dos leitores e ouvintes são apreciadíssimos. São nosso combustível.
Comente a postagem!

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Jan Dismas Zelenka (1679–1745): Complete Orchestral Works (3 CDs)

Um esplêndido CD !!!

Jan Dismas Zelenka (1679-1745) tocava violone (viola baixo) na orquestra da corte do Eleitor da Saxônia, em Dresden. É difícil imaginar como sua luminosa produção de música instrumental, já que parece claro que a música sacra era muito mais importante para ele do que a secular. Ironicamente, a primeira movimentação para a redecoberta deste grande compositor, fê-lo amado por fagotistas, uma vez que sua obra de trio-sonatas davam imenso destaque ao instrumento. Mesmo nas maiores obras sacras vocais, peças maravilhosas para fagote e oboé abundam.

As obras orquestrais registradas nestes três CDs também utilizam por toda a parte oboés, fagotes, trompas e, ocasionalmente, chalumeaus, o antecessor do clarinete. Zelenka soa incrivelmente “avançado” para 1720. Suas obras orquestrais são enérgicas, cerimoniosas e sonoras (se é que me entendem). São também de estrutra relativamente simples. São, obviamente, para as grandes ocasiões públicas. Não há nada nestes três discos que rivalizem com os concertos ou as suítes de Bach, mas são música de primeira linha.

Se você gosta de um som verdadeiramente barroco, cheio de oboés acrobáticos, trompas saltitantes e fagotes flatulentos, tem que ouvir Zelenka. Ah, a Das Neu-Eröffnete Orchestre é efetivamente uma bela surpresa.

Repito, um baita CD para quem gosta de música barroca! Ouça com o volume bem alto, OK? É para ser altissonante mesmo!

Disc: 1
1. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 2 in G major, ZWV 183: [Allegro]
2. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 2 in G major, ZWV 183: Canarie
3. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 2 in G major, ZWV 183: Aria
4. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 2 in G major, ZWV 183: Canarie da capo
5. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 2 in G major, ZWV 183: Gavotte
6. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 2 in G major, ZWV 183: Rondeau
7. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 2 in G major, ZWV 183: Menuett – Trio – Menuett da capo

8. Hipocondrie à 7 Concertanti for 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola & continuo in A major, ZWV 187: [Lentement]
9. Hipocondrie à 7 Concertanti for 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola & continuo in A major, ZWV 187: Fuge. Allegro – Lentement

10. Concerto à 8 Concertanti for oboe, bassoon, 2 violins, viola, cello & continuo in G major, ZWV 186: [Allegro]
11. Concerto à 8 Concertanti for oboe, bassoon, 2 violins, viola, cello & continuo in G major, ZWV 186: Largo
12. Concerto à 8 Concertanti for oboe, bassoon, 2 violins, viola, cello & continuo in G major, ZWV 186: Allegro

13. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 3 in F major, ZWV 184: [Ouverture] Staccato e forte
14. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 3 in F major, ZWV 184: Allegro
15. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 3 in F major, ZWV 184: Allemande
16. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 3 in F major, ZWV 184: Menuett – [Trio 1] – Menuett da capo [Trio 2]
17. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 3 in F major, ZWV 184: [Allegro]

Disc: 2
1. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 5 in G major, ZWV 190: [Allegro]
2. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 5 in G major, ZWV 190: Menuett 1 – Menuett 2 – Menuett 1 da Capo
3. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 5 in G major, ZWV 190: Il Contento – Trio – Il Contento da capo
4. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 5 in G major, ZWV 190: Il Furibundo
5. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 5 in G major, ZWV 190: Villanella – Trio – Villanella da capo

6. Simphonie à 8 Concertanti for 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola, cello & continuo in A minor, ZWV 189: [Allegro]
7. Simphonie à 8 Concertanti for 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola, cello & continuo in A minor, ZWV 189: Andante
8. Simphonie à 8 Concertanti for 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola, cello & continuo in A minor, ZWV 189: Capriccio. Tempo di Gavotta
9. Simphonie à 8 Concertanti for 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola, cello & continuo in A minor, ZWV 189: Aria da Capriccio (Andante –
10. Simphonie à 8 Concertanti for 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola, cello & continuo in A minor, ZWV 189: [Menuett 1] – [Menuett 2] – [

11. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 1 in D major, ZWV 182: Andante – [Allegro]
12. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 1 in D major, ZWV 182: Paysan
13. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 1 in D major, ZWV 182: Aria
14. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 1 in D major, ZWV 182: Bourrée
15. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 1 in D major, ZWV 182: Menuett 1 – Menuett 2 – Menuett 1 da capo

Disc: 3
1. Overture à 7 Concertanti 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola & continuo in F major, ZWV 188: Ouverture. Grave – Allegro – Grave
2. Overture à 7 Concertanti 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola & continuo in F major, ZWV 188: Aria
3. Overture à 7 Concertanti 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola & continuo in F major, ZWV 188: Menuett 1 – Menuett 2 – Menuett 1 da capo
4. Overture à 7 Concertanti 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola & continuo in F major, ZWV 188: [Siciliano]
5. Overture à 7 Concertanti 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola & continuo in F major, ZWV 188: Folie

6. Sub olea pacis: Melodrama de Sancto Wenceslao, for soloists, chorus, instruments & continuo, ZWV 175: Symphonia

7. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 4 in A major, ZWV 185: Allegro assai
8. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 4 in A major, ZWV 185: Adagio
9. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 4 in A major, ZWV 185: Aria 1 – Aria 2 – Aria 1 da capo
10. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 4 in A major, ZWV 185: In tempo di Canarie
11. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 4 in A major, ZWV 185: Menuett 1 – Menuett 2 – Menuett 1 da capo
12. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 4 in A major, ZWV 185: Andante
13. Capriccio for 2 horns, 2 oboes, bassoon, strings & continuo No. 4 in A major, ZWV 185: Paysan 1 – Paysan 2 – Paysan 1 da capo

Das Neu-Eröffnete Orchestre
Jurgen Sonnentheil

BAIXE A PARTE 1 AQUI – DOWNLOAD PART 1 HERE (RapidShare)
BAIXE A PARTE 2 AQUI – DOWNLOAD PART 2 HERE (RapidShare)

Apoie os bons artistas, compre suas músicas.
Apesar de raramente respondidos, os comentários dos leitores e ouvintes são apreciadíssimos. São nosso combustível.
Comente a postagem!

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Jan Dismas Zelenka (1679-1745) – Complete Orchestral Works

Este é um álbum triplo que transformei em um arquivo dividido em duas partes. Zelenka é bom compositor, escrevia notavelmente para sopros. Sua música orquestral é agradável, de uma simplicidade sedutora. Muito melhor na música vocal (sacra), aqui ele apela para as grandes massas sonoras. Nada de comparações com Handel, por favor.

Zelenka: Complete Orchestral Works

Capriccio No.2 in G major for 2 Horns, 2 Oboes, 2 Violins, Viola & BC
1. [Allegro]
2. Canarie
3. Aria
4. Canarie da capo
5. Gavotte
6. Rondeau
7. Menuett – Trio – Menuett da capo

Hipocondrie a 7 concertanti in A major for 2 Oboes, 2 Violins, Viola, Bassoon & BC
8. [Lentement]
9. Fuge. Allegro – Lentement

Concerto a 8 concertanti in G major for Oboe, Violin, 2 Violins in ripieno, Viola, Violoncello, Basson & BC
10. [Allegro]
11. Largo
12. Allegro

Capriccio No.3 in F major for 2 Horns, 2 Oboes, 2 Violins, Viola & BC
13. [Ouverture] Staccato e forte
14. Allegro
15. Allemande
16. Menuett – [Trio 1] – Menuett da capo [Trio 2] – Menuett da capo
17. [Allegro]

Capriccio No.5 in G major for 2 Horns, 2 Oboes, 2 Violins, Viola & BC
1. [Allegro]
2. Menuett 1 – Menuett 2 – Menuett 1 da Capo
3. Il Contento – Trio – Il Contento da capo
4. Il Furibundo
5. Villanella – Trio – Villanella da capo

