Franz Schubert (1797-1828) – String Quintet in C Major, D. 956 – Melos Quartet, Rostropovich

Postei este quinteto há uns quatro anos atrás, nos primórdios do blog, com o mesmo Rostropovich, mas acompanhado pelo sensacional Emerson String Quartet. Aqui temos outro grande excelente conjunto de cordas, mas por algum motivo, esta gravação não deu liga necessária para os comentaristas da amazon. Bem, o problema é deles. Gosto não se discute. Tudo bem, talvez a versão do Emerson seja mais concisa e mais fluente. Mas jamais desmereceria desta forma esta ótima gravação, realizada em 1977, ano que creio que comecei a ouvir esta obra. Não muito antes, nem depois, através das ondas do rádio. E, me poupem, tem o grande Rostropovich. Só isso já vale o CD.
Este quinteto é considerado a maior obra de câmera de Schubert. Lembro de ter comprado o LP de uma gravação com o Yo-Yo Ma e o Cleveland Quartet , ainda nos anos 80, e curiosamente comprei o disco errado. Na verdade, eu procurava o Quinteto para piano de Schuman, que tinha ouvido no rádio, e fiz confusão, troquei Schubert por Schumann. Mas valeu a pena. Ouvi muito aquele LP. Creio que ainda o tenha. Os dois primeiros movimentos dessa obra são um caso à parte. Poucas passagens me comovem tanto quanto o adagio. É de uma sensibilidade pungente, é quase uma marcha fúnebre, um lamento. Maravilhoso.
Um ótimo CD. Para se ouvir com um bom vinho, sentado em sua melhor poltrona.

Franz Schubert – String Quintet, in C Major, D. 956

I. Allegro ma non troppo
II. Adagio
III. Scherzo. Presto; Trio. Andante sostenuto
IV. Allegretto

Mstslav Rostropovich – Cello
Melos String Quartett

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
FDPBach