Copa do Mundo: África do Sul 2010 – Hinos dos Países

Faltam apenas dois dias para começar o maior espetáculo da Terra, palpites à parte, o que interessa aqui é a música, e com essa postagem quero revelar o meu interesse pela música marcial e solene das nações. Nesta seleção, feita especialmente para essa copa, temos representados alguns dos mais belos hinos nacionais já compostos. Infelizmente muitos outros não puderam fazer parte desta lista; esses ficarão para uma outra oportunidade. Aqui, tomei a iniciativa de selecionar os hinos de todos os países que farão parte da Copa do Mundo de 2010. Retirados de uma caixa com 8 cds, lançada em 2005, intitulada “The Complete National Anthems of the World”, todos são muito bem interpretados pela Slovak Radio Symphony Orchestra na regência de Peter Breiner. Não vou destacar nenhuma melodia, ouçam e tirem suas próprias conclusões.

.oOo.

Copa do Mundo: África do Sul 2010 – Hinos dos Países

Grupo A

South Africa
“National anthem of South Africa”
Enoch Sontonga and Reverend ML de Villiers

Mexico
“Himno Nacional Mexicano” (“Mexican National Anthem”)
Jaime Nunó

Uruguay
“Himno Nacional” (“National Anthem”)
Francisco José Debali

France
“La Marseillaise” (“The Song of Marseille”)
Claude Joseph Rouget de Lisle

Grupo B

Argentina
“Himno Nacional Argentino” (“Argentine National Anthem”)
Blas Parera

Nigeria
“Arise O Compatriots, Nigeria’s Call Obey”
Nigerian Police Band, under the directorship of B. E. Odiase

South Korea
“Aegukga” (“The Patriotic Song”) (unofficial)
Ahn Eak-tae

Greece
“Ýmnos eis tīn Eleutherían” (“Hymn to Liberty”)
Nikolaos Mantzaros

Grupo C

England
“God Save the Queen” or King
Unknown

United States
“The Star-Spangled Banner”
John Stafford Smith

Algeria
“Kassaman” (“We Pledge”)
Mohamed Fawzi

Slovenia
“Zdravljica”(7th stanza) (“A Toast”)
Stanko Premrl

Grupo D

Germany
“Das Deutschlandlied” (3rd stanza) (“The Germany Song”)
Joseph Haydn

Australia
“Advance Australia Fair”
Peter Dodds McCormick

Serbia
“Bože pravde” (“God of Justice”)
Davorin Jenko

Ghana
“God Bless Our Homeland Ghana”
Philip Gbeho

Grupo E

Netherlands
“Het Wilhelmus” (“The William”)
Adrianus Valerius

Denmark National
“Der er et yndigt land” (“There is a Lovely Country”)
Hans Ernst Krøyer

Denmark Royal
Kongesangen (“The King’s Anthem”)
Unknown

Japan
“Kimi ga Yo” (“May Your Reign Last Forever”)
Traditional melody of the Meiji period

Cameroon
“O Cameroun, Berceau de nos Ancêtres” (“O Cameroon, Cradle of Our Forefathers”)
René Djam Afame

Grupo F

Italy
“Il Canto degli Italiani” (“The Song of the Italians”)
Michele Novaro

Paraguay
“Paraguayos, República o Muerte” (“Paraguayans, the Republic or Death”)
Françoice Dupuis, and Remberto Giménez

New Zealand
“God Defend New Zealand”
John Joseph Woods

Slovakia
“Nad Tatrou sa blýska” (“Lighting Over the Tatras”)
Folk tune

Grupo G

Brazil
“Hino Nacional Brasileiro” (“Brazilian National Anthem”)
Francisco Manuel da Silva

North Korea
“Aegukka” (“The Patriotic Song”)
Kim Wŏn’gyun

Côte d’Ivoire
“L’Abidjanaise” (“Song of Abidjan”)
Pierre Marie Coty and Pierre Michel Pango

Portugal
“A Portuguesa” (“The Portuguese Song”)
Alfredo Keil

Grupo H

Spain
“La Marcha Real” (“The Royal March”)
Unknown

Switzerland
“Schweizerpsalm” (“Swiss Psalm”)
Alberich Zwyssig

Honduras
“Himno Nacional de Honduras” (“National Anthem of Honduras”)
Carlos Hartling

Chile
“Himno Nacional de Chile” (“National Anthem of Chile”)
Ramón Carnicer

Slovak Radio Symphony Orchestra, Peter Breiner

BAIXE AQUI / DOWNLOAD HERE

Marcelo Stravinsky

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Dia da Independência: Osesp – Hinos Brasileiros

Independência ou Morte (1888) - Pedro Américo

 

Hino da Independência

O Hino da Independência é um dos símbolos oficiais da República Federativa do Brasil. Sua letra foi composta por Evaristo da Veiga e a música é de Dom Pedro I.

Segundo diz a tradição, a música foi composta pelo Imperador às quatro horas da tarde do mesmo dia do Grito do Ipiranga, 7 de setembro de 1822, quando já estava de volta a São Paulo vindo de Santos. Este hino de início foi adotado como Hino Nacional, mas quando D. Pedro começou a perder popularidade, processo que culminou em sua abdicação, o hino, fortemente associado à sua figura, igualmente passou a ser também desprestigiado, sendo substituído pela melodia do atual Hino Nacional, que já existia desde o mesmo ano de 1822.

Fonte: Wikipédia

Hino Nacional

Na aguda tonalidade de si bemol maior, a versão original celebra o Sete de Abril de 1831, quando D. Pedro I abdicou em favor de seu filho, D. Pedro II, monarca nascido no Brasil. Muito embora a música para o poema de Ovídio Saraiva de Carvalho e Silva, intitulado Os Bronzes da Tirania, tenha sido reconhecida como Hino Nacional, não houve lei no Império que a oficializasse. Com a República, em 1890, ela foi formalmente adotada. Em 1922, quase um século após sua composição, com novos versos escritos por Joaquim Osório Duque Estrada e o acréscimo do refrão “Ó Pátria amada, idolatrada, salve! salve!”, o Ouviram do Ipiranga passou a ser o poema oficial do Hino Nacional. Somente em 1942, estabeleceu-se a orquestração de Antônio de Assis Republicano, na propícia tonalidade de fá maior (tanto sob o ponto de vista vocal como sinfônico). A partitura utilizada aqui é da Criadores do Brasil, a editora da Osesp, sob minha revisão musicológica.

Rubens Ricciardi, compositor e professor titular da USP.

A Osesp e a revista Nova Escola disponibilizam os hinos brasileiros gravados pela Osesp sob regência do maestro John Neschling. O download é gratuito e também é possível baixar o encarte para montar o CD.

.oOo.

Osesp: Hinos Brasileiros

01. Hino Nacional Brasileiro – versão instrumental
Música: Francisco Manuel da Silva

02. Hino Nacional Brasileiro – versão com coro
Música: Francisco Manuel da Silva
Letra: Joaquim Osório Duque Estrada

03. Hino da Independência
Música: D. Pedro I
Letra: Evaristo da Veiga

04. Hino da Bandeira Nacional
Música: Francisco Braga
Letra: Olavo Bilac

05. Hino da Proclamação da República
Música: Leopoldo Miguez
Letra: Medeiros de Albuquerque

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo
Coro da Osesp
John Neschling

Link direto do podcast da Osesp
BAIXE AQUI / DOWNLOAD HERE

Strava

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!