Simphonie a 8 concertanti in a minor for 2 Oboes, 2 Violins, Viola, Bassoon, Violoncello & BC
6. [Allegro]
7. Andante
8. Capriccio. Tempo di Gavotta
9. Aria da Capriccio (Andante – Allegro – Andante – Allegro)
10. [Menuett 1] – [Menuett 2] – [Menuett 1 ca capo]

Capriccio No.1 in D major for 2 Horns, 2 Oboes, 2 Violins & BC
11. Andante – [Allegro]
12. Paysan
13. Aria
14. Bourrée
15. Menuett 1 – Menuett 2 – Menuett 1 da capo

Overture a 7 Concertanti in F major for 2 Oboes, 2 Violins, Viola, Bassoon, Violoncello & BC
1. Ouverture. Grave – Allegro – Grave
2. Aria
3. Menuett 1 – Menuett 2 – Menuett 1 da capo
4. [Siciliano]
5. Folie

Symphonia from “Melodrama de S.Wenceslao” in D major for 2 Trumpets, Timpani, 2 Oboes, 2 Violins, Viola & BC
6. Symphonia

Capriccio IV in A major for 2 Corno da caccia, 2 Oboes, 2 Violins & BC
7. Allegro assai
8. Adagio
9. Aria 1 – Aria 2 – Aria 1 da capo
10. In tempo di Canarie
11. Menuett 1 – Menuett 2 – Menuett 1 da capo
12. Andante
13. Paysan 1 – Paysan 2 – Paysan 1 da capo

Das Neu-Eroffnete Orchestre
(on period Instruments)
dir. Jurghen Sonnentheil

BAIXE A PARTE 1 AQUI – DOWNLOAD PART 1 HERE

BAIXE A PARTE 2 AQUI – DOWNLOAD PART 2 HERE

PQP

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Jan Dismas Zelenka (1679-1745) – The Lamentations of Jeremiah

Ontem, o Pedro fez justos elogios ao Bach da Boêmia e resolvi ouvir e postar este grande CD sempre reeditado pelo Helios. Anos atrás, sei lá por quê, eu achava que Zelenka fosse holandês, mas claro que Zelenka era boêmio. Com seu nome típico de mau meio-campista da República Tcheca, viveu em Dresden, na Saxônia, fazendo lá carreira com sua música exuberante, onde ecoava tanto a Praga da juventude quanto uma luminosidade italiana, onde também estudou. Aqui, mostramos a face religiosa da música de Zelenka. Compositor tardio, ele curiosamente substituiu Heinichen – outro notável compositor que falta a este blog e que desejo postar logo – na posição de Kapellmeister da catedral de Dresden. Meu pai o admirava muito, mas as bombas que caíram sobre Dresden em 1945 não tiveram nenhuma consideração pelos manuscritos de Zelenka. Muita coisa foi perdida e o que temos são os fragmentos de uma grande obra.

The lamentations of Jeremiah

Lamentations for Maudy Thursday
Lamentation I
01 Incipit lamentatio (Lamentatio 1) (Lamentationes pro die mercurii sancto) 4:48
02 Omnes amici eius spreverunt 4:47
03 Facti sunt hostes eius in capite 2:04
04 Jerusalem, Jerusalem 3:36

Lamentation II
05 Et egressus est (Lamentatio 2) 1:13
06 Recordata est Jerusalem 2:49
07 Ipsa autem 2:14
08 Jerusalem, Jerusalem 2:58

Lamentations for Good Friday
Lamentation I
09 Cogitavit Dominus (Lamentationes pro die Jovis sancto) (Lamentatio 1) 1:32
10 Defixae sunt in terra portae eius 1:47
11 Yod 1:26
12 Sederunt in terra 1:48
13 Jerusalem, Jerusalem 3:43

Lamentation II
14 Lamed (Lamentatio 2) 1:20
15 Matribus suis dixerunt 4:11
16 Plauserunt super te manibus omnes 3:37
17 Jerusalem, Jerusalem 3:24

Lamentations for Easter Eve
Lamentation I
18 Heth (Lamentationes pro die Veneris sancto) (Lamentatio 1) 1:57
19 Misericordiae Domini 2:16
20 Bonus est Dominus 3:17
21 Sedebit solitarius 4:07
22 Dabit percutienti se maxillam 2:43

Lamentation II
23 Quomodo obscuratum est aurum (Lamentatio 2) 2:05
24 Quomodo reputati sunt 1:59
25 Daleth 1:22
26 Adhaesit lingua lactentis 2:00
27 Jerusalem, Jerusalem 3:46

Michael Chance (Countertenor)
John Mark Ainsley (Tenor)
Michael George (Bass)
CHANDOS BAROQUE PLAYERS

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE – Parte 1

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE – Parte 2

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Jan Dismas Zelenka (1679-1745) e Johann Georg Pisendel (1687-1755) – Concertos e Sinfonias

Para ti, minha amiga.

