Alma Latina: Musiques pour Aréquipa – L’Orchestre et les Chœurs de l’Ecole Municipale de Musique de Sarrebourg

Capa-Solo-WEBMusiques pour Aréquipa, Perou
L’Orchestre et les Chœurs de l’Ecole Municipale de Musique de Sarrebourg
France, 1997

A primeira sensação que marca o visitante europeu que desembarca em Cuba, no México ou na Bolívia, diz respeito à música. Uma música não confinada a raros lugares de expressão para públicos especializados, mas onipresente: nas praças, nas boates ou nas esplanadas de cafés e, claro, nas igrejas onde o som dos mariachis muitas vezes conseguiu suceder antigas missas polifônicas.

mapaA América Latina é primordialmente uma enorme paisagem sonora que combina legados distantes do entrelaçamento cultural que este continente hospeda desde o século XV. E o interesse desta gravação, fugindo da especialização, é na verdade oferecer algumas das facetas desse mundo de riqueza incomparável, agrupadas em duas rubricas de música sacra e de música tradicional secular. (extraído e traduzido do encarte)

 

 

 

Musiques pour Aréquipa
Compositeur indigene/Bolivie (atrib. siècle XVIII)
01. Misa apostoles – 1. Kyrie
02. Misa apostoles – 2. Gloria
03. Misa apostoles – 3. Credo
04. Misa apostoles – 4. Sanctus
Domenico Zipoli (Prato, Itália, 1688 – Córdoba, Argentina 1726)
05. Beatus vir (Psalme 111)
José Francisco Velásquez “El Viejo” (Caracas, 1755- 1805)
06. Nino Mio (tono de Navidad)
Guillermo Graetzer (nacido Wilhelm Grätzer, Viena 1914 – Buenos Aires 1993 )
07. Musique folklorique – La chombita se murio (Mexique)
08. Musique folklorique – En el nombre de Jose (Venezuela)
09. Musique folklorique – Yo soy la blanca paloma (Argentine)
10. Musique folklorique – Ojos azules (Chili)
11. Musique folklorique – Un negrito (Chili)
12. Musique folklorique – Soy tolimense (Colombie)
René Rojas Lucambio (Venezuela, 1928 – 2000)
13. Chansons populaires – Canto triste
14. Chansons populaires – De qué vale decirlo
Joaquín Silva-Díaz (Venezuela, 1886-1977)
15. Serenata pour violoncelle et piano
Jaime Mirtenbaum Zenamon (Bolivia, 1953)
16. Tango pour violon et guitare
Moisés Moleiro (Venezuela, 1904–1979)
17. Piano solo – Contradanza venezolana
18. Piano solo – Canción de Cuna
19. Piano solo – Tocata en do sostenido menor

Musiques pour Aréquipa – 1997
L’Orchestre et les Chœurs de l’Ecole Municipale de Musique de Sarrebourg, France
Maestro Jean-Franck Anselme

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | FLAC 292,4 MB

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 | 320 kbps | 139,7 MB

powered by iTunes 12.3.2 | 1 h | Encarte: Français

Um CD do acervo do musicólogo Prof. Paulo Castagna. Merci !!!

Boa audição.

Mirante-Alto-da-Serra-do-Rio-do-Rastro,Bom-Jardim-da-Serra,-SC

Avicenna

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Modest Mussórgski (1839-1881) – Quadros de uma exposição, transcrito por Jaime Zenamon

Apesar de eu aderir no título do post à nova convenção da transliteração do russo para o português (Mussórgski, Stravínski, Tchaikóvski), não é preciso modificar as categorias, até porque seria um tanto trabalhoso, por isso fica Mussorgsky, Stravinsky, Tchaikovsky e assim vai.

Esta pitoresca transcrição para violino e violão, feita pelo violonista e compositor boliviano naturalizado brasileiro Jaime Zenamon, pode não ter o poder da obra original para piano, o colorido da orquestração de Ravel ou a subversão da versão de Emerson, Lake and Palmer, mas é digna de nota. O límpido som do violino de Alessandro Borgomanero, italiano radicado no Brasil, colabora para simpatizarmos com a reinstrumentação.

No final do CD há duas peças curtas de Zenamon: a Suíte caricaturas e 3 retratos.

***

1-15. Quadros de uma exposição
Promenade
Gnomus
Promenade
The old castle
Promenade
Tuileries
Bydlo
Promenade
Ballet of the unhatched chicks
Samuel Goldberg and Schmuyle
Limoges
Catacombae
Con mortuis in lingua morta
Baba Yaga
The Bogatyr Gate

16-20. Suíte caricaturas n° 2, op. 8 – Jaime Zenamon
Prelúdio
Calmíssimo
Andante
Dansa – Saltando
Fugadito

21-23. 3 retratos – Jaime Zenamon
Encuentro
Dialogo
Despedida

Jaime Zenamon: violão
Alessandro Borgomanero: violino

BAIXE AQUI

CVL

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Jaime Zenamon (1953) – O preço da paz

Quase ninguém conhece Jaime Zenamon, violonista e compositor boliviano naturalizado brasileiro que morou vários anos na Alemanha e vive numa granja nas imediações de Curitiba, quando não está em terras germânicas. Ninguém muito menos conhece o filme O preço da paz (2004), com Herson Capri, Giulia Gam, Danton Mello, Camila Pitanga, José de Abreu e Lima Duarte. Eu mesmo nem ouvi falar dessa película, centrada na história do Barão do Cerro Azul, figura de proa da história paranaense.

Mas, gostaria que vocês me dissessem se não estou certo em considerar a trilha de O preço da paz uma das belas do Brasil, nos últimos tempos. Se não de cabo a rabo, pelo menos nos momentos em que o compositor se permitiu elevar a música do mero patamar de plano de fundo sonoro. The end of a film e Sueño, p. ex., são daquelas músicas pra você fazer um apresentação de slides sem igual pra sua namorada. Experimente.

***

O preço da paz

1. The end of a film
2. Vivíssimo
3. Valsinha
4. O preço da paz
5. Marcha fúnebre
6. Ameaça
7. A fuga
8. Gumercindo
9. Passacaglia (Bach-Zenamon)
10. Anésia
11. Sueño
12. Pica-pau
13. Emboscada
14. Aprisionados
15. Catedral de Curityba
16. Maragatos
17. Malambo
18. The end of a film

Orquestra Sinfônica de Berlim, regida por Jaime Zenamon

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

CVL

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!