Stokowski rege Lutoslawski e Shostakovich

Encontrei, por acaso, ontem uma gravação que me deixou de queixo caído: não fazia ideia de que Stokowski houvesse gravado Lutosławski. Verdade que é o primeiro Lutosławski, ligado claramente à música de Bartók (de fato, mesmo depois, ele continuaria umbilicalmente ligado, mas de formas mais sinuosas, complexas, ambíguas; aqui, não, tudo é direto e cristalino, ainda que esteja longe, muito longe, de ser a obra que Bartók não escreveu), mas seja o compositor teoricamente visto como conservador (e tenho muitas ressalvas a essa percepção), seja o vanguardista de pouco depois, Lutosławski é grande, fantástico em sua capacidade de manejar a massa sonora, na compactação e na fluência de suas peças, na sua capacidade de construir climas. Pessoalmente, gosto mais desta 1ª Sinfonia do que de qualquer peça puramente orquestral de Bartók (salvo, talvez, pelo início do Mandarim Miraculoso). E nas mãos de Stokowski (numa gravação ao vivo, de 1959), a peça soa fresca, intensa, como nunca havia visto (ouvido) antes. A princípio, o primeiro impacto é a velocidade e a angulosidade da regência, mas não menos impressionante é a coesão que ela imprime, o frescor que tira aquele bolor de obra escolar que estava impregnado em nossa  (tanto Antoni Wit quanto o próprio Lutosławski acabam fazendo isso em suas gravações e, do que me recordo, não conheço outras interpretações), e que ele consegue mesmo quando é menos acelerado que Wit no último movimento. Por essas e outras, minha reverência por Stokowski só cresce.

Da 5ª Sinfonia do Shostakovich não tenho muito o que dizer. Não a escutei com atenção e não é, em absoluto, uma das minhas sinfonias favoritas (seria tão melhor por ouvir o Stokowski regendo uma das quatro primeiras ou a décima!).

Ótima diversão!

Witold Lutoslawski

Sinfonia nº1 (1947), para orquestra
01 I. Allegro giusto
02 II. Poco adagio
03 III. Allegro misterioso
04 IV. Allegro vivace

Dmitri Shostakovich

Sinfonia nº5 in Ré menor, Op. 47, para orquestra
05 I. Moderato
06 II. Allegretto
07 III. Largo
08 IV. Allegro non troppo

Orquestra Filarmônica Nacional de Varsóvia
(faixas 1-4)
Orquestra Filarmônica Tcheca de Praga (5-8)
Leopold Stokowski, regente

BAIXE AQUI

itadakimasu

J. S. Bach (1685-1750): Transcriptions [link atualizado 2017]

Quero, também, homenagear Johann Sebastian Bach. Trago-lhes Bach em algumas roupagens diferentes. Orquestrações e arranjos de obras do gênio alemão feitas por compositores consagrados e em várias épocas distintas. Tudo isso sob a batuta de Esa-Pekka Salonen frente a Los Angeles Philharmonic. O cd inclui o espetacular arranjo orquestral de Stokowski para a Tocata e Fuga em Ré Menor e os arranjos de Gustav Mahler para algumas partes das Suites Orquestrais 2 e 3.

Um cd IM-PER-DÍ-VEL®!

.oOo.

Bach: Transcriptions

01 Toccata and Fugue for Organ in D minor, BWV 565 (10:07)
Orchestrated: Leopold Stokowski

02 Fantasie and Fugue for Organ in C minor, BWV 537 (9:10)
Orchestrated: Edward Elgar

03 Musikalisches Opfer, BWV 1079: Ricercare (8:39)
Orchestrated: Anton Webern

04 Prelude and Fugue for Organ in E flat major, BWV 552 “St. Anne” (15:24)
Arranged: Arnold Schoenberg

05 Fugue in G minor, BWV 578 “Little G minor” (3:57)
Orchestrated: Leopold Stokowski

Suite For Organ, Harpsichord & Orchestra
(Selections from Orchestral Suites 2 & 3)
Arranged: Gustav Mahler

Orchestral Suite No.2 BWV 1067
06 Overture (7:47)
07 Rondeau and Badinerie (3:20)

Orchestral Suite No.3 BWV 1068
08 Air (5:31)
09 Gavotte I and Gavotte II (3:44)

Los Angeles Philharmonic
Esa-Pekka Salonen

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Marcelo Stravinsky
Repostado por Bisnaga