Este CD da Deutsche Harmonia Mundi é esplêndido. Aliás, todas as gravações da Orquestra Barroca de Freiburg deveriam ser compradas, nem que fosse para exclusiva fruição timbrística. Os caras têm um som inigualável. Confira!

Por pura falta de tempo, copio aqui a apresentação deste excelente CD. Ontem, embalado pelo som deste conjunto de Freiburg, esqueci de escrever alguma notícia sobre estes desconhecidos compositores.

P.Q.P. Bach

Johann Georg Pisendel (December 26, 1687 – November 25, 1755) was a German Baroque musician, violinist and composer who for many years led the Court Orchestra in Dresden, then the finest instrumental ensemble in Europe. He was considered the foremost German violinist of his time and was an admired orchestra director. He did not write much music, but what there is (all instrumental works) was of very high quality and is mostly in an Italian style influenced by Vivaldi. The Bohemian composer Jan Dismas Zelenka played the double bass in the royal orchestra in Dresden, whence he was despatched for study in Italy, eventually returning to spend the rest of his life in the Saxon capital. It was expected that he would succeed Heinichen as court Kapellmeister, but the position went, instead, to Hasse, and Zelenka remained, now as Church Composer, a position of much less importance. He won the admiration of distinguished contemporaries, such as Johann Sebastian Bach, for his use of counterpoint, his harmonic imagination and originality, and made some use of Bohemian folk elements. It seems that Zelenka and Pisendel travelled together from Dresden to Italy (both accompanied the Elector); the first was going to study with Lotti and Scarlatti, the latter with Antonio Vivaldi.

tracklist:

– Jan Dismas Zelenka – ‘Hipocondrie’ à 7 Concertanti in A Major – 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola & b.c.
– Johann Georg Pisendel – Concerto in D major – violin solo, 2 oboes, 2 horns, bassoon, strings & b.c.
– Jan Dismas Zelenka – Concerto à 8 Concertanti in G major – 2 oboes, bassoon, 2 violins, viola, violoncello & b.c.
– Johann Georg Pisendel – Sonata in C minor – 2 oboes, strings & b.c.
– Jan Dismas Zelenka – ‘Simphonie’ à 8 Concertanti in A minor – 2 oboes, bassoon, violin solo, 2 violins, viola, violoncello & b.c.

Freiburger Barockorchester
dir. Gottfried von der Goltz

1. Zelenka: Hipocondrie A 7 Concertanti/A Major, Zwv 187 – Allegro
2. Pisendel: Concerto In D Major – Vivace
3. Pisendel: Concerto In D Major – Andante
4. Pisendel: Concerto In D Major – Allegro
5. Zelenka: Concerto For Oboe And Strings In G Major Zwv 186 – Allegro
6. Zelenka: Concerto For Oboe And Strings In G Major, Zwv 186 – Allegro
7. Zelenka: Concerto For Oboe And Strings In G Major – Allegro
8. Pisendel: Sonata For Oboe And Strings In C Minor – Largo
9. Pisendel: Sonata For Oboe And Strings In C Minor – Allegro
10. Zelenka: Concerto For Oboe, Basson & Strings, Zwv 189 – Movement 1
11. Zelenka: Concerto For Oboe, Basson & Strins Zwv 189 – Andante
12. Zelenka: Concerto For Oboe, Basson & Strins Zwv 189 – Capriccio
13. Zelenka: Concerto For Oboe, Basson & Strins Zwv 189 – Aria De Capriccio
14. Zelenka: Concerto For Oboe, Basson & Strins Zwv 189 – Minuet I & Ii

BAIXE AQUI (Download)

